As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Devemos exaltar Nossa Senhora?



https://youtu.be/aP6Dw4JT4rY

Sua pergunta refere-se a Maria, mãe de Jesus e entendo que vai além do simples "bem-aventurada" que encontramos na Palavra de Deus, não apenas para ela, mas para todos os que crêem, para os pobres de espírito etc. Encontro na Bíblia toda uma exaltação única, completa e eterna dada p/ Aquele que é Deus feito homem, nascido miraculosamente de uma virgem, e em Quem habita corporalmente toda a plenitude da Divindade. Dividir tal glória e majestade com quem quer que seja, ainda que Maria, é no mínimo algo triste.

Quando os discípulos foram levados pelo Senhor até um monte, onde ocorreu a transfiguração, eles viram Moisés e Elias junto com o Senhor. Sem entenderem o que acontecia, quiseram fazer igualmente uma tenda para cada um deles, incluindo o Senhor. No mesmo momento Moisés e Elias, por grandes servos que tenham sido, desaparecem completamente da vista deles e a voz do Pai lhes é dirigida exaltando somente o Filho. Creio que Deus quer tirar de diante de nossos olhos qualquer pessoa, por mais bendita e bem aventurada que seja, para colocar diante de nós somente a Cristo. Já lhe ocorreu que nenhuma menção a Maria é feita nas epístolas? Todavia, desnecessário é dizer que todas elas se ocupam com Cristo, o Senhor.

Para que conheça melhor, quem escreve já foi católico romano convertido a Cristo. Meu apreço pela Bíblia fez com que me dedicasse a um estudo sistemático da mesma, comparando com o catecismo romano. A começar com os 10 mandamentos, que no catecismo os escribas de Roma omitiram o segundo e dividiram o décimo para manter a contagem em 10, achei inúmeras incongruências e erros graves. Como meu compromisso foi assumido com Deus, por intermédio de Jesus Cristo e com a Sua Palavra, não fica difícil você concluir qual foi minha decisão.

Portanto, contente por saber que você lê a Bíblia, sugiro que o faça comparando com o catecismo católico romano. Você poderá encontrá-lo (se já não tem) em qualquer livraria católica. Não estou me referindo àqueles pequenos para primeira comunhão, mas ao volume de doutrinas do catolicismo. Aconselho que o faça livre de qualquer influência religiosa, portanto desaconselho que siga qualquer religião. Envolva-se, você só, com Cristo e a Sua Palavra, pedindo ao Pai por sabedoria para conhecer, por meio do Espírito Santo, aquilo que Deus tem revelado. Você fizer isso com sinceridade de coração, ficará surpreso com as descobertas.

Mais acessadas da semana