As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Basta crer em Jesus para ser salvo?



https://youtu.be/F2TvE6hx-Cs

Em um mundo com tantas religiões e diferentes vozes falando o que pensam a respeito da salvação, você descobrirá que a maioria daqueles que se dizem cristãos acreditam mais em seus próprios esforços do que em Jesus e em sua obra na cruz.

Sua dificuldade está em saber como devemos andar depois de crer em Jesus como Senhor e Salvador. A resposta é clara na Palavra de Deus. Deus salva você com um propósito, e este é bem explicado aqui: servir e esperar.

1Ts 1:9-10 Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir o Deus vivo e verdadeiro, E esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura.

Existe um claro contraste entre a vida que alguém levava antes e depois de ser salvo. Apenas Deus conhece os corações. Quanto a nós, só podemos "adivinhar" se alguém é salvo ou não pelo seu andar, que é ou não condizente com o que sua boca professa.

1Co 6:9-11 Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.

Mas veja que não é apenas de pecados escabrosos que o apóstolo está falando na passagem. Ele fala até mesmo das coisas consideradas lícitas, mas que podem servir de tropeço para a vida do cristão.

1Co 6:12 Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas; mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.

Você escreveu: Resumindo minha dúvida: é só crer em Jesus Cristo, e estamos salvos?

Vou mudar sua pergunta um pouquinho:

"É só crer em Jesus Cristo e no fato de ter deixado a glória para morrer como um criminoso em meu lugar?"

"É só crer em Jesus Cristo que morreu só e em trevas porque nem Deus podia ter comunhão com Ele enquanto sofria sob a carga de meus pecados?"

"É só crer em Jesus Cristo que teve seu lado rasgado pela lança do soldado, para que saíssem o sangue e a água da minha purificação?"

"É só crer em Jesus Cristo que pagou por todos e cada um de meus pecados, além de tirar de uma vez para sempre o pecado do mundo resolvendo a mancha que ameaçava a reputação de Deus?"

"É só crer em Jesus Cristo, a quem a morte não conseguiu reter e que ressuscitou como a primícia da nova criação?"

"É só crer em Jesus Cristo que disse 'Está consumado', revelando assim que nada mais precisava ser feito para resolver a questão do pecado?"

"É só crer em Jesus Cristo com a fé que vem de Deus e com a percepção de pecado e arrependimento que só podem ser consequência da vida que Deus nos dá através do novo nascimento?"

Com sua pergunta assim desdobrada, eu posso responder que sim, é "só" crer.

Você escreveu: Não precisamos mudar nosso andar nesse mundo?

Não se trata de precisar ou não mudar seu andar neste mundo: se você tem em si a vida que vem de Deus, você irá QUERER mudar sua vida aqui neste mundo. Mas mesmo assim acabará descobrindo que nem para isso terá PODER de si mesmo e precisará encontrar em Cristo a libertação da lei do pecado e da morte.

Rom 7:18-25 Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; com efeito o querer o bem está em mim, mas o efetuá-lo não está. Pois não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse pratico. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Acho então esta lei em mim, que, mesmo querendo eu fazer o bem, o mal está comigo. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo nos meus membros outra lei guerreando contra a lei do meu entendimento, e me levando cativo à lei do pecado, que está nos meus membros. Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Graças a Deus, por Jesus Cristo nosso Senhor!

Você escreveu: Não precisamos mudar de vida, podemos continuar pecando e errando, seremos salvos de qualquer forma?

Se realmente se converteu a Cristo mas continua vivendo no pecado você será salvo, mas "como que pelo fogo", isto se não for tirado prematuramente deste mundo por não servir como um testemunho de Deus aqui.

1Jo 5:16-18 Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte [aqui é morte natural, do corpo], orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte. Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca.

1Co 3:12-15 E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo.

Você escreveu: se cremos em jesus Cristo, somos novas criaturas, e passamos a agir diferente, porque somos novas criaturas?

A diferença entre um salvo e um perdido não está em que o salvo não possa cair em pecado, mas em que ele tem a Quem recorrer e pode se levantar. Prv 24:16 Porque sete vezes cairá o justo, e se levantará; mas os ímpios tropeçarão no mal.

A diferença entre uma ovelha e uma porca é que ambas podem cair na lama, mas a primeira sente-se mal e procura sair logo da lama, enquanto a porca gosta e prefere ficar por lá. Veja o que a Palavra fala de homens que obtém o conhecimento de Jesus Cristo (conhecimento intelectual apenas) e isso os leva até a se afastar dos vícios e pecados, até que um dia é revelado que nunca realmente creram em Jesus:

2Pe 2:20-22 Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro. Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado; Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.

Você escreveu: Mas, se eu só crer em Jesus Cristo, porém continuar a fumar pedras de crack, ainda assim serei salvo?

Se você for realmente salvo, de sã consciência e ciente do amor que Jesus teve por você, nem irá considerar tal possibilidade, de continuar levando uma vida que desagrade seu Salvador.

Rom 8:15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.

Efs 1:5 E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,

Você ainda não entendeu a diferença entre um filho adotivo e um empregado. Um filho adotivo é aquele que passou a fazer parte da família do pai sem esforço algum de si próprio ou sem merecer isso. Ao ser adotado com direitos plenos, ele passa a ser herdeiro de tudo o que é de seu pai.

Um empregado é aquele que só espera receber algo se trabalhar. Ele precisa fazer para merecer. O filho adotivo nunca enxerga seu pai como seu devedor. Afinal, ele não fez nada para merecer sua adoção e a posição de filho, portanto tudo o que vem é de graça. Já o empregado, deu duro e quer receber o seu. O patrão é seu devedor.

Pessoas que creem na salvação por graça somente, por um favor imerecido, veem a Deus como um Pai amoroso que as tirou da sarjeta do pecado e da morte e as adotou com plenos direitos e regalias de um filho legítimo. Elas vivem gratas por isso, procurando agradá-Lo em tudo. Filhos trabalham para o Pai, não para receberem um salário, mas porque são filhos e já desfrutam de tudo o que pertence ao Pai. Não há limites para o que podem fazer para o Pai, mesmo porque não há uma relação de barganha, do tipo toma lá dá cá. Seu sentimento de gratidão

Por outro lado, pessoas que creem que acreditam que são salvas por obras ou por sua fidelidade, ou que só permanecerão salvas se viverem uma vida correta e religiosa, veem a Deus como um Patrão, que só pode exigir delas o que estiver no contrato e mediante o pagamento de uma recompensa. Elas vivem com um olho na recompensa e se desesperam quando veem as coisas darem erradas nesta vida. Aí concluem que, das duas uma: ou não estão se esforçando o suficiente, ou Deus é injusto e não as está recompensando como deveria. Em casos assim, algumas preferem até voltar a trabalhar para o antigo patrão.

Veja mais sobre o assunto aqui:

http://www.respondi.com.br/2008/06/se-salvacao-nao-depende-de-mim-posso.html
http://www.respondi.com.br/2010/04/um-crente-pode-perder-sua-salvacao.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/afastei-me-de-jesus-o-que-fazer.html
http://www.respondi.com.br/2007/05/possvel-ter-certeza-de-ir-para-o-ceu.html
http://www.respondi.com.br/2007/12/salvao-e-pela-graca-somente.html
http://www.respondi.com.br/2010/02/posso-ser-cortado-depois-de-crer.html
http://www.respondi.com.br/2010/04/um-crente-pode-perder-sua-salvacao.html
http://www.respondi.com.br/2010/02/para-ser-salvo-preciso-ir-frente-orar.html
http://www.respondi.com.br/2008/06/o-que-fazer-quando-nao-sinto-presenca.html
http://www.respondi.com.br/2008/01/e-pecado-considerar-se-salvo.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/no-presuno-voc-dizer-que-est-salvo.html
http://www.stories.org.br/textos/scg.html
http://www.stories.org.br/textos/nunca.htm


(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana