As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Por que os dons de Efesios 4 aparecem em 1 Corintios 12?



https://youtu.be/Hf55ba0Huno

Você me ouviu dizer que existiria uma diferença entre os dons descritos em Efésios 4 — que seriam mais estruturais para a edificação do corpo de Cristo —, e os dons mostrados em 1 Coríntios 12, que expliquei como sendo mais manifestações espirituais. Você disse ainda que ficou sem entender quando viu que no final de 1 Coríntios 12 o apóstolo coloca tudo junto e misturado: os dons de Efésios 4 e as manifestações de 1 Coríntios 12. Como entender?

As passagens são estas: "Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo. Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E DEU DONS AOS HOMENS. Ora, isto--ele subiu--que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. E ele mesmo DEU uns [homens] para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação DO CORPO DE CRISTO" (Ef 4:7-12)

"Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular. E a uns PÔS (ou colocou) Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas. Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres? Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos? Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente." (1 Co 12:27-31).

Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Em Efésios 4 vemos Cristo DANDO os dons aos homens, ou seja, designando homens para serem possuidores dos dons de apóstolo, profeta, evangelista, pastor e mestre ou doutor. Um cristão tem um dom dado por Cristo e sempre terá esse dom, quer use ou não o dom que tem. Em 1 Coríntios 12 são manifestações do Espírito, que ele distribui a quem quer, na hora que quer, e como quer para um propósito definido.

Ali a palavra grega é pneumatikus, que tem o sentido de uma manifestação que não é material. Na passagem de Efésios onde diz que Cristo "deu dons aos homens" (Ef 4:8) a palavra grega é doma que significa presente ou dádiva. No versículo anterior dom de Cristo aparece como dorea que tem a ênfase na gratuidade.

No meu entender, e considerando estas diferenças nas palavras usadas no texto original, uma pessoa não possui exatamente um "dom de curar"; ela pode ser usada pelo Espírito nesse sentido quando for preciso. Mas um evangelista é evangelista onde quer que vá, porque seu dom está incorporado a ele mesmo quando permanece inativo.

Usei o exemplo do evangelista porque este dom (e também o de pastor) não aparece em 1 Coríntios 12, enquanto apóstolos, profetas e doutores aparecem. Não que os dons de evangelista e pastor não possam ser exercidos na Igreja como um todo, mas seu exercício é mais particular e específico. O evangelista atua no mundo entre incrédulos, não entre crentes, e o pastor atua entre crentes, mas na condição de indivíduos ou ovelhas, num trabalho mais íntimo de cuidado.

Esqueça a ideia de que pastor é um homem pregando num púlpito, porque o dom nos fala de alguém que cuida da ovelha, visitando a doente, consolando a fraca, e firmando os passos da que está cambaleante. Também é o pastor quem corre atrás quando é preciso resgatar uma ovelha que está caindo.

Então se Efésios 4 nos fala de como um dom apareceu na vida de uma pessoa (porque Cristo lhe deu), 1 Coríntios 12 nos diz como um manifestação espiritual aparece na vida da Igreja. O primeiro caso nos fala dos dons DADOS, o segundo dos dons DISTRIBUÍDOS. No primeiro caso tivemos acesso à cozinha para ver como os alimentos são preparados, no segundo vimos os garçons distribuindo os pratos nas mesas. Por isso a parte de 1 Coríntios 12 que causou a dúvida mistura as manifestações e os dons como se fossem a mesma coisa, mas é porque ali estamos vendo sua manifestação, não sua origem.

"Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas. Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres?" (1 Co 12:27-29).

Sua outra dúvida estava em como buscar os melhores dons, porque é com esta exortação que o capítulo termina: "Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente." (1 Co 12:31). Não pense que seja algo como você ir ao cardápio de dons e dizer "Quero um deste, outro deste..." para você passar a tê-los. O buscai ou "procurai com zelo os melhores dons" é mais no sentido de você escolher o chef que possui e exercita esses dons e usufruir deles.

A passagem também tem a ver com a qualidade dos dons, e o apóstolo irá mostrar em grande parte capítulo 14 a razão do dom de profecia ser mais útil para a edificação do que a manifestação de línguas estranhas ou estrangeiras. "O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja... Irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina?... Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão porventura que estais loucos? Mas, se todos profetizarem, e algum indouto ou infiel entrar, de todos é convencido, de todos é julgado." (1 Co 14:4).

http://www.respondi.com.br/2017/04/mario-qual-e-o-seu-dom.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana