As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Por que o ceu e' chamado de Paraiso se este ficava na terra?



https://youtu.be/fpnEY-8o-Dg

A palavra "Paraíso" aparece em algumas traduções modernas (principalmente em inglês) referindo-se ao Jardim do Éden ou a um lugar de bênção. Por isso costumamos dizer que Adão e Eva foram expulsos do Paraíso, que representava um lugar e condição na terra, e ao ladrão foi prometido que estaria naquele mesmo dia no Paraíso, indicando um lugar e condição no céu.

Paulo, em 2 Coríntios 12:4, também fala do Paraíso como o terceiro céu aonde foi levado. Em Apocalipse 2:7 também é mencionado o "Paraíso de Deus". Creio a palavra não seja específica de um lugar, mas pode significar também um estado de bênção. Veja este texto de J. A. Trench:

A palavra "Paraíso" foi popularizada com seu uso na tradução grega do Antigo Testamento para descrever o jardim que Deus plantou para Adão. Ela nunca é usada para descrever algo mais do que um jardim, pomar ou algo parecido, seja daquele ponto mais brilhante de toda a cena da criação de Deus onde ele colocou o homem que ele havia formado, seja daquilo que o homem poderia fazer por si mesmo em sua pequena medida dentro do mesmo caráter.

Séculos mais tarde a memória do Éden sobreviveu para expressar aquilo que era próspero e belo. (Ver Gênesis 13:10 e a alusão de Ezequiel a isso em Ezequiel 28 e Ezequiel 31.) A palavra nunca é encontrada em conexão com o submundo, as partes baixas da terra, ou o hades.

O uso da palavra no Novo Testamento é consistente com o que vimos, se transportado da terra para o céu como poderíamos esperar. O Paraíso é identificado com o terceiro céu por Paulo em 2 Coríntios 12. Em Apocalipse 2: 7 a Árvore da Vida está lá, uma reminiscência do paraíso terrestre, mas preenchendo toda a cena.

O Paraíso, então, aonde o ladrão convertido foi para estar com Cristo naquele dia, foi o ponto mais brilhante em toda a glória celestial; ausente do corpo a ser posto na sepultura, para estar para sempre presente com o Senhor. Você não pode localizar o hades, um termo propositadamente vago para expressar o invisível. É essa condição das coisas a que a dissolução do corpo leva todos igualmente, correspondendo ao hebraico Sheol, ao qual o bendito Senhor abençoado passou, mas onde não seria deixado. (Salmo 16:10.) - J. A. Trench em http://stempublishing.com/authors/trench/jat305.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana