As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Como enfrentar as aflições?



https://youtu.be/laxJ19PiuZ8

Deus nunca prometeu uma vida fácil aqui neste mundo. Nosso lar está no céu e este mundo é apenas o lugar de peregrinação do cristão, assim como o deserto era o lugar de peregrinação dos israelitas após terem sidos salvos do Egito. O Senhor disse: "no mundo tereis aflições" (Jo 16.33). Ele não prometeu que estaríamos livres de problemas, desemprego, enfermidades, enfim, toda a sorte de aflições.

Há muitos hoje que pregam que o cristão deve viver num 'mar de rosas', sem enfermidades, desemprego ou outros problemas. Isso é tão falso quanto o ensino de Himeneu e Fileto (2 Timóteo 2.18), que diziam que a ressurreição já havia acontecido. Ainda estamos em nosso velho corpo, arruinado pelo pecado e sujeito a dores e enfermidades, e vamos ter que permanecer nele até a vinda do Senhor para nos arrebatar e levar ao Céu. Além disso continuamos em um mundo hostil, ainda não chegamos ao Lar, e é perfeitamente normal que os cristãos tenham problemas e aflições aqui. Mas a grande diferença é que o crente tem o Senhor e a Sua graça. Isso não basta?

Às vezes sofremos não as aflições deste mundo, mas a disciplina do Senhor por causa da nossa impetuosidade (como o cavalo do Salmo 32) ou da nossa teimosia (como a mula do mesmo Salmo). O melhor é entregarmos o nosso caminho ao Senhor (Salmo 37:5) e Ele fará tudo o que tem que ser feito. Conheço a história de uma enfermeira crente que se dedicava ao extremo aos doentes, ganhando muito pouco. Um de seus colegar a incitava a se rebelar, dizendo: "Até Deus sabe que você merece ganhar mais". Sua resposta era: "Se Deus sabe, então não devo me preocupar. Já está nas mãos d'Ele!". Tudo o que passamos é do conhecimento de Deus e Ele tem um propósito em tudo. Muitas vezes somos tentados a procurar mudar as coisas, tornando‑as mais fáceis aos nossos olhos e, fazendo assim, agimos contra a vontade do Senhor.

Mais acessadas da semana