As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

O Senhor vem buscar a igreja antes da chegada do anticristo?



https://youtu.be/KmI6QE59DuI

Há vários indícios na Palavra que mostram que o anticristo não será manifestado enquanto a igreja estiver na terra. Talvez a passagem mais clara seja 2 Tessalonicenses 2. É preciso entender o caráter das duas epístolas aos tessalonicenses: a primeira fala da vinda do Senhor para a igreja, a segunda fala da vinda de Cristo para o mundo.

Antes, eis a chave para entender por que a igreja sairá deste mundo quando o Espírito voltar ao céu:

Joã 14:16-17 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, PARA QUE FIQUE CONVOSCO PARA SEMPRE; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.

O Senhor iria se ausentar, mas não deixaria os discípulos sozinhos: ele enviaria o Consolador, o Espírito Santo, para ficar com eles PARA SEMPRE. Portanto temos aqui a promessa de uma união indissolúvel.

Em Atos o Espírito Santo desceu e batizou em um só corpo aquele grupo de cerca de cento e vinte discípulos reunidos em um cenáculo (andar elevado da casa).

Ats 2:1-4 E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.

A partir daquele dia, todo aquele que crê em Jesus como Salvador é selado com o Espírito Santo e acrescentado ao corpo de Cristo, que é a igreja. Não é "batizado" com o Espírito Santo porque esse batismo só ocorreu uma vez em Pentecostes, em etapas: judeus (At 1:5, 2:2), gentios (At 10:47, 11:16) e discípulos de João (At 19:6). A partir de então, todo aquele que crê está incluído nesse "batismo" de inauguração da igreja (caso contrário, haveria uma nova igreja inaugurada cada vez que alguém se convertesse).

Efs 1:13-14 Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória.

1Co 12:13 Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.

Jesus compara o povo de Deus a um rebanho de ovelhas, mas apenas para deixar a figura mais clara para nossa realidade, pense em um rebanho de gado. Cada vez que o fazendeiro compra um novo animal ele grava sua marca no couro com um ferro quente, evitando assim que outro tome posse dele. Esta marca, em nosso caso, é o Espírito Santo, o sinal de que pertencemos a Deus ("possessão adquirida").

Juntando tudo, se Jesus disse que os salvos por ele teriam o Espírito Santo para sempre, então, assim como acontece com o boi e sua marca, para onde formos o Espírito também irá, e para onde o Espírito for, nós também iremos. Existe uma ligação indissolúvel, e é interessante que o mesmo anseio da igreja pela vinda do Senhor é também o anseio do Espírito em Apocalipse:

Apo 22:17 E o Espírito e a esposa dizem: Vem.

Portanto o que Paulo está dizendo em 2 Tessalonicenses é que eles não deviam se inquietar como se a "vinda do Senhor" (arrebatamento) já tivesse acontecido e eles tivessem sido deixados para trás para enfrentarem o "dia de Cristo" (quando Cristo descerá para julgar as nações e inaugurar o seu Reino)

As tribulações que estavam sofrendo (2 Ts 1:4-7) não deviam ser confundidas com aquelas que precederiam o "dia de Cristo", quando o Senhor Jesus iria vingá-los (2 Ts 1:7), como se esse dia já tivesse chegado.

A prova apresentada aos tessalonicenses de que esse "dia de Cristo" ainda não tinha chegado era o fato de o anticristo ainda não ter sido manifestado, pois PRIMEIRO devia ocorrer a apostasia ou abandono da verdade, e então seria revelado o "filho da perdição".

Resumindo a argumentação do apóstolo: O "dia do Senhor" (arrebatamento) ainda não tinha ocorrido porque ainda não ocorreu nossa "reunião com Ele". O "dia de Cristo" ainda não chegou, pois antes deste último é preciso que venha a apostasia e o anticristo seja revelado.

Outro detalhe importante é que na metade do cumprimento da septuagésima semana profética de Daniel 9:27, ou seja, no início desse período de sete anos o anticristo fará uma aliança com os judeus, e aos três anos e meio dessa semana de anos, ele irá se assentar no Templo de Deus querendo parecer Deus.

Dan 9:27 E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.

2Ts 2:4 O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.

Para que tudo isso aconteça é preciso que o Templo de Jerusalém seja reconstruído no terreno onde hoje existe uma mesquita muçulmana. Já percebeu que isso vai dar muito pano pra manga, não é mesmo? Se estamos esperando a vinda do Senhor para buscar sua Igreja, não estamos esperando a construção do Templo e a manifestação do anticristo, pois serão necessários alguns anos para sua construção.

Mais uma evidência de que não estaremos aqui quando o anticristo se manifestar é que, para ele se manifestar, é preciso que seja tirado o que se opõe a ele, o Espírito Santo de Deus que hoje está habitando na terra na igreja.

2Ts 2:7-8 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;

Por causa daquela união indissolúvel que vimos em João 14 entre o Espírito Santo e a Igreja; por ambos estarem esperando ("O Espírito e a esposa dizem Vem") pela vinda do Senhor, e por um dia o Espírito ter vindo habitar neste mundo na igreja -- o dia em que ele sair deste mundo a igreja não tem como continuar aqui. Existe uma "costura", um "link", não há mais como separar um do outro, segundo a promessa do Senhor.

"E ENTÃO será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda".

por Mario Persona

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana