As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Posso ministrar a Palavra em grupos mistos de oracao?



https://youtu.be/wO3_tQeZ_T4

Você escreveu dizendo que no grupo de oração que você e seus amigos organizaram estão pedindo que você ministre a Palavra, o que obviamente gerou inquietude em você que é mulher, ou não teria entrado em contato para saber se isso seria correto.

A ordem de 1 Coríntios 14:34-37 foi dada no sentido de a mulher permanecer calada nas reuniões da igreja ou assembleia, quando o ministério da Palavra deve ser exclusivamente exercido por varões. Ali diz:

"As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor." (1 Co 14:34-37).

Aprendemos também de 1 Timóteo 2:10-15 que a mulher não deve ensinar e nem exercer autoridade de homem. "A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão. E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio. Porque, primeiro, foi formado Adão, depois, Eva. E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão." (1 Tm 10-15 ARA). Então, como a mulher deveria agir em um grupo misto de oração do qual participam irmãos e irmãs?

Entendo que sempre que o ministério da Palavra estiver envolvido e homens estiverem presentes, cabe aos varões assumirem esse encargo. Em Atos 21:9-10 nos é dito que Filipe tinha "quatro filhas virgens, que profetizavam", mas o Espírito Santo não usou nenhuma delas para profetizar a Paulo, e sim "um profeta, por nome Agabo" que chegou à casa de Filipe com essa missão. A mente sensível irá perceber nesse episódio o modo de proceder do Espírito.

Numa reunião informal e exclusivamente entre mulheres ou com crianças, não há problema em irmãs orarem e se encorajarem mutuamente falando das Escrituras, mas sempre tendo o cuidado de não ensinar doutrina. Normalmente as coisas da Bíblia visando a vida prática são as que fazem parte do ministério de mulheres para mulheres, e o que o apóstolo Paulo escreveu a Tito pode servir de referência, como um menu de assuntos a serem ensinados entre mulheres:

"As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem; para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos, a serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada." (Tt 2:3-5)

Mas em nenhuma parte de Atos e das epístolas vemos mulheres tomando uma posição pública de ministério da Palavra, embora ministrassem para os irmãos em suas necessidades materiais. Encontramos sim Priscila ajudando seu marido Áquila a instruir melhor Apolo nos caminhos do Senhor, mas isso parece ter sido feito em seu lar e em submissão ao seu marido.

"E chegou a Éfeso um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, homem eloquente e poderoso nas Escrituras. Este era instruído no caminho do Senhor e, fervoroso de espírito, falava e ensinava diligentemente as coisas do Senhor, conhecendo somente o batismo de João. Ele começou a falar ousadamente na sinagoga; e, quando o ouviram Priscila e Áqüila, o levaram consigo e lhe declararam mais precisamente o caminho de Deus." (At 18:24-26)

Estes links podem ajudar:

http://manjarcelestial.blogspot.com.br/2016/02/homem-e-mulher-os-papeis-distintos-na.html
http://www.respondi.com.br/2015/05/na-biblia-mulheres-julgavam.html
http://www.respondi.com.br/2013/04/se-deus-usou-debora-por-que-mulher-deve.html
http://www.respondi.com.br/2010/08/como-assim-salvar-se-dando-luz-filhos.html
http://www.respondi.com.br/2009/01/mulheres-podem-ser-pastoras.html
http://www.respondi.com.br/2008/10/biblia-proibe-o-ministerio-das-mulheres.html
http://www.respondi.com.br/2009/12/deus-aboliu-diferenca-homem-mulher.html
http://www.respondi.com.br/2006/04/bblia-discrimina-mulher.html
http://www.respondi.com.br/2005/11/por-que-mulher-no-deve-ensinar.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/bblia-considera-mulher-inferior-ao.html
http://www.respondi.com.br/2007/09/mulheres-cristas-no-podem-falar.html
http://www.respondi.com.br/2009/12/por-que-so-paulo-manda-as-mulheres.html
http://www.respondi.com.br/2013/08/mulheres-podem-escrever-sobre-o-senhor.html
http://www.respondi.com.br/2012/07/as-mulheres-tambem-tem-dons.html
http://manjarcelestial.blogspot.com.br/2014/01/a-mulher-seu-lugar-nas-escrituras-j.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana