As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Jesus desobedeceu o Salmo 1?



https://youtu.be/yvHx-qCaIZg

Sua dúvida é se existiria uma incoerência entre o Salmo 1 e o modo como o Senhor andou neste mundo. Pelo seu raciocínio Jesus estaria contradizendo o Salmo ao se misturar com os pecadores.

Vamos ver o que diz o Salmo 1:1: "Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores".

Agora vamos a Mateus 9:10: "E aconteceu que, estando ele em casa sentado à mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos".

O sentido é totalmente diferente. No Salmo está dizendo de alguém que QUER SER como os ímpios. Por isso ele passa por um processo: caminha, para e senta. Porém o Senhor não andava com pecadores porque queria ser como eles, mas porque queria salvá-los.

Ao que parece o que levantou a dúvida em sua mente foi o costume de alguns que se dizem cristãos e participam do Carnaval, com a desculpa de que estão na avenida com o objetivo de evangelizar. Tal desculpa não convence. O ano tem 365 dias e apenas 3 ou 4 deles são de carnaval. Por que não encontrar essas pessoas em outros dias? As pessoas não se tornam pecadoras por participarem do carnaval; elas já são pecadoras o ano todo.

Também é bom lembrar que o Senhor é o único Homem que andou aqui que, mesmo em contato com o pecador e a contaminação, não se contaminava porque não tinha pecado. Quando ele tocava um cadáver ou um leproso, ele não ficava contaminado e nem precisava oferecer sacrifícios para se purificar, conforme a lei exigia.

Luc_5:13 E ele, estendendo a mão, tocou-lhe, dizendo: Quero, sê limpo. E logo a lepra desapareceu dele.

Luc_7:14 E, chegando-se, tocou o esquife (e os que o levavam pararam), e disse: Jovem, a ti te digo: Levanta-te. E o defunto assentou-se, e começou a falar.

Núm_5:2 Ordena aos filhos de Israel que lancem fora do arraial a todo o leproso, e a todo o que padece fluxo, e a todos os imundos por causa de contato com algum morto.

A razão de ele não se contaminar era por ser o único Homem totalmente sem pecado, sem uma resposta interior ao pecado vindo de fora, e sem qualquer possibilidade de pecar. Já dá para perceber que, embora participando da humanidade em todos os aspectos, naquilo que dizia respeito ao pecado o Senhor era completamente diferente de nós. Totalmente isento de pecado.

Ao contrário dele, todos nós nascemos pecadores, temos em nós a carne que é capaz de responder aos apelos do pecado mesmo depois de convertidos, quando não é ela própria que gera esses apelos e concupiscências, e estamos sempre aptos a pecar quando baixamos a guarda e não andamos no Espírito.

Então, devo participar do Carnaval com o objetivo de pregar para as pessoas ali? Eu não faria isso porque não demoraria muito e estaria de olho nas mulheres nuas, ao invés de ter minha mente ocupada com Cristo. É uma ilusão pensarmos que somos fortes ou ficamos imunes ao pecado depois de convertidos. Salvação não é vacina. Temos de Deus uma nova natureza, mas a velha continua ali, agachadinha, pronta para colocar suas asinhas de fora.

Aquilo que Deus disse a Caim continua valendo até para o cristão: "E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta" Gn 4:7. Para entender esta passagem, pense em uma cascavel morando na soleira da porta de sua casa. Você passaria pela porta descuidado sabendo que ali tem uma cascavel pronta para dar o bote ao menor descuido? Não.

O cristão que, alegando querer imitar o Senhor, contraria o Salmo e acaba andando segundo o conselho dos ímpios, se detendo no caminho dos pecadores e se assentando na roda dos escarnecedores, corre um sério risco de ser picado pela cascavel. Ele não é Jesus, imune ao pecado, portanto, como ensina  Judas 1:23, deve odiar "até a roupa contaminada pela carne".

Na Lei qualquer roupa contaminada pelo contato com o leproso ou um cadáver devia ser queimada. Quando temos contato com as coisas e os costumes associados ao pecado também ficamos vulneráveis a cair nos mesmos pecados. Até quando pregamos para pessoas envolvidas em determinadas práticas devemos ser cuidadosos para não sucumbirmos à tentação e sermos levados pelo mesmo caminho.

Dou um exemplo prático: um cristão que tenha dificuldades com assuntos relacionados ao sexo, prostituição ou pornografia não deveria pregar o evangelho para uma prostituta. Se fosse o caso de visitar alguém assim para falar, o melhor seria ele ir acompanhado de um irmão sério ou até mesmo enviar outras pessoas em seu lugar, reconhecendo seu próprio "calcanhar de Aquiles".

Não devemos ser tolos pensando que podemos resistir ao pecado. Devemos resistir ao diabo, mas do pecado nós devemos fugir o mais rápido possível.

1Co_6:18  Fugi da prostituição.

Tgo_4:7  Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.

Rom 6:19 Falo como homem, PELA FRAQUEZA DA VOSSA CARNE; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação.

Ou você acha que se José tivesse ficado sentado ao lado da mulher de Potífar ele a teria convencido a deixar seus pensamentos promíscuos e concentrar-se nas coisas de Deus? Não! José fugiu o mais rápido que podia, porque ele conhecia bem a sua própria carne.

Envolver-se com coisas como o Carnaval ou outras atividades claramente carnais e pecaminosas com o argumento de fazer isso para evangelizar é dar ocasião à carne. Ela vai aproveitar a ocasião e quando você menos espera a cascavel dará o bote.

Gál_5:13 Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.

Prv 6:27-28 Porventura tomará alguém fogo no seu seio, sem que suas vestes se queimem? Ou andará alguém sobre brasas, sem que se queimem os seus pés?

Este cuidado o próprio Espírito Santo demonstrou ter nas instruções que Paulo dá a Tito, quando este estivesse exortando os cristãos em Creta. Para evitar que Tito caísse em tentação ao tratar diretamente com as jovens, Paulo sabiamente abre uma exceção neste caso. Ele devia falar diretamente aos velhos, às idosas, aos jovens e aos servos, mas não às jovens. A mensagem dirigida a elas deveria ser dada às idosas, para que estas falassem às jovens:

Tit 2:1 Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina.
Tit 2:2 Os velhos, que sejam sóbrios, graves, prudentes, sãos na fé, no amor, e na paciência;
Tit 2:3 As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem;
Tit 2:4-5  Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos, A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada.
Tit 2:6 Exorta semelhantemente os jovens a que sejam moderados.
Tit 2:9 Exorta os servos a que se sujeitem a seus senhores, e em tudo agradem, não contradizendo,


Veja que interessante esta passagem que extraí do livro "A Ordem de Deus", de Bruce Anstey:

"Com muita frequência vemos uma inversão na ordem do ministério de irmãos e irmãs. Por exemplo, ouvimos falar de irmãos (no papel do "Pastor") que têm encontros em particular com mulheres -- geralmente mulheres jovens -- com o objetivo de aconselhá-las em sua vida pessoal. É frequente pessoas assim acabarem caindo em algum tipo de imoralidade, para desonra do Senhor. Temos um artigo que mostra que mais de 80% dos homens no "ministério" que caíram em imoralidade chegaram a tal ponto como resultado de sessões de aconselhamento! Muito disso teria sido evitado se esse ministério na igreja fosse desempenhado por mulheres".

Agarre esta passagem de Ageu como um princípio para toda a sua vida:

Age 2:11-12 Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Pergunta agora aos sacerdotes, acerca da lei, dizendo: Se alguém leva carne santa na orla das suas vestes, e com ela tocar no pão, ou no guisado, ou no vinho, ou no azeite, ou em outro qualquer mantimento, porventura ficará isto santificado? E os sacerdotes responderam: Não. E disse Ageu: Se alguém que for contaminado pelo contato com o corpo morto, tocar nalguma destas coisas, ficará ela imunda? E os sacerdotes responderam, dizendo: Ficará imunda.

Trocando em miúdos, não adianta colocar água limpa em um copo com água suja que esta não ficará limpa. Mas basta uma gota de água suja em um copo de água limpa para esta ficar suja.
por Mario Persona

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana