As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

É possível ter certeza de ir para o ceu?



https://youtu.be/wx6z8OmrDm0

É frequente eu receber cartas de pessoas que parecem não desfrutar de uma segurança firme com respeito à sua salvação. Se este for o seu caso, saiba que tal situação persistirá enquanto você estiver associando salvação com bem‑estar emocional.



A salvação não é apenas uma solução para nossas angústias e tristezas. A salvação que Deus nos dá através de Cristo é a solução definitiva para a questão do pecado, que nos separa de Deus. Como pecadores, merecemos a condenação, a menos que aceitemos a Cristo como Salvador. É só então que estaremos totalmente seguros de nosso destino eterno, que será junto a Deus, no céu.

A certeza dessa salvação é que irá proporcionar descanso e paz aos nossos corações. Mas a paz em nossos corações será apenas um fruto da paz que temos com Deus, quando passamos da posição de inimigos para a de filhos amados, co‑herdeiros com Cristo de todas as bênçãos celestiais.

Muitos pensam ser impossível termos, agora mesmo, a certeza da salvação eterna e de um destino assegurado no céu. No entanto, aquele que verdadeiramente crê em Cristo pode ter com suas, agora mesmo, todas as promessas da vida vindoura.

Para entender uma tal salvação, imagine que você foi vítima de um naufrágio, e se encontra no meio do oceano, sózinho na escuridão, tentando nadar para sobreviver. Suas forças começam a se acabar e aos poucos você percebe que está prestes a morrer, sem esperança de ser encontrado. De repente você ouve alguém gritar: "Segure a corda!" Em meio à escuridão você não vê ninguém, mas percebe que há uma corda ao seu lado. Você a agarra desesperadamente e em poucos minutos encontra‑se são e salvo em um grande e seguro navio, a caminho do porto. A hora que você se vê no navio, é bem provável que não duvidará mais da sua salvação. Você estava perecendo no mar escuro e agora está em um seguro navio, com comida e sob cuidados médicos.

Assim é a salvação de nossa alma. Todos nós somos pecadores, imersos na escuridão e afundando lentamente em direção ao lago de fogo, com um destino de horrível separação de Deus. De repente alguém diz: "Crê no Senhor Jesus e serás salva!" (Atos 16:31). Sabendo que não tem forças para se salvar a si próprio, você se segura em Cristo, crendo que Ele morreu na cruz para pagar o seu pecado. Imediatamente você recebe de Deus o perdão de todos os seus pecados, pois "o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado" (I João 1:7), e recebe a promessa de que está livre do juízo de Deus, pois "quem crê nele não é condenado" (João 3:18). Você poderá crer que já está salvo, se assim fizer?

É claro que sim! Pois embora continue neste mundo, terá a promessa de Deus, contida na Sua Palavra que é a Bíblia, de que está salvo do juízo, porque Cristo foi julgado e castigado no seu lugar. Assim como você estaria salvo no navio, mesmo estando ele no mar, você pode estar salvo em Cristo, mesmo que ainda esteja neste mundo.

Quando cremos em Cristo, ficamos livres do juízo e da condenação que cairá sobre o pecador. Então será horrível, pois não haverá chance de ser salvo. A Bíblia fala, em Apocalipse 20:15 que "aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo". Para ter seu nome escrito no livro da vida, é necessário que você creia em Cristo enquanto ainda vive neste mundo. Com a morte, ou com a vinda de Cristo, acabam‑se todas as chances de salvação.

Mais acessadas da semana