As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Teremos cicatrizes no ceu?



https://youtu.be/d3i5oLlxmKA

Só um terá cicatrizes no céu.: Nosso bendito Senhor Jesus! As mesmas marcas que nos fizemos nas suas mãos, pés e no Seu lado, nos as veremos como os discípulos as viram apos a ressurreição. Mas nenhum daqueles que foram salvos por Ele terá cicatrizes. Todos estarão devidamente ressuscitados ou transformados em um corpo glorioso, sem qualquer ligação com seu passado na Terra.

É interessante que o Cordeiro visto em Apocalipse é um "como que foi morto". A marca da morte estará eternamente associada ao Cordeiro que morreu para nos resgatar. E desfrutaremos mais do conhecimento dessa tremenda obra que Ele cumpriu se entendermos que ela foi feita primeiramente para Deus. Somos beneficiados por ela, mas a glória de Deus foi a razão primeira da morte do Cordeiro. Ele é o Cordeiro que tira "o pecado" (singular) do mundo antes de ser o que leva "os pecados" (plural) dos salvos.

Penso assim por causa da cena quando o Senhor apareceu para os discípulos, já com Seu corpo ressuscitado. "E dizendo-lhes isto, mostrou-lhes as Suas mãos e o lado... Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão e mete-a no meu lado" João 20.21-27

As marcas do Senhor estavam lá. Um dia Deus colocou o primeiro Adão em um profundo sono, "...e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar" (Gn 2.21). Da ferida do seu lado Deus tirou uma esposa para Adão. Com o "último Adão" Deus fez o mesmo: de Seu lado ferido tirou-Lhe uma esposa, a Igreja.

Creio haver uma referência profética das feridas do Senhor em Zacarias 13.1-6, figura do Senhor quando Se encontrar com Seu povo terrenal: "E se alguém lhe disser: Que feridas são essas nas Tuas mãos? Dirá ele: São as feridas com que fui ferido em casa dos meus amigos".
Não tarda o momento (talvez hoje!) quando veremos Suas feridas, Suas marcas do amor. E nunca, jamais, nos cansaremos de contemplar Aquele que morreu na cruz por nos. Eternamente.

Mais acessadas da semana