As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Os costumes citados em Coríntios valem para hoje?



https://youtu.be/plH3yOaRSIM

Sua dúvida foi especificamente no caso do versículo seguinte: "As mulheres estejam caladas nas igrejas; porque lhes não é permitido falar" (I Co. 14:34). Você se valeu de fatores históricos para opinar, escrevendo:

"O texto acima significa que as mulheres da época, quando Paulo se referia à elas, quando judias, já tinham a educação desde criança de que não participassem dos ensinos nas sinagogas e etc, somente os meninos a partir dos 12 anos. A preocupação de Paulo era com as mulheres gentias que traziam muitas fábulas e supertições no meio da igreja de Corinto, dessa forma esse ensino era somente para as mulheres da época. Hoje as mulheres podem e devem falar nos cultos a Deus."

É errado usar a palavra 'ídolo' e 'adorar'?



https://youtu.be/JeH7OTpXVXk

Você menciona o que escrevi em uma de minhas crônicas: "...O banal virou motivo de júbilo e, na falta de ídolos confiáveis, adotamos o piloto como herói. ...". Sua dúvida é se não estou contrariando a Palavra de Deus no que diz respeito à idolatria.

A Bíblia condena a doação e transplante de orgãos?



https://youtu.be/T9n_JuqI9qw

Não encontro na Bíblia qualquer referência ao assunto (mesmo porque isso não existia). No Novo Testamento o Senhor ensina justamente o desprendimento para com a própria vida (e corpo), ao ponto de Ele próprio ter dado sua vida para nos salvar. Ou seja, sabemos que nossa vida não se limita a este corpo, e se for preciso até mesmo que um cristão morra para salvar seu semelhante, isso é visto como um ato de amor, não de desprezo para consigo mesmo.

"Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos." João 15:13

Já não fomos curados pelas chagas de Jesus?



https://youtu.be/vUMGzhJWpeQ

Para mim está muito claro em 1 Pedro 2:24 que o apóstolo está se referindo à cura dos pecados, e não de doenças físicas. O versículo não fala de feridas ou chagas de doenças, mas das que foram resultado da morte do Senhor na cruz, com o explícito propósito de nos salvar. Interpretar "por suas chagas, fostes sarados" da passagem como cura do corpo físico é tirar as palavras do contexto e limitar a obra expiatória de Cristo na cruz às necessidades momentâneas desta vida.

Mais acessadas da semana