As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

De onde vim, o que sou, para onde vou?



https://youtu.be/s-RjcW-MA88

Você pergunta como posso saber de onde vim, o que sou ou estou fazendo aqui, e para onde vou. Bem, do mesmo modo como você lê em sua certidão de nascimento e acredita no que foi escrito lá por homens, eu também tenho a minha certidão de nascimento e sei que nasci de meus pais. Porém tenho outra certidão na qual acredito, que também foi escrita por homens, porém inspirados por Deus. É a "certidão" ou Palavra de Deus. Aliás, eu confio mais nesta do que naquela que está no cartório.

Vim de Deus, estou aqui para testemunhar dEle e adorá-lo, e vou para o céu viver eternamente com meu Salvador. Isso a Bíblia afirma em muitas partes.

A resposta para a pergunta "De onde eu vim?" pode ser encontrada aqui:

Jo 1:1-3 "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez".

O Verbo aqui é Jesus, que é Deus e estava com Deus, por meio de quem todas as coisas foram feitas e sem ele nada do que foi feito se fez. Portanto, vim de Deus, que me criou por intermédio do Verbo que é Jesus.

No sentido material da coisa, nasci de meus pais, nascido "do sangue", da "vontade da carne" e "do varão, como o mesmo evangelho de João esclarece no versículo abaixo. Porém nasci de novo, nasci de Deus, como o mesmo versículo indica falando daqueles que receberam a Jesus como Salvador e Senhor. Você lê mais sobre isso no capítulo 3 do mesmo evangelho de João.

Jo 1:12-13 "Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus".

Sua segunda pergunta, "o que estou fazendo aqui?", também é respondida pela Bíblia. Deus tem o desejo de que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade, e isto acontece ainda aqui nesta vida.

1 Tm 2:3-5 "...Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem".

Se observar bem, verá que Deus deseja isso, porém também só existe uma forma de alcançar a salvação e o conhecimento da verdade, que é através do UM SÓ ou ÚNICO Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, aquele que é, ao mesmo tempo, Deus e Homem.

Além desse desejo de Deus para com os homens, existe o seu propósito para nós, que é fazer de nós adoradores:

Jo 4:23 "No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura".

Ao crer em Jesus como meu Salvador e Senhor, fui feito apto para ser um adorador de Deus, que é o propósito para o qual fui criado. Portanto, estou neste mundo hoje nesta função de adorador, uma função que se estenderá por toda a eternidade. Enquanto esta razão de minha existência é permanente e começa aqui nesta vida, outras razões pelas quais estou aqui neste mundo são transitórias.

1 Pe 1:6-8 "...na qual [salvação] exultais, ainda que agora por um pouco de tempo, sendo necessário, estejais contristados por várias provações, para que a prova da vossa fé, mais preciosa do que o ouro que perece, embora provado pelo fogo, redunde para louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, sem o terdes visto, amais; no qual, sem agora o verdes, mas crendo, exultais com gozo inefável e cheio de glória".

Ao crer em Cristo, Deus perdoou TODOS os meus pecados, me santificou (separou), me justificou e já me colocou, posicionalmente, nos lugares celestiais como co-herdeiro com Cristo. Porém, condicionalmente ou circunstancialmente, Deus me deixa ainda um tempo aqui para eu conhecer coisas de meu Salvador que não seria possível conhecer no céu. Uma delas é exercitar a fé e a confiança em Quem não posso ver. Outra é reconhecer que até mesmo as provações são para meu benefício no longo prazo, resultando em louvor, glória e honra quando Cristo voltar.

Finalmente, se ainda não foram suficientes estes versículos para mostrar "para onde vou", e quiser entender como posso ter a certeza de ir para o céu, sugiro que leia mais aqui: "É possível ter a certeza de ir para  o céu?"

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana