As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Como expulsar demônios?

Tenho reparado em suas cartas uma excessiva preocupação com Satanás, o que poderá ser um tropeço para sua vida cristã. Evidentemente estamos em luta constante contra ele que é nosso inimigo, porém esta luta se dá nos lugares celestiais, onde chegamos em oração. Nossas armas não são carnais, mas poderosas em Deus, portanto, embora devemos estar sempre alertas, não devemos nos ocupar com o mal. Preocupar‑se com o mal é tão ruim quanto estar envolvido no mal. Devemos nos manter olhando para o Senhor, bebendo da Sua Palavra, ocupando o nosso pensamento com as coisas que são de cima onde Cristo está. Assim seremos vitoriosos e daremos um testemunho de que a vida cristã é uma vida ocupada com Cristo e não com o diabo.

Há muitas denominações hoje que se reúnem para passar o tempo ocupados com demônios. Há uma quantidade enorme de "pastores" e "missionários" que a cada dia abrem o que chamam de "trabalhos" com o objetivo de extorqüir o dinheiro de pessoas desesperadas. Nesses locais, por incrível que pareça, o nome Jesus é pregado, a Bíblia é lida, demônios são expulsos e maravilhas são feitas. Mas muitos não passam de praticantes de iniquidade que estão atrás do ganho fácil e prometem libertação enquanto escravizam seus ouvintes (leia Mateus 7.22,23 e 2 Pedro 2). Nesses lugares a atividade principal é desafiar Satanás e expulsar demônios. Muitos não sabem o perigo que correm ao desafiar as potestades, pois os demônios, por serem anjos, são autoridades superiores aos homens. Leia 2 Pedro 2.10,11 e Judas vers.8 e 9.

Devemos nos ocupar com Cristo, ou então ficaremos vendo demônios em cada pessoa com quem nos encontramos. Certo piloto de barco fazia durante anos uma rota em um rio cheio de perigosas rochas submersas. Qualquer desvio e o barco poderia bater em uma das rochas. Um dia um passageiro, ao ver a destreza com que o piloto conduzia o barco, perguntou‑lhe: "Você precisa conhecer todas as pedras deste rio?" "Não", respondeu o barqueiro; "Basta que eu conheça o canal". Assim deve ser conosco. Se ficarmos preocupados com os perigos que nos cercam viveremos atribulados e intranquilos. Mas se conhecemos o Caminho, Cristo, os perigos passarão por nós e seremos guardados. Ocupe‑se com Ele.

Mais acessadas da semana

Loading...