As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Uma vez salvo, salvo para sempre?



http://youtu.be/LQdqISvUdsY

Sim, a salvação é para sempre e irreversível. Uma vez salvo, salvo para sempre pois é uma obra divina, não humana. Quando você lê passagens que dizem que é preciso fazer isto e aquilo para entrar no reino dos céus o Senhor não está falando do céu propriamente dito. O reino dos céus é a esfera em que Cristo é reconhecido como Senhor e hoje o reino (que é dos céus) está na terra, mas não ainda manifesto (como um reino cujo rei está no exílio). Ele será plenamente manifesto na vinda de Cristo para reinar, mas até então o reino dos céus conterá uma mistura de salvos (o trigo) e perdidos (o joio que diz "Senhor, Senhor" da boca pra fora). Eles continuarão juntos no reino dos céus até a colheita, quando o joio sera queimado e o trigo recolhido no celeiro de Deus.

Mateus 13:25-30 diz: "Mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou o joio no meio do trigo e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio? Não! Replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranqueis também com ele o trigo. Deixai-os crescer juntos até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro".

Você argumenta que Hebreus 10 estaria dizendo que é possível sim perder a salvação, pois ali diz que "se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, Mas uma certa expectação horrível de juízo, e ardor de fogo, que há de devorar os adversários" (Hb 10:26-27). Ali também diz que "Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele" (Hb 10:38). Mas observe que se você continuar lendo a passagem verá que o capítulo termina assim: "Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma" (Hb 10:39). Portanto o texto está falando de apóstatas (falsos crentes que apenas professavam), pois ali os verdadeiros são os encontrados na frase "nós não somos dos que retrocedem para a perdição".

Sobre sua outra citação, "Quem perseverar até o fim será salvo", a passagem toda está falando da grande tribulação e esse "salvo" aí é no sentido de não morrer. Se continuar lendo a mesma passagem de Mt 24 encontrará isto: "Mat 24:22 Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria salvo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados" ou como diz a versão Almeida corrigida "nenhuma carne se salvaria". Aquelas pessoas (são judeus fiéis que se converterão naquele tempo) precisarão estar vivas para entrarem no reino de mil anos de Cristo.

A vida de quem acredita que será salvo ou que permanecerá salvo por esforço próprio pode pender para dois lados: (1) Desespero e incerteza total porque a salvação se torna uma loteria: se você pecar e não der tempo de confessar seu pecado está perdido. (2) Hipocrisia em tentar manter uma aparência de "crente" como faziam os fariseus. O correto é reconhecer que não temos condições de nos salvarmos a nós mesmos e nem de nos mantermos salvos e tanto uma coisa como outra é por graça somente. É Deus quem nos salva e mantém salvos. Caso contrário você irá chegar no céu glorificando a Deus por metade da salvação. Para a outra metade a glória será sua.

Não queira crer numa salvação que lhe dará alguma glória por ela (perseverar, por exemplo). Creia que tudo é de Deus e para Deus e que depois de salvo Deus o manterá assim porque a obra é 100% dEle. Eu realmente não entendo a razão de tanta gente querer ajudar Deus na salvação. Será que é por não se considerarem totalmente perdidas? Ou será que é por acharem que a obra de Cristo foi pela metade?

Este link pode ajudar os que olham para a salvação como uma mera conversão exterior, como a do sujeito que levanta a mão na hora do apelo, compra uma Bíblia, vai a uma "igreja", dá ofertas etc. e depois fica igual ou pior ao que era antes. Assim como é possível encontrarmos lobos em pele de cordeiro, qualquer porca ou cão pode vestir essa fantasia por algum tempo para depois voltar à lama ou ao próprio vômito. Este link fala sobre o assunto: http://www.respondi.com.br/2013/12/o-que-significa-o-cao-e-porca.html

O homem pode colocar uma lista de tarefas e condições para a salvação, mas o próprio Senhor assegurou que aqueles que lhe foram dados pelo Pai estão seguros eternamente na mão do Pai e na mão de Jesus. Que descanso, que certeza, que louvor podemos dedicar a Deus por tamanha salvação!

Existem afirmações na Palavra de Deus das quais não podemos nos esquivar. Uma é que aquele que crê em Cristo e na sua obra não passará pelo juízo final:

Joã 5:24 Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou TEM A VIDA ETERNA, NÃO ENTRA EM JUÍZO, mas passou da morte para a vida.

Outra é que aquele que crê recebe o selo do Espírito Santo, o qual vem habitar nele:

Efs 1:13 em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, FOSTES SELADOS COM O SANTO ESPÍRITO DA PROMESSA;

O Espírito é a garantia (o penhor) da salvação, portanto aquele que não tem o Espírito nunca creu verdadeiramente e nem foi salvo (lhe falta o penhor ou a garantia da herança):

Efs 1:14 o qual é O PENHOR DA NOSSA HERANÇA, ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.

Rom_8:9 Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.

Sendo assim, os que acham que um verdadeiro crente possa perder sua salvação não conseguirão explicar o que será feito do Espírito Santo no caso de um crente se perder, já que quando Jesus prometeu dar o Espírito ele disse que era PARA SEMPRE.

Joã_14:16-17 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, PARA QUE FIQUE CONVOSCO PARA SEMPRE; o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará EM VÓS.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana