As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Paulo tinha duvidas de sua ressurreicao?



https://youtu.be/pmcXiuONWJc

Acho que o versículo ao qual você se referiu é este: Flp 3:11 "Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos". À primeira vista pode parecer que Paulo estivesse em dúvida se chegaria ou não à ressurreição, mas não creio que seja esta a interpretação correta.

Considerando que em muitas outras passagens o mesmo Paulo ensina que não é por nossos esforços que alcançamos a salvação, e que também ele próprio tinha certeza dela, então esta passagem não pode querer dizer que ele tivesse dúvidas de que iria ressuscitar para estar com Cristo. Uma boa maneira de enfrentar dúvidas de interpretação das Escrituras é nos basearmos em outras passagens nas quais uma determinada verdade já foi claramente estabelecida, como é o caso da salvação eterna não por obras nossas, mas pela obra de Cristo. Deste modo você já descarta o que a passagem não quer dizer, ainda que o texto pareça dúbio.

Aqui o assunto todo se refere às dificuldades desta vida e da senda do cristão. Leia o contexto, principalmente o versículo anterior:

Flp 3:10 Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte;

Outra tradução: (NVI) Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte

Como no contexto desde o início do capítulo ele está falando de tudo o que perdeu por amor de Cristo, daquilo de que precisou abrir mão, de todas as dificuldades que passou, e também de estar disposto a sofrer na própria pele (humanamente falando) o que Cristo sofreu enquanto andou aqui, eu faria uma paráfrase do versículo da seguinte forma, alterando o "de alguma maneira" por "seja lá como for":

Flp 3:11 Para ver se, seja lá como for, eu possa chegar à ressurreição dentre os mortos.

Então entendo que o que Paulo quer dizer é que ele estava disposto a chegar à ressurreição ainda que fosse aos trancos e barrancos, ainda que tivesse de sofrer como Cristo sofreu (humanamente falando, rejeição, dor, angústia etc.), ainda que isso lhe custasse muito da vida que levava aqui. Todo o seu foco está no trajeto até o dia da sua ressurreição, trajeto esse que para ele já não fazia diferença como seria. Portanto, não é uma expressão de dúvida, mas de "não estou nem aí o quanto vai me custar para chegar lá".

Outro ponto importante é o fato de ele usar aqui a expressão: "ressurreição DENTRE os mortos" ou "de entre os mortos". Este detalhe é importante, considerando que haverá a "ressurreição DENTRE os mortos", que é a mesma do Senhor Jesus e dos salvos das diferentes dispensações, e a "ressurreição DOS mortos", que acontece no juízo final, quando TODOS os mortos que restarem sem terem sido salvos serão ressuscitados para serem lançados, com seus corpos, no lago de fogo.

Para entender melhor sugiro:
http://www.respondi.com.br/2007/01/haver-mais-de-uma-ressurreio.html
http://www.respondi.com.br/2009/06/quem-participa-da-primeira-ressurreicao.html

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana