fonte

Isaías 26 está se cumprindo com a quarentena do coronavírus?



https://youtu.be/ooKJK6VED7c

Você escreveu dizendo que as pessoas estão publicando nas redes sociais uma mensagem dizendo que a passagem de Isaías 26:20-21 estaria se cumprindo agora quando todos precisam ficar fechados em casa em razão do coronavírus e da quarentena. Sempre que ler uma passagem na Bíblia faça a pergunta que jornalistas fazem quando escrevem uma notícia: Quem? O que? Onde? Quando? Por quê? Fazendo assim você evitará aplicá-la fora de seu contexto. Vamos ver o que diz a passagem:

"Vai, pois, povo meu, entra nos teus quartos, e fecha as tuas portas sobre ti; esconde-te só por um momento, até que passe a ira. Porque eis que o Senhor sairá do seu lugar, para castigar os moradores da terra, por causa da sua iniquidade, e a terra descobrirá o seu sangue, e não encobrirá mais os seu mortos." (Is 26:20-21).

Repare que ele diz "povo meu", portanto não poderia estar falando com todos os povos do mundo, mas com um povo que escolheu para si. Portanto no contexto da profecia o Senhor está usando o profeta Isaías para falar com os judeus em um tempo ainda futuro, quando voltar para julgar a terra e estabelecer seu reino. O primeiro versículo do mesmo capítulo diz: "Naquele dia se entoará este cântico na terra de Judá: Temos uma cidade forte, a que Deus pós a salvação por muros e antemuros", localizando precisamente a região geográfica à qual a profecia se aplica.

A passagem também nada tem a ver com a Igreja, que era um mistério desconhecido dos profetas do Antigo Testamento e revelado muito tempo depois ao apóstolo Paulo e aos outros apóstolos. Em Efésios ele fala do "mistério de Cristo, o qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens" — e inclua aí o profeta Isaías —, "como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas", não profetas do Antigo Testamento, mas profetas da Igreja. E ele continua:

"A saber, que os gentios são co-herdeiros, e de um mesmo corpo, e participantes da promessa em Cristo pelo evangelho; do qual fui feito ministro, pelo dom da graça de Deus, que me foi dado segundo a operação do seu poder. A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo, e demonstrar a todos qual seja a dispensação do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo; para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus, segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor" (Ef 3:3-11).

Nos tempos de Isaías só existiam duas classes de pessoas no mundo: Israel e gentios. Hoje, após a formação da Igreja no segundo capítulo de Atos dos Apóstolos, o Senhor reconhece no mundo três classes de pessoas: Judeus, gregos e Igreja de Deus. "Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus." (1 Co 10:32). Se os judeus fossem a Igreja, o que estariam eles fazendo nessa lista? Sim, existe uma distinção entre cada grupo, mas infelizmente a maioria dos cristãos católicos e protestantes não compreende isso.

Misturar Israel e Igreja é um erro normalmente encontrado em algumas correntes do protestantismo e no catolicismo, e isso ajudou a estimular a perseguição dos judeus durante a Inquisição e também nas épocas seguintes. O raciocínio dos perseguidores era simples: Se as promessas do Antigo Testamento são para a Igreja, considerando esta como a continuação do judaísmo, então aqueles judeus que não são hoje cristãos não têm qualquer parte nas promessas e podem ser descartados.

Mas voltando agora ao capítulo 26 de Isaías, ele está falando de um tempo futuro de restauração de seu povo à terra. Então o Senhor terá vindo para julgar, garantindo assim a posse da terra pelo seu povo, enquanto julga as nações e os povos invasores do terreno que deu ao seu povo. Isto fará daquele lugar um terreno de juízos, e daí a ordem para que os judeus fiquem em casa com as portas fechadas enquanto ele castiga os moradores da terra por sua iniquidade.

Os versículos 3 e 4, embora dirigidos ao povo judeu naquelas circunstâncias, também serve de grande consolo para todas as eras quando o povo de Deus, seja o Israel do Antigo Testamento, seja a Igreja na era atual, estiver em aflição. "Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. Confiai no Senhor perpetuamente; porque o Senhor Deus é uma Rocha eterna." (Is 26:3-4).

Reparou na última frase do versículo 4? "Rocha eterna" é o nome de um conhecido hino cantado por muitos cristãos. Foi este termo que inspirou Augustus Toplady a escrever um dos mais belos poemas que depois seria transformado no conhecido hino.

Por volta de 1770 ele caminhava pelo campo quando, de repente, o céu começou a escurecer e raios começaram a cortar as nuvens. Em um lugar completamente descampado onde não tinha para onde correr ou se abrigar, Augustus ficou apavorado, e quando viu uma grande rocha com um rasgo bem no meio formando uma pequena caverna, correu e se escondeu naquela brecha. Foi ali, abrigado da tempestade naquela fresta da rocha, enquanto os raios cortavam o céu e a chuva caía em volta, que ele sentiu-se totalmente protegido, totalmente seguro, e foi inspirado a escrever a letra do belo hino de sua autoria.

Existem muitas traduções e versões deste hino, algumas mais próximas ou não do original, pois na tradução sempre se perde algo. Vou colar aqui a letra da versão que eu e outros irmãos costumamos cantar em nossas reuniões:

Rocha eterna, ó Jesus,
Que Te abriste em Tua cruz!
É Teu sangue eficaz
O remédio para a paz.
Do pecado e seu poder,
Só Tu podes nos valer.

Obras não nos dão perdão,
Nem o zelo ou devoção.
Nada vale o chorar,
Nem trabalho sem cessar.
Só em Ti há salvação,
Por Teu sangue expiação.

Por Ti achados, ó Pastor,
Resgatados com amor!
Digno és de adoração
Por tão grande redenção.
A justiça és para Deus,
Hoje somos todos Teus.

E se a morte nos chamar,
Nós iremos Te encontrar.
Ver-Te-emos Salvador
Em Teu trono de esplendor.
Qual abrigo eficaz,
Rocha aberta Tu serás.

Para ouvir a melodia clique siga o link e depois escolha "Escutar cantado" ou "Escutar instrumental" no final do texto. https://hinar.io/037-rocha-eterna



por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça