As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Preciso perseverar para ser salvo e salvar outros?



https://youtu.be/muODM2FV9BQ

Você perguntou se nesta passagem o apóstolo Paulo estaria dizendo a Timóteo que ele precisaria perseverar para ser salvo e salvar outros: "Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem." (1 Tm 4:16).

A expressão "te salvarás" na passagem nada tem a ver com a salvação eterna, pois se tivesse nós seríamos nossos próprios salvadores. Aí Paulo não teria dito ao carcereiro "Crê no Senhor Jesus e serás salvo" (At 16:31), mas "Salve-se a si mesmo" ou, como no proverbial grito do navio afundando, "SALVE-SE QUEM PUDER!". Mas o problema é que ninguém pode salvar-se a si mesmo e seria muita ingenuidade pensar que o texto estaria dizendo que Timóteo poderia salvar-se a si mesmo e ainda salvar as pessoas que o escutassem! Isto faria de Timóteo um salvador, de si e de outros.

Qual é então o significado do verbo salvar aqui? Preservar-se de ser enganado e contaminado pelos mesmos falsos mestres dos quais Paulo fala no início do capítulo, que imporiam uma série de restrições aos seus seguidores. Ser "salvo" das "fábulas profanas e de velhas" (1 Tm 4:7). A exortação para ele "ler, exortar e ensinar", meditar "estas coisas", ocupar-se nelas, ter cuidado da doutrina, tudo tem por objetivo mantê-lo longe do engano e do erro, ficar a salvo, ou "salvar-se" e "salvar" (manter "a salvo") também os que o escutavam.

Ao mesmo Timóteo ele escreve em outra parte que ele e Timóteo já tinham sido salvos, e isso não por obras ou perseverança, portanto achar que esta passagem estaria falando da necessidade de Timóteo salvar-se a si mesmo eternamente entraria em contradição com muitas outras das Escrituras:

"Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus, QUE NOS SALVOU, e chamou com uma santa vocação; NÃO SEGUNDO AS NOSSAS OBRAS, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos" (2 Tm 1:8).

William MacDonald comenta: "O verbo salvar em 1 Timóteo 4:16 nada tem a ver com a salvação da alma. O capítulo começou com uma descrição dos falsos mestres que estavam causando problemas entre o povo de Deus. Paulo está dizendo a Timóteo que pela fiel aderência a uma vida piedosa e à Palavra de Deus ele iria estar a salvo desses falsos ensinos e também livrar seus ouvintes".

Antes que me pergunte, a passagem de Mateus 24:13 que diz "aquele que perseverar até ao fim será salvo" também não está falando de salvação eterna da alma por perseverança, mas sim da salvação da vida terrena. O contexto todo é do remanescente judeu que atravessará a Grande Tribulação, da qual só sairão "salvos", isto é, sem perderem a vida natural, aqueles que perseverarem. A continuação do texto deixa claro que é da salvação da carne ou do corpo que a passagem está falando, pois se morressem não poderiam viver no reino de mil anos de Cristo na terra. "E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias." (Mt 24:22).

Esses "escolhidos" não são os participantes da Igreja, o corpo de Cristo, que naquele momento já terão sido arrebatados muito antes para o céu, e sim os judeus aos quais foi prometido uma terra que mana leite e mel, e irmão habitar nela no reino de Cristo que irá durar mil anos na terra.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana