As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Minha vida de náufrago



https://youtu.be/jegV1Se14-U

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Por que eu sofro e o ímpio não?

Alguém me escreveu perguntando sobre uma frase em que eu dizia que Deus não está muito interessado em disciplinar o incrédulo, que às vezes é deixado seguir o seu caminho. Quando disse isso eu pensava na famosa dúvida “Por que prospera o ímpio?”. Esta pergunta Jeremias fez há séculos assim: "Por que prospera o caminho dos ímpios, e vivem em paz todos os que procedem aleivosamente?". A explicação é que Deus permite que o ímpio prospere porque em sua ganância está sua queda.

O que aconteceu com a submissão às autoridades?



https://youtu.be/Qjlt0Wki2S4

Quando postei uma frase nas redes sociais dizendo: "O bom de ser cristão é que não nos foi dito para decidirmos o que o país deve fazer, mas para obedecermos a autoridade que Deus colocou", não esperava uma reação tempestiva de alguns cristãos. Talvez eu devesse ter colocado que o cristão deve "se submeter e obedecer a autoridade", o que não fiz por limitação de caracteres.

Devo orar pelo bem da humanidade?



https://youtu.be/K_NK_d5xYfs

Você diz que foi convidado para "orar pelas nações" como parte de um evento organizado por uma agência missionária e ficou em dúvida se seria correto "orar pelas nações", em especial neste momento em que uma peste assola a humanidade. Minha resposta será considerada insensível, insensata e até mesmo perversa pela maioria das pessoas, em especial os que não conhecem o Senhor e sua Palavra. O Senhor Jesus não orou pelo mundo, mas só pelos discípulos. Por que ele iria orar por um mundo que o rejeitou e o pregou numa cruz? Entenda como "mundo" o sistema humano de coisas que inclui todas as pessoas.

Afinal, é para vestir o casaco ou tirar o casaco?



https://youtu.be/L4rE6-U8hlc

Zezinho está irritado. Uma hora a mãe manda vestir o casaco, outra hora diz para tirar o casaco. "Mãe! É pra vestir o casaco o tirar o casaco?". "Meu filho, quando eu disser para vestir o casaco você veste, quando eu disser para tirar você tira. Enquanto eu for sua mãe você vai me obedecer sem debater.". Esta é a súmula do princípio da autoridade. Ela existe para ser obedecida, não para ser discutida ou desprezada, seja ela o presidente, o delegado ou a mãe.

Deixar de congregar por causa do coronavírus é falta de fé?



https://youtu.be/2-UeOHaj4iA

Deixar de congregar por causa da pandemia de coronavírus não é falta de fé, é bom senso e bom testemunho diante dos incrédulos. Isto porque algo assim é feito em consideração ao bem estar e à saúde das outras pessoas, e não apenas para cumprir ordens governamentais. É claro que devemos acatar as recomendações do governo e da saúde e suspender as reuniões, mas isto é porque continuar com elas seria colocar em risco muitas pessoas, então devemos prezar pela vida humana.

Que tempo é este que estamos vivendo?



https://youtu.be/ahh74dwbCas

Vivemos num tempo bem próximo de mudanças tremendas no planeta Terra, e nem precisamos ter uma Terceira Guerra Mundial ou sermos invadidos por alienígenas para de uma hora para outra o tapete da ordem, progresso e prosperidade ter sido puxado de sob os pés da humanidade. Bastou um inimigo microscópico para unir os povos numa guerra contra o coronavírus. Como se vivêssemos em um mundo pós Chernobyl, ninguém vê o perigo, nem cheira, nem sente, até que seja tarde demais.

Isaías 26 está se cumprindo com a quarentena do coronavírus?



https://youtu.be/ooKJK6VED7c

Você escreveu dizendo que as pessoas estão publicando nas redes sociais uma mensagem dizendo que a passagem de Isaías 26:20-21 estaria se cumprindo agora quando todos precisam ficar fechados em casa em razão do coronavírus e da quarentena. Sempre que ler uma passagem na Bíblia faça a pergunta que jornalistas fazem quando escrevem uma notícia: Quem? O que? Onde? Quando? Por quê? Fazendo assim você evitará aplicá-la fora de seu contexto. Vamos ver o que diz a passagem:

A pandemia do coronavírus tem a ver com a Grande Tribulação?



https://youtu.be/llyWzowcmkM

Não, a pandemia do coronavírus é refresco perto do que virá na Grande Tribulação. No máximo um aperitivo, mas não é ainda o fato em si. Raciocine comigo: Em 1918 teve a Gripe Espanhola que matou 50 milhões de pessoas logo depois da Primeira Grande Guerra, que matou 10 milhões.

Pra quê esse seu tom alarmista?



https://youtu.be/6gLu73jOlhw

Alguns me repreenderam pelo tom alarmista de minhas mensagens sobre o coronavírus nas redes sociais. Uns apostando numa teoria conspiratória de que a China criou o vírus para ganhar dinheiro, outros dizendo que era muito alarde para um resfriado comum, e outros dizendo ainda que isso é falta de fé.

Por que você mudou de posição sobre confiar no Senhor?



https://youtu.be/yC4ZqWoFPiQ

Recebi seu texto dizendo que no vídeo "Você tem medo de quê?" e em outro chamado "O cálice da ceia deve ser apenas um?" eu mostrava que devíamos confiar no Senhor e que seria errado nos preocuparmos com contaminação. Neste último eu termina dizendo: "Assim como dependemos do Senhor para nos guardar de nos contaminarmos a nós mesmos com bilhões de bactérias que vivem em nossa boca, ou com aquelas que nos chegam pelo ar, pela água, pelos alimentos e pelas mãos, devemos depender dele também na hora de fazermos o que ele pediu: "Tomai e bebei". Se isto seria um risco tão grande assim para nós, certamente o Senhor não teria deixado a ordenança para ser celebrada do jeito que deixou: 'E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos.'".

Como devem ser as coletas?



https://youtu.be/m6XRbx3waP8

Um assunto que deve ser de grande cuidado nas assembleias dos irmãos, principalmente naquelas em que muitos vieram do sistema denominacional, é o dinheiro. Os costumes das chamadas "igrejas" não devem ser nosso padrão, e sim o que ensinam as Escrituras. Quando digo que o dízimo não se aplica à Igreja, isto não significa que não existam ofertas para cobrir as necessidades dos santos. Existem e todo salvo por Cristo deve estar exercitado em dar.

Quem eram os magos?



https://youtu.be/2nMG0_5jl7Q

Sua dúvida é quem seriam estes magos que vieram do Oriente com presentes para o menino Jesus e são citados no Evangelho de Mateus, e como eles tinham conhecimento daquela estrela e das profecias já que não eram judeus. A passagem é esta: "E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo." (Mt 2:1-2).

O abraço no transgênero foi prova de amor cristão?



https://youtu.be/VIApRQRK9PQ

Sua dúvida é sobre uma matéria torta que a TV Globo apresentou no "Fantástico" mostrando um médico abraçando um transgênero que se dizia solitário e sem pessoas que o visitassem. Nas redes sociais alguns criticaram a Globo e o médico por abraçar o sujeito, enquanto outros, tentando demonstrar amor cristão, diziam que estava certo abraçar o criminoso.

O mundo foi criado literalmente em seis dias?



https://youtu.be/CQpOcaS9K6g

Sua dúvida é se os dias da Criação em Gênesis são literais de 24 horas ou se deveríamos entender como sendo eras de centenas ou milhares de anos. A resposta bíblica é que os dias ali em Gênesis são literais, pois havia tarde e manhã em cada período chamado dia. Mas o Senhor não criou o Universo e nem a terra em seis dias. Meu entendimento é que ele teria criado todas as coisas num momento, no tempo que leva um sopro da boca, como diz o Salmo 33.

Mais acessadas da semana