As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Casados devem cortar o relacionamento com os pais?



http://youtu.be/nmO7PibcvSU

Sua dúvida é em relação aos casados e de como interpretar o versículo que diz: "Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne" (Ef 5:31). Pelo que entendi alguns casais estariam se valendo deste versículo como desculpa para abandonar os pais e não dar a eles a devida atenção, deixando até mesmo de suprir suas necessidades quando idosos.

É espantosa a forma como as pessoas conseguem distorcer a Palavra de Deus. Eu já tinha ouvido falar de outro caso no qual a alegação era de que, baseado no mesmo versículo, apenas o homem deixava seu pai e sua mãe, mas a mulher não. Neste caso o argumento era de que a mulher casada não devia submissão ao marido, mas sim aos pais, que continuariam a ter autoridade sobre ela determinando em quê ela deveria ou não obedecer seu marido. O que mais irão inventar para distorcer a Palavra de Deus?!

Apesar de o casamento causar uma mudança no relacionamento, a Bíblia ensina que os filhos sempre devem considerar os pais. Àqueles que ainda estão sob a autoridade dos pais, isto é, não são independentes, a Bíblia deixa claro o princípio da obediência:

Col_3:20 Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor.

Depois de casados os filhos já não devem obediência aos pais, já que constituíram uma nova unidade familiar na qual o marido é a cabeça e, portanto, a autoridade. Mas, apesar de não ser mais uma questão de obediência, continua sendo uma questão de honra::

Efs_6:2 Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa;

Para aqueles que abandonam seus pais à própria sorte com a desculpa de que o matrimônio colocou um ponto final nos relacionamentos familiares, não posso pensar em uma passagem melhor do que esta::

"Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e quem maldisser, ou o pai ou a mãe, certamente morrerá. Vós, porém, dizeis: Se um homem disser ao pai ou à mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor; Nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe, invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas". (Mc 7:10-13)

E também este:

1Tm 5:8 Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.

por Mario Persona


Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana