As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

A obediência aos pastores é incondicional?



https://youtu.be/WoSm5eoeiQs

Sinto pelas dificuldades que vocês têm passado e principalmente pelas dúvidas que surgiram quando tiveram de abandonar o lugar onde se reuniam por causa daquele que se dizia pastor. Sua dúvida é em razão do versículo: Hebreus 13.17 - "Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossa alma, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil".

Primeiro é importante entender o que é um pastor, pois o versículo aplica-se àqueles que são pastores segundo os princípios da Palavra de Deus. O que é um pastor? A resposta você encontra em "Devemos obedecer aos pastores?"

Obviamente o que descreveram não é um pastor, mas um lobo em pele de cordeiro, daí terem se afastado dele e de sua congregação. É bom saber que o véu do descaramento humano foi levantado e puderam perceber o que há por trás de muitos que se dizem pastores, mas que pastoreiam a si mesmos. É engraçado que muitos cristãos enxergam isso mas têm medo de fazer algo (o fazer algo é apartar-se) por ainda acharem que esses lobos têm algum poder ou autoridade. Acho que é uma herança cultural que recebemos do catolicismo, onde o padre ou o bispo são considerados intocáveis.

Mas se buscarmos na Palavra de Deus, veremos que o Senhor deixa claro que nada tem a ver com aqueles que, apesar de profetizarem em Seu nome, fazerem milagres em Seu nome e expulsaram demônios em Seu nome. O Senhor nunca conheceu tais pessoas.

Mt 7:21-23 "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade".

Perceba que o Senhor não está falando aqui de pagãos, espíritas ou qualquer coisa estranha à Bíblia. São pessoas que falam e agem como se fossem cristãos, todavia não são. O mesmo podemos encontrar em 2 Timóteo 3:1-9. É muito importante entender que o apóstolo ainda está falando do assunto do capítulo anterior, que é a Casa de Deus, onde há vasos de honra e de desonra:

1 "SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos" - Os últimos dias estão em contraste com os últimos tempos que ele menciona na primeira carta. Esta é a última carta de Paulo, quando ele foi abandonado por todos, assim como sua doutrina é abandonada hoje em grande parte da cristandade.

2 "Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus" - Estas características são para homens dentro da Grande Casa em que foi transformada a Casa de Deus. Tudo o que pode ser encontrado no mais ímpio incrédulo pode ser encontrado naquele que se diz cristão. Com uma diferença perigosa, que é o que diz no versículo 5.

5 "Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te." A aparência é de piedade, mas o poder ou a eficácia não é da piedade, mas do interesse próprio, da avareza, da presunção, da soberba, da blasfêmia, da desobediência natural, da ingratidão... de tudo aquilo que foi mencionado no versículo anterior. A ordem é clara: qualquer cristão sincero que detectar isso naqueles que se dizem seus líderes ou "anjos", deve se afastar desses. Não se trata de combater, de discutir, de brigar, mas de se afastar. É a mesma ordem dada no capítulo anterior quando o assunto foi o desvio da verdade:

"Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade. Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra." 2 Tm 2

Porém não se trata de um afastar-se ou apartar-se para si mesmo ou para iniciar mais uma denominação ou religião. É apartar-se do mal para seguir... "...a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor". O Senhor irá lhes dar discernimento para identificá-los depois de se apartarem. Geralmente nas coisas de Deus é assim que acontece, um passo de cada vez.

6 "Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências" - Esta é outra característica dos falsos líderes com aparência de piedade. Eles cativam pessoas, não apenas carregadas de pecados, mas levadas de várias concupiscências. A concupiscência nem sempre é o desejo extremo por algo ilícito. O amor ou desejo exagerado por dinheiro, poder, romance, saúde e muitas outras coisas que podem até ser legítimas em algumas circunstâncias, se transforma em armadilha para aqueles que não buscam o Senhor pelo Senhor, mas que O buscam por aquilo que poderão ganhar com isso. Não é esta a mensagem que prevalece hoje em muitas das chamadas "igrejas" que atraem multidões? Você vai ficar rico, vai ficar saudável, vai prosperar, vai arranjar casamento, vai virar empresário... Quando percebemos que o Senhor não tinha nada disso, e seus discípulos também não, entendemos que as pessoas que vão na conversa desses pretensos pastores estão, na realidade, fazendo uma espécie de pacto, que o mesmo que fazem pessoas que caem no conto do bilhete premiado e tantos outros golpes de estelionatários. Estão em busca de vantagens fáceis e acabam seguindo quem as oferece.

7 "Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade" - Isto é evidente, pois o conhecimento da Palavra de Deus só pode ser recebido dEle. Decorar versículos bíblicos ou conhecer aquilo que as escolas de teologia ensinam não é o conhecimento da Palavra de Deus que encontramos explicado em 1 Coríntios, o conhecimento que foi revelado aos apóstolos, inspirado em suas penas e discernido por aqueles que não só têm o Espírito, mas são espirituais.

8 "E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé. Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles". - Janes e Jambres foram os magos que imitaram o poder de Deus para confundir e se oporem a Moisés e Aarão. Tudo o que faziam era idêntico ao que os homens de Deus faziam, com uma diferença: não conseguiram criar vida (piolhos) do pó (morte).

Portanto, considerando tudo isso, vocês agiram corretamente se separando desses que se dizem "anjos de Deus" mas que na verdade são lobos com pele de cordeiro.

Mais acessadas da semana