As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

As cartas dos apostolos sao para nos?



https://youtu.be/qD1f_e21LVU

Sim e não. A primeira forma de identificar se uma carta foi escrita para você é observar o pronome usado. Se o apóstolo escreve “vós” ou “vocês” então ela foi escrita para muitas pessoas, e isso pode incluir “nós”. Se ele diz “tu” ou “você” então é uma carta pessoal e individual. Em ambos os casos podem existir particularidades apenas para aquele grupo específico de cristãos quando dirigida a uma igreja, ou coisas que são genéricas ou suficientes para também servirem para mim e para você numa carta pessoal. Para isso vale a instrução, dada a Timóteo, mas que nos pode ser útil: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja [divide ou reparte] bem a palavra da verdade.” (2 Tm 2:15).

As mulheres devem lavar os pes dos irmaos?



https://youtu.be/CYR9Ndpa67Y

Sua dúvida está relacionada à passagem de 1 Timóteo 5:1-16 que traz instruções para as viúvas entre os irmãos. Muito do que é dito a elas também pode ser aplicado às irmãs em geral, como é o caso do trecho que gerou sua dúvida, "se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda a boa obra." (1 Tm 5:10).

Devo apresentar meu filho no templo?



https://youtu.be/YvcrhRozTJ4

Você escreve dizendo que sua família pede que você apresente seu filho ao Senhor em alguma igreja, seja ela católica ou evangélica, por isso quer saber se existe fundamento bíblico para a apresentação ou dedicação de crianças no templo. A Bíblia mostra que os pais de Jesus o levaram para ser apresentado no Templo de Jerusalém e aquilo estava bem de acordo com a dispensação na qual viviam, porque todos ali eram judeus vivendo dentro do judaísmo e havia um Templo em Jerusalém que era o único lugar físico reconhecido por Deus como lugar de adoração a ele.

Como permanecer na fe' com teorias assim?



https://youtu.be/FVI3Z1h4RUE

Você escreveu desconsolado e com sua fé abalada pelo vídeo que assistiu, o qual tenta provar que Jesus não passaria de um plágio de lendas e fábulas pagãs da antiguidade. Você pergunta: "Como permanecer na fé tendo histórias idênticas e mais antigas que a de Cristo?". A resposta é evitando essas histórias "idênticas" porque elas não passam de teorias conspiratórias (que conspiram contra a fé). O costume de se ocupar com teorias conspiratórias já é considerado hoje uma forma de vício semelhante às drogas, álcool e pornografia, pois sua ocupação acaba afetando o estado mental e a personalidade dos que se ocupam com elas. Como?

Os primeiros cristaos frequentavam uma igreja?



http://youtu.be/hhvOGHuezFQ

Você ficou em dúvida porque uma passagem de Atos parece indicar que havia um lugar onde os cristãos se reuniam. "E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente" (At 11:26). Como você tem lindo textos e escutado vídeos e áudios afirmando que o cristão não deve frequentar uma denominação ou templo para adorar, esta passagem parece contradizer isso. Afinal, os primeiros cristãos iam ou não iam a uma igreja para adorar? Na conversa que o Senhor Jesus teve com a mulher samaritana antes que a Igreja fosse formada no dia de Pentecostes, ela levantou a questão do correto lugar de adoração:

A filha de Jairo estava morta ou moribunda?



https://youtu.be/wVaop_uz1_k

Você ficou em dúvida sobre a inerrância das Escrituras quando percebeu que em um evangelho Jairo fala que sua filha está morta e em outros dois  que ela estava moribunda. Afinal, quando ele procurou a ajuda de Jesus ela estava moribunda ou já tinha morrido? As duas respostas são corretas porque ela pode ter morrido enquanto ele falava com o Senhor e cada evangelista registrou um aspecto de sua conversa, ficando apenas para Marcos e Lucas incluírem a parte em que os mensageiros chegam vindos da casa de Jairo.

Mais acessadas da semana