As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Nao devo comemorar meu aniversario?



https://youtu.be/ZOy83xt-Vvg

Você escreveu dizendo que é seu aniversário, porém seu amigo que pertence à seita conhecida como Testemunhas de Jeová disse que você não deveria comemorar porque não existe base bíblica. Ora, fazemos muitas coisas que não têm base bíblica, como usar a Internet, por exemplo. Eu diria que comemorar aniversários é altamente prejudicial para a idade, pois envelhece. A ciência já comprovou isso. Mas na Bíblia não existe qualquer proibição para comemorar aniversários. 

Geralmente os que se opõem à celebração de uma data de nascimento alegam que as duas únicas comemorações de aniversário na Bíblia são a de Faraó, em Gênesis 40:20-22, e a de Herodes, em Mateus 14:6-10. Obviamente aniversários de reis como eles deviam ser datas importantes, embora a Bíblia apenas mencione a data por causa do que estava associado àquele evento. No caso do primeiro, o Faraó, seu aniversário foi o cumprimento do sonho de José a respeito do copeiro e do padeiro da corte. Naquele dia um seria liberto e o outro morto. No caso do segundo rei, Herodes, foi a decapitação de João Batista que levou o Espírito Santo a mencionar que era aniversário do rei, caso contrário ninguém saberia disso hoje.

Que a data de nascimento era importante na Bíblia não há como negar. No Antigo Testamento vemos menção à idade dos reis quando começavam a reinar, e não seria possível saber a idade se não tivessem uma data de aniversário todos os anos. Fico até curioso de saber o que seu amigo Testemunha de Jeová faz quando lhe perguntam: "Quantos anos você tem?". Será que ele responde: "Não sei, nunca fiz aniversário". Fazer a contagem de anos é algo natural, e comemorar idades também é uma prática comum, pois até mesmo quando um menino fazia doze anos em Israel ele alcançava um status de adulto, deixando de ser visto como criança. Poderíamos até dizer que a viagem a Jerusalém tenha sido o presente que teria assinalado a data de aniversário de doze anos de Jesus. "E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa." (Lc 2:42).

Quanto a fazer uma festa especificamente para celebrar seu aniversário, isso é uma decisão sua porque uma festa de aniversário não será obviamente uma festa religiosa. Se for uma festa de padrão dos reis, como as que eram feitas na antiguidade, então não se esqueça de me convidar. Mas se for uma festa que irá drenar todas as suas economias, obviamente isso não será bom. Tampouco uma festa que seja motivo de excessos, como são muitas festas que acabam em boletim de ocorrência, seria conveniente para quem professa ser cristão.

Resumindo, se não quiser envelhecer, não faça aniversário. Se fizer, que não seja para condenar alguém à morte, como nos aniversários de Faraó e Herodes. E meu principal conselho é este: Tudo o que um Testemunha de Jeová disser a você é como veneno de rato. Ainda que possa ter alguma verdade misturada, a mentira é suficiente para matar espiritualmente. Veneno de rato é 99% milho e 1% estricnina. Se quiser obedecer a Palavra de Deus seu primeiro passo é escolher suas amizades. E quando esse Testemunha de Jeová, que nega a divindade de Cristo, vier até você trazendo suas doutrinas, sua obrigação é não recebê-lo e nem lhe dar as boas vindas.

Há muitos anos, quando era costume os homens usarem chapéu, um irmão dos Estados Unidos atendeu à porta de sua casa dois senhores que perguntaram se poderiam conversar um pouco sobre a Bíblia. Ele educadamente abriu e convidou os dois para se sentarem na sala, pendurando seus chapéus na chapeleira. Quando eles se identificaram como Testemunhas de Jeová esse irmão não disse nada. Apenas se levantou, foi até a chapeleira, pegou os dois chapéus e, abrindo a porta, levou-os até o meio da rua. Depois voltou e disse aos dois: "Vão pegar seus chapéus antes que um carro passe por cima." E fechou a porta atrás deles.

"Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo. Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão. Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho. Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras." (2 Jo 1:7-11).

E antes que me esqueça: FELIZ ANIVERSÁRIO!

"Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios." (Sl 90:12)

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana