As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Devemos usar a Bíblia para ferir?



https://youtu.be/f1Bg08SYIUk

Ocorre-me um verso em Êxodo 23.19: "Não cozerás o cabrito no leite de sua mãe". Será que Deus estava interessado só em cabritos?

Creio que temos um principio para nos aqui. O leite foi criado para dar vida e jamais poderia ser usado como instrumento de morte. Deus quis que a Sua Palavra fosse o instrumento para nos comunicar vida ("de novo gerados... pela Palavra de Deus" 1 Pd 1.23).

Nunca deveríamos usá-la para ferir alguém. Nossa luta não é contra a carne ou sangue (pessoas), mas contra as potestades nos lugares celestiais (lutamos de joelhos) - Efésios 6.12.
Creio que o bom uso da espada, que é a Palavra de Deus, é uma das características do cristão que busca a maturidade. Crianças não devem usar instrumentos cortantes, todos sabemos. E a Palavra é mais cortante, e pode, se mal utilizada, fazer mais estragos do que uma arma moderna.

Mais acessadas da semana