As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

A Biblia e' ou contem a Palavra de Deus?



https://youtu.be/pRprKrxK_io

A Bíblia É Palavra de Deus. Dizer que ela meramente "contém" a Palavra de Deus é desprezar a inspiração das Sagradas Escrituras e transformar o homem em juiz da Palavra ao invés de aceitar a Palavra como aquela que discerne os corações. O fato de alguns não entenderem ou aceitarem a Palavra de Deus os leva a criar a ideia de que a Bíblia "contém" a Palavra de Deus.

O argumento a favor dessa ideia é que na Bíblia encontramos palavras de homens e até de Satanás, mas os que assim argumentam estão perdendo de vista que foi Deus quem nos revelou quais foram essas palavras ditas por terceiros, portanto o documento continua sendo (e não meramente contendo) a Palavra de Deus.

A ideia é tão absurda quanto comprar um imóvel recebendo apenas um documento que "contém" a escritura, ou seja, uma descrição do terreno, ao invés de exigir a própria escritura de propriedade do terreno. O poder de um documento que "contém" a Palavra de Deus não é o mesmo de um que seja efetivamente a própria Palavra emitida por Deus, mesmo que Ele tenha feito isso através de suas criaturas. Veja o que o próprio Jesus diz de TODAS as Escrituras (no caso o Antigo Testamento):

Luc 24:44-45  E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos. Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras.

Aqui ele chama a lei, os profetas e os Salmos de "as Escrituras". Ele disse que esses livros SÃO as Escrituras, não que CONTÉM as Escrituras, e obviamente "Escrituras" aparece como sinônimo da Palavra de Deus. Mas onde Jesus chama de Palavra de Deus as Escrituras? Ao referir-se aos mandamentos ele disse:

Mar 7:13 Invalidando assim A PALAVRA DE DEUS pela vossa tradição, que vós ordenastes.

A Palavra de Deus chega até nós na forma escrita e é sancionada pelo próprio Senhor, que considerava TODAS as Escrituras do Antigo Testamento ("a lei de Moisés, os profetas e os Salmos") como a Palavra. Ele nunca disse que esses livros "continham" a Palavra, mas que eram a Palavra.

Abra no primeiro livro de Moisés, o Gênesis, e você encontrará uma mentira de Satanás dita a Eva. Seria a mentira de Satanás a Palavra de Deus? Não, mas o registro que Deus faz da mentira de Satanás é a Palavra de Deus. Caso contrário, como poderíamos acreditar no testemunho de Deus de que Satanás mentiou para Eva se colocássemos em dúvida o relato do jardim do Éden inspirado por Deus para que fosse registrado por Moisés?

Antes que alguém pense que apenas o Antigo Testamento tenha esse caráter de Palavra de Deus ou Escrituras, é bom ler 2 Pedro onde o apóstolo menciona os escritos de Paulo e os coloca no mesmo nível das demais escrituras. Portanto da próxima vez que escutar alguém dizer que algo nas cartas de Paulo é mera opinião pessoal do apóstolo é bom ficar longe dessa pessoa, pois ela não crê na autoridade da Palavra de Deus.

2 Pe 3:15-16 ...como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como EM TODAS AS SUAS EPÍSTOLAS, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e IGUALMENTE AS OUTRAS ESCRITURAS...

Se a Bíblia meramente "contém" a Palavra de Deus, e não é toda ela a Palavra de Deus, então qual parte é e qual parte não é? Obviamente os homens gostam da ideia de poder julgar a Bíblia e dizer "Isto é opinião de Paulo..." ou "Isto não se aplica a mim...". Além disso, como poderíamos dizer que a Palavra de Deus tem poder sem saber exatamente que palavra seria esta? Será que poderíamos atender à ordem de pregar a Palavra se ficássemos na dúvida do quê exatamente pregar? Afinal, João 3:16 é a Palavra de Deus ou a a palavra de João simplesmente repetindo o que ouviu dizer que Jesus teria dito a Nicodemos? Percebe o problema que se cria ao se colocar em dúvida um documento?

Portanto é preciso que o verdadeiro crente em Jesus tenham bem claro em sua mente que a Bíblia, isto é, o conjunto dos 66 livros inspirados que temos em mão, É A PALAVRA DE DEUS e não apenas reúne PALAVRAS DITAS POR DEUS ou CONTÉM A PALAVRA DE DEUS. Se tomarmos a Bíblia da forma como querem os que acreditam que ela apenas contém a Palavra de Deus esse livro deixará de ter qualquer autoridade sobre nossa vida, pois estaremos na confortável posição de poder selecionar o que vale e o que não vale para nós, tornando-nos juízes de Deus e não o contrário. Iríamos obedecê-la só quando nossa vontade coincidisse com ela.

Uma das grandes provas de ser a Bíblia a Palavra de Deus e não dos homens que Deus usou para escrevê-la é que o Antigo Testamento apresenta uma horrível coleção de erros e pecados do próprio povo que durante séculos foi o guardião dessa mesma Palavra, o povo de Israel. Se fossem palavras de homens eles teriam sido os primeiros a filtrar tudo o que lhes fosse contrário, deixando apenas aquilo que eles "considerassem" Palavra de Deus e não comprometesse a reputação daquele povo.

O mesmo pode ser dito dos apóstolos, que escreveram o Novo Testamento e são neles despidos de qualquer honraria humana, pois encontramos nos evangelhos, em Atos e nas epístolas muitos dos erros e falhas desses mesmos apóstolos e discípulos de Jesus. Por que eles não teriam suprimido essas partes desagradáveis como meros relatos incidentais e não como a fidedigna, inerrante e imutável Palavra inspirada por Deus?

Você disse que sua denominação acaba de mudar a declaração de fé, alterando de "...a Bíblia É a Palavra de Deus..." para "...a Bíblia CONTÉM a Palavra de Deus...". Não é de surpreender que tenham feito isso, pois a cristandade como um todo caminha rumo à apostasia, que é o abandono da verdade, e obviamente isto está sendo feito em doses homeopáticas, uma mudança a cada dia, para que o engano possa ser assimilado por aqueles que seguem suas doutrinas. O que fazer num tempo de apostasia e erro? Apartar-se de toda iniquidade, e quando a Palavra de Deus fala de iniquidade, é bom lembrar que não existe maior iniquidade do que o abandono da verdade das Escrituras.

Heb 4:12-13  Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.

2Tm 2:19-22  Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade. Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra. Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.

2Tm 3:1-17  Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.  Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos...  Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te....  Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.  E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes RESISTEM À VERDADE, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé....  Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.  Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido,  E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. 

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana