As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Quando foi que Jesus morreu?



https://youtu.be/Q8l5wPVaRKM

Se os exatos dia e mês da morte de Jesus fossem importantes, Deus os teria sido revelado na Bíblia. O que sabemos, e está revelado, é que Jesus morreu numa sexta-feira e ressuscitou num domingo. O autor do texto faz uma afirmação equivocada por entender a passagem também de forma equivocada.

Diz ele: "Ora, verificamos pela Bíblia que Jesus ressuscitou as últimas horas do dia de Sábado, segundo o horário hebraico. O texto de Mateus 28:1, relatando a primeira visita das mulheres ao sepulcro, diz: “No findar do Sábado, ao entrar o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro”. Mas o anjo lhes disse: “Ele não está aqui; ressuscitou, como havia dito”. (Verso 6) Assim, ao findar o Sábado semanal, quando se aproximava o pôr-do-sol, CRISTO JÁ HAVIA RESSUSCITADO!"

A questão é que você precisa pensar como um judeu da época para entender o que o texto diz. Primeiro, o dia judeu começava e terminava ao entardecer, e não à meia-noite como consideramos hoje. Segundo, o Sábado não era apenas mencionado como um dia da semana, mas pela qualidade do dia, como é o caso aqui. Parafraseando a Bíblia, poderíamos ler assim: "No findar do tempo determinado por Deus para o descanso, ao entrar o primeiro dia da semana...". Ou seja, entendo que o autor está mencionando o Sábado apenas como indicação de que elas não estariam transgredindo a Lei. Ele está dizendo que o Sábado ou período de descanso já tinha terminado.

Veja outras traduções:

(Ave Maria) Depois do sábado, quando amanhecia o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o túmulo.

(NVI) Depois do sábado, tendo começado o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.

Ao adotar uma referência equivocada, obviamente o autor do artigo acabará chegando a outra conclusão igualmente equivocada: "Concluindo, podemos afirmar, baseados nas Escrituras, que Cristo morreu cerca das 15 horas e foi sepultado, quase ao pôr-do-sol de quarta-feira, e ressuscitou quase ao pôr-do-sol de Sábado".

Se tivéssemos apenas o versículo que ele citou em Mateus 28 a interpretação poderia parecer dúbia, mas Marcos 16:9 esclarece com todas as letras que Jesus ressuscitou na manhã do Domingo e não ao por-do-sol do Sábado:

Mar 16:9 E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios.

O Senhor Jesus usou a frase "coar mosquito e engolir camelo" em relação aos fariseus, que ficavam preocupados com minúcias e não davam atenção às reais intenções de Deus na Sua Palavra. É o caso do primeiro dia da semana, que a Palavra de Deus mostra ser o dia quando os discípulos se reuniam ao nome do Senhor, para celebrar a ceia do Senhor e assim lembrar Sua morte na cruz.

Com o passar dos séculos os cristãos substituíram o nome do Senhor pelo nome de suas "igrejas", substituíram o dia do Senhor (que temos uma vez por semana) por um dia quinzenal, mensal ou anual, ou acabaram dando mais importância a outros dias chamados "santos", e fizeram da ceia do Senhor um ritual quase mágico, como se fosse um meio de se receber a Cristo ou ganhar alguma bênção, alguns achando até se tratar de uma repetição da morte de Cristo. Como pode ver, quando ficamos preocupados com o mosquito de detalhes que Deus não quis revelar, acabamos engolindo uma cáfila de erros.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana