As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Jesus foi pregar no inferno?



https://youtu.be/7iuvp2SxZ0Y

Não, essa idéia decorre de uma interpretação errônea das passagens em 1 Pedro 3:19 e 4:6. Vou acrescentar comentários [entre chaves] para você entender melhor o significado do texto:

"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito; No qual [Espírito] também foi, e pregou [por intermédio de Noé] aos espíritos [agora] em prisão; Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água... Porque por isto foi pregado o evangelho também aos [que hoje estão] mortos, para que, na verdade, fossem julgados segundo os homens na carne, mas vivessem segundo Deus em espírito;"

Alguns acham que Jesus tenha descido ao Hades após sua morte para pregar aos condenados, mas não creio que seja assim. Que bem faria tal pregação? Para mim está bem claro quem pregou para aquelas pessoas: Noé.

Não quer dizer que o Senhor tenha ido pregar em algum lugar entre sua morte e ressurreição como acreditam alguns. O versículo diz que, no Espírito, Jesus pregou aos espíritos [agora] em prisão, os quais foram rebeldes à pregação de Noé. Em outras palavras, Noé pregou no Espírito de Cristo às pessoas de seu tempo, mas elas não creram, o que significa dizer que, por meio de Noé, era o próprio Senhor que estava falando a eles.

Digamos que hoje você pregue o evangelho a uma pessoa, ela não aceite, morra e vá para o hades. Pode-se dizer que você pregou a ela no Espírito de Cristo, ou seja, como se fosse Ele mesmo pregando a ela, não depois de morta, mas enquanto ainda vivia.

Não sei se fui claro. De qualquer modo, o Senhor não foi ao inferno ou ao hades pregar, mas as pessoas que estão lá já foram avisadas quando ainda viviam, seja por Noé ou por qualquer outro servo de Deus que tenha pregado no mesmo Espírito do Senhor. Isso tampouco dá qualquer idéia de purgatório, como querem alguns.

Outras passagens que podem apresentar alguma dificuldade no mesmo sentido são estas:

"Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens. Ora, isto — ele subiu — que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas." (Ef 4:8-10).

Ele está apenas mostrando o contraste entre céu e terra (nada a ver com hades ou inferno). Cristo desceu dos altos céus para as partes mais baixas da terra, ou seja, o lugar de maior degradação deste mundo, para depois subir de volta para o céu.

"Para o entendido, o caminho da vida leva para cima, para que se desvie do inferno em baixo." (Pv 15:24).

Esta é a maneira como as pessoas se expressão em relação ao céu e ao inferno. Provérbios é um livro que não fala de coisas espirituais do ponto de vista espiritual, mas do ponto de vista humano. É um livro de sabedoria para o homem neste mundo, por isso serve até para o incrédulo que quer levar uma vida mais correta (mesmo que seja condenado depois). Não se pode tirar deste livro verdades espirituais maiores do que aquelas que qualquer ser humano é capaz de observar. O mesmo vale para Eclesiastes.

"Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra." (Mt 12:40).

Isto significa morte, porque o Senhor Jesus ficaria sepultado no ventre da terra, mas apenas o seu corpo, evidentemente. Quando você visita um cemitério tenho certeza de que não acha que sua avó que morreu esteja debaixo daquela lápide de granito, não é mesmo?



Mais acessadas da semana