As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Se não devemos chamar ninguém de Mestre, como voce diz que existe dom de mestre?



https://youtu.be/fusJvz4Gv7Y

Você me viu mencionar três dons, "pastor, evangelista ou mestre", e se mostrou indignado, pois aprendeu no evangelho que a ordem de Jesus foi "Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo." (Mt 23:10). Você ainda protestou dizendo que é covardia eu não deixar aberto a seção de comentários de meus vídeos.

Se eu dissesse a você que "entrar na casa foi fácil demais, o problema era parar nela, pois a casa tinha dois centímetros de largura, era grande demais!" será que iria estranhar? Se você não se lembrasse de que a palavra "casa" tem mais de um significado, também não iria entender que estou falando de camisa e botão. Quem não entender de instalações elétricas vai estranhar quando o eletricista pedir para comprar uma tomada macho e outra fêmea. E vá explicar a um estrangeiro que quando no Brasil dizemos "Pois não" estamos querendo dizer "Sim" e quando dizemos "Pois sim" queremos dizer "Não"!

A maioria das dúvidas que recebo poderiam ser resolvidas com um pouco mais de conhecimento de língua portuguesa e interpretação de texto, além obviamente de bom senso. Existem também os casos de autismo, que de acordo com a definição moderna, não necessariamente descreve alguém com um distúrbio grave de cognição ou controle dos movimentos, mas a mera dificuldade de entender sarcasmo, linguagem figurada ou de duplo sentido. Tem gente que se você disser "Pode esperar sentado" vai puxar uma cadeira para esperar por você. São pessoas literais.

Em Mateus 23:10 Jesus não está se referindo a "mestre" como alguém com a capacidade de ensinar, ou alguém que obteve o título graças a um curso de mestrado na faculdade. Se assim fosse ele não iria mais tarde dar a alguém o dom de mestre, como ensina Efésios 4:11 "E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres" (ARA). Aqui a palavra grega "didaskalos" foi traduzida por "mestre", em outras versões aparece como "doutor" e o sentido é o de alguém capacitado a ensinar. A palavra usada por Jesus em Mateus era, no grego, "kathegetes", que tem o sentido de "guia", alguém que deve ser seguido.

Assim fica mais fácil de entender que em Mateus o Senhor falava de pessoas que adotavam títulos, como "Rabi", "Mestre" ou "Guia" para se colocarem como referencial, enquanto o dom de "doutor" ou "mestre" é no sentido da capacidade operacional de ensino, não de um título honorífico nas coisas espirituais.

Mas nem sempre a questão se resolve conhecendo-se grego. O versículo anterior, em Mateus 23:9, diz também "a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.". Agora imagine o garotinho que descobre isso e vira para o pai e diz: "Descobri que você não é meu pai! Está na Bíblia!". Mas neste caso o grego é "pater", a mesma palavra usada em toda a Bíblia para designar o progenitor. Deveria uma criança deixar de chamar seu progenitor de "pai"? É claro que não, pois está muito claro que o sentido em Mateus é espiritual, e não da relação natural.

Você chamou de "covardia" o fato de eu não permitir comentários em meus vídeos, e agora fui eu quem ficou em dúvida. Será que "covardia" em seu vocabulário tem um sentido diferente do meu? Digo isto porque quando morei em Goiás e um rapaz me disse que ele era "muito sistemático" eu demorei para entender que para alguns "sistemático" significava "nervoso", não "metódico". Felizmente eu já tinha morado lá tempo suficiente para entender quando alguém a quem eu iria dar carona disse: "Espere um pouco que vou buscar meus trens". Caso contrário eu iria dizer que um trem jamais iria caber num carro.

http://www.3minutos.net/2009/01/95-reverencia.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana