As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Por que me decepcionei com as reunioes?



https://youtu.be/wj-DS9CsbMo

Você disse que ficou decepcionada depois de visitar uma reunião de irmãos congregados ao nome do Senhor. Não se preocupe, a maioria das pessoas que vão a uma reunião nunca mais voltam, e entendo perfeitamente a razão, pois foi o mesmo sentimento que tive em minha primeira visita a uma assembleia de irmãos congregados ao nome do Senhor somente. Eu estava congregando com irmãos da Igreja Batista em uma pequena congregação no interior de Goiás, onde nem sequer existia um pastor para dirigir os "cultos". Então eu e outro irmão nos revezávamos em pregar o evangelho naquele pequeno salão onde não devia caber mais que vinte pessoas.

Disciplina na assembleia e' para condenar quem pecou?



https://youtu.be/DBdidf0Wgu0

Quando a assembleia precisa agir em disciplina para com alguém que pecou, ela não assume o mesmo papel de um juiz de tribunal, cuja tarefa é condenar o malfeitor e mandá-lo para a prisão. Nem é seu papel determinar diferentes períodos de tempo de afastamento para este ou aquele pecado, como são as penas do código penal. Quando a assembleia julga algum pecado em seu meio, ela o faz com a autoridade do Senhor delegada em Mateus 18, mas principalmente no sentido de restaurar o que pecou.

O que sao as "obras mortas" de Hebreus 6?



https://youtu.be/1SLBkdjqJ8U

A carta aos Hebreus foi escrita a judeus que haviam se convertido a Cristo, porém continuavam apegados ao judaísmo, suas práticas, rituais e cerimônias. Por isso o autor procura deixar claro que tudo aquilo eram sombras que deviam ser deixadas para trás para se ocuparem com a realidade que é Cristo. As "obras mortas" eram as exigências da Lei, que nunca podiam remover pecados ou dar vida ao pecador. Os sacerdotes ofereciam "muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca jamais podem remover pecados" (Hb 10:11).

O que voce acha da “Biblia Judaica Completa”?



https://youtu.be/oIBsSPR3Rck

Confesso a você que apenas li comentários sobre essa versão e alguns poucos trechos dela que está disponível em inglês online, mas não a utilizaria para minha leitura. Talvez ela tenha o seu mérito no sentido de descobrir como eram algumas palavras no hebraico original, mas acredito que isso pouco iria me ajudar a compreender a mensagem, isto é, o que Deus estava querendo dizer quando inspirou os escritores da Bíblia.

Os filhos nao devem pagar pelos pecados dos pais?



https://youtu.be/QFD6VxWkbaA

Sua dúvida é se Davi agiu corretamente quando entregou sete dos filhos de Saul para serem mortos pelos Gibeonitas por causa do pecado cometido por Saul. Para entender a história toda, o capítulo 21 de 2 Samuel relata que ocorreu "uma fome de três anos consecutivos; e Davi consultou ao Senhor, e o Senhor lhe disse: É por causa de Saul e da sua casa sanguinária, porque matou os gibeonitas" (2 Sm 21:1). Ao consultar o Senhor da razão da fome Davi agiu corretamente. Ao não consultar o Senhor quanto ao que devia fazer Davi errou.

Posso usar fotos de celebridades para evangelizar?



https://youtu.be/GKyQAxAF0h0

Desde antes da invenção da fotografia era comum utilizar imagens de paisagens, crianças, flores e animais em calendários e capas de livros, folhetos e revistas cristãs. As imagens ajudavam a despertar a atenção do leitor e serviam como fundo para frases e versículos bíblicos em quadros e bordados. A fotografia ampliou esse uso e hoje, com o advento das redes sociais, surgiu o costume de se utilizar também fotos de celebridades como pano de fundo de mensagens cristãs.

Mais acessadas da semana