As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Posso ouvir qualquer doutrina e filtrar o que for bom?



https://youtu.be/p1JQ9U8H8sU

Você perguntou se pode ver qualquer vídeo, ler qualquer livro ou escutar qualquer pessoa falando de qualquer doutrina apenas com o objetivo de examinar tudo e reter o bem, como estaria nas Escrituras. Bem, a resposta é um duplo não, começando pelo fato de não ser isso que a Bíblia nos diz e também por causa do perigo de contaminação. Se você entrar em um ambiente contaminado sairá também contaminado, e este princípio aprendemos do profeta Ageu e do apóstolo Paulo.

"Se alguém leva carne santa na orla das suas vestes, e com ela tocar no pão, ou no guisado, ou no vinho, ou no azeite, ou em outro qualquer mantimento, porventura ficará isto santificado? E os sacerdotes responderam: Não.  E disse Ageu: Se alguém que for contaminado pelo contato com o corpo morto, tocar nalguma destas coisas, ficará ela imunda? E os sacerdotes responderam, dizendo: Ficará imunda... Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes." (Ag 2:12-13; 1 Co 15:33).

Não precisamos beber um litro de vinagre para saber que é vinagre. Basta ler o rótulo. Já viu gente que vê uma placa de "Tinta Fresca" e coloca o dedo para conferir? Sai com o dedo sujo. Muita gente fica comendo e bebendo de tudo o que existe por aí em termos de doutrina achando que exista um versículo na Bíblia que aprove isso, mas não é disso que a passagem está falando. A epístola aos Tessalonicenses foi escrita a uma assembleia de cristãos reunidos em Tessalônica, portanto isso foi dito no âmbito da reunião dos cristãos. Veja o contexto:

"Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem." (1 Ts 5:19-21 - ARC). A versão Almeida Atualizada (ARA) coloca "julgai todas as coisas", que é o sentido do que está sendo dito. Ou seja, não é para experimentarmos no sentido de engolir o mal com se fosse um aperitivo ou amostra grátis, mas é no sentido de julgar ou provar aquilo tendo a Palavra de Deus como referência. E tudo isso não está sendo dito numa esfera tão ampla quanto o mundo, mas no círculo dos que estão congregados ao nome do Senhor e devem julgar (ou examinar) o que os que ministram estão dizendo.

Não extinguir ou apagar o Espírito significa não colocar regras e limitações para o Espírito Santos se manifestar no ministério dos santos congregados. Por exemplo, colocar um só homem para ministrar, e isso ainda com condição de ter um curso de teologia ou ter sido eleito ou ordenado de alguma maneira é equivalente a apagar o Espírito, que naquele momento do ministério da Palavra poderia querer usar outro irmãos para trazer uma palavra de edificação, consolo ou exortação.

Não desprezar as profecias não é no sentido de aceitar qualquer "profetada" que alguém possa trazer nas reuniões da igreja, mas sim de valorizar o ministério baseado na Palavra de Deus. Esta passagem toda deve ser lida no contexto de 1 Coríntios 14:26-40, do "quando vos reunis", e não de forma ampla considerando o mundo todo. Porque se fosse assim então o crente deveria frequentar terreiros de macumba, conferências de ateus, cerimônias de adoradores do diabo e outras coisas em busca de extrair algo de bom dali.

Portanto o "examinai tudo, retende o bem" (ARC) ou "julgai todas as coisas, retende o que é bom" (ARA) está relacionado ao ministério cristão, quando os cristãos estão congregados e quando falam dois ou três profetas e os outros julgam. Devo procurar reter o bem daquilo que o irmão está ministrando, sem deixar de julgar tudo segundo a Palavra de Deus.

"Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação. No caso de alguém falar em outra língua, que não sejam mais do que dois ou quando muito três, e isto sucessivamente, e haja quem interprete. Mas, não havendo intérprete, fique calado na igreja, falando consigo mesmo e com Deus. Tratando-se de profetas, falem apenas dois ou três, e os outros julguem. Se, porém, vier revelação a outrem que esteja assentado, cale-se o primeiro. Porque todos podereis profetizar, um após outro, para todos aprenderem e serem consolados. Os espíritos dos profetas estão sujeitos aos próprios profetas; porque Deus não é de confusão, e sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos, conservem-se as mulheres caladas nas igrejas, porque não lhes é permitido falar; mas estejam submissas como também a lei o determina. Se, porém, querem aprender alguma coisa, interroguem, em casa, a seu próprio marido; porque para a mulher é vergonhoso falar na igreja. Porventura, a palavra de Deus se originou no meio de vós ou veio ela exclusivamente para vós outros? Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo. E, se alguém o ignorar, será ignorado. Portanto, meus irmãos, procurai com zelo o dom de profetizar e não proibais o falar em outras línguas. Tudo, porém, seja feito com decência e ordem." (1 Co 14:26-40 ARA).

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana