As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Quem morre vai ao céu ou ao paraíso?

A palavra "Paraíso" aparece em algumas traduções modernas (principalmente em inglês) referindo-se ao Jardim do Éden ou a um lugar de bênção. Por isso costumamos dizer que Adão e Eva foram expulsos do Paraíso.

Na cruz o Senhor fala que o ladrão estaria com Ele no Paraíso e Paulo fala do Paraíso como o terceiro céu onde esteve em 2 Co 12:4. Em Ap 2:7 também é falado do Paraíso de Deus. Creio a palavra não seja específica de um lugar, mas pode significar também um estado de bênção.

Se o Senhor disse ao ladrão que ele estaria com o Senhor Jesus no Paraíso naquele dia, então o ladrão e o Senhor se encontraram, não em corpo, mas em espírito, no Paraíso naquele dia. O Senhor ainda não tinha ressuscitado, portanto esse encontro não foi em corpo. Talvez você esteja confusa por causa de algumas doutrinas que erroneamente interpretam a morte como um estado de sono e inconsciência, mas não é. Lázaro estava bem consciente, assim como o rico em sua morte. Lc 16:19-31.

Em Mt 17, tanto Elias como Moisés aparecem junto ao Senhor, e não estão dormindo. Quando em Ts 4 fala dos que "dormiram" é no sentido do corpo (porque ali está falando de ressurreição). Portanto, ao morrer, o espírito vai para junto do Senhor, mas o corpo permanece em um estado de quem dorme (a palavra é usada para o crente, não para o incrédulo).

Por isso Paulo diz que preferia estar com Cristo, porque isso era ainda melhor. Obviamente ele não estava dizendo isso porque pretendia ir dormir na presença do Senhor.

Quanto ao céu, na Bíblia pode significar a atmosfera ou onde as aves voam, os raios aparecem, e de onde a chuva cai. (Gn 7:23, Dt 11:11, Dn 4:21, Lc 17:24 são exemplos. É o céu que vai passar ou acabar. 2 Pd 3:10, 12.

Céu é também usado no sentido de firmamento, onde estão o sol, a lua e as estrelas. Gn 1:14, 15, 17

Céu também aparece como o lugar da habitação de Deus, onde está Seu trono. Sl 2:4, 11:4, Mt 5:34. É o lugar de onde o Senhor veio e para o qual Ele subiu, e também onde Ele foi visto por Estêvão. Mc 16:19, At 7:55, 1 Co 15:47.

Também é no céu que os anjos habitam, e onde Satanás está hoje. Mt 22:30, 24:36, Gl 1:8, Jó 1:6, 7. Talvez seja este o terceiro céu (1o. Atmosfera, 2o. Firmamento, 3o. Habitação dos anjos e salvos). Satanás cairá em Apocalipse e passará a viver na Terra antes do milênio. Mas a Bíblia fala ainda dos "céus dos céus" (Dt 10.14; 1 Rs 7.27) e que haverá "novos céus" (2 Pd 3.13). Mas creio que o lugar inacessível a nós é onde Cristo subiu, "acima de TODOS os céus" (Ef 4.10).

Portanto, o ladrão foi se encontrar com o Senhor no céu, Paulo foi ao terceiro céu, quem crê no Senhor e morre vai para o céu, tudo isso até acontecer a ressurreição e o arrebatamento, quando os que crêem e estiverem mortos, e os vivos arrebatados, passarão a não apenas a viver no céu, mas também a viver no céu com um corpo. Atualmente apenas o Senhor está no céu com um corpo. Não me pergunte como fica o caso de Enoque e Elias, porque não sei se eles estão lá com um corpo ou não.

[Você escreveu: Para continuar em minha fé na palavra de Deus, a Bíblia, é imprescindìvel que esta questão seja esclarecida. Como pode A Bíblia se contradizer?]

Depois de escrever tudo isso creio que seu problema não é com a explicação ou a falta dela. A Bíblia não se contradiz. Quando achamos que isso acontece é porque nos consideramos inteligentes o suficiente para acharmos que já atingimos o nível de conhecimento suficiente para julgar o que é contradição ou não na Bíblia.

A maravilha da Bíblia é que ela não depende de você aceitá-la ou não. Ela existe por si só. Se você diz que precisa deste ou daquele esclarecimento para ter fé na Palavra de Deus, é porque você não entendeu o que é fé. Fé é a certeza de coisas que você não pode comprovar. Isso é fé. Fé é aceitar o cheque apenas confiando na palavra de quem o emitiu, mas sem nem mesmo ter um comprovante de extrato bancário para garantir que tenha fundos.

Se você pretende entender toda a Bíblia ou esclarecer todas as questões que ainda estejam obscuras antes de aceitar a Palavra de Deus, pode esquecer. Não é para a mente racional e crítica que Deus fala. Fé é a rendição de sua vontade à vontade de Deus, quer você a entenda ou não. Fé é submissão à Sua Palavra, ainda que ela às vezes lhe pareça obscura e intrincada para seu entendimento racional. Lembre-se, crer não é acreditar. Você pode acreditar que um cirurgião é competente, mas só irá crer quando precisar colocar sua vida nas mãos dele.

Mais acessadas da semana

Loading...