As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Posso pedir dinheiro para a obra do evangelho?



https://youtu.be/wwze0tNxbJE

Sua dúvida é se um cristão que trabalhe na obra do evangelho poderia pedir dinheiro a irmãos e assembleias para custear seu trabalho. A resposta é NÃO. É o Senhor da seara quem envia trabalhadores para a seara. Se ele envia, é ele quem dá os recursos. Portanto nenhum irmão deve pedir recursos, seja a outros irmãos, seja a assembleias.

Se os recursos não vierem é porque o Senhor não enviou esse obreiro. Se o Senhor enviou, então ele providenciará os recursos tocando no coração de irmãos individualmente ou de assembleias coletivamente para terem comunhão com o obreiro em seu trabalho. É um erro pedir dinheiro a homens para fazer a obra de Deus. Se cremos que a obra é realmente do Senhor, então devemos pedir os recursos ao dono da seara e ele irá mover os corações neste sentido.

Mais errado ainda é pedir doações de forma geral, as quais poderão vir de incrédulos. É uma VERGONHA encontrarmos "igrejas", cristãos e sites evangelísticos pedindo doações. Ainda que não exista qualquer problema em cristãos venderem Bíblias e livros (porque eles têm um custo de produção), está fora de questão pedir doações de incrédulos para ajudar na obra de Deus. "Que comunhão tem a luz com as trevas?" (2 Co 6:14).

Alguém poderia alegar que encontramos os israelitas pedindo aos egípcios suas coisas preciosas em sua saída do Egito. De fato, em Êxodo 12:35-36 lemos: "Fizeram, pois, os filhos de Israel conforme a palavra de Moisés e pediram aos egípcios objetos de prata, e objetos de ouro, e roupas. E o Senhor fez que seu povo encontrasse favor da parte dos egípcios, de maneira que estes lhes davam o que pediam. E despojaram os egípcios."

É preciso entender que aquilo tinha sido uma ordem específica de Deus para o povo de Israel e tinha o propósito de indenizar os israelitas por todos os bens que os egípcios lhes haviam tirado quando fizeram deles escravos, assim espoliar os egípcios. Lembre-se de que algum tempo antes aquele mesmo povo não era escravo e vivia em uma posição privilegiada como protegidos de José. Este, com o consentimento de Faraó, havia reservado para eles a melhor e mais fértil parte da terra do Egito. Faraó havia dito: "A terra do Egito está perante ti; no melhor da terra faze habitar teu pai e teus irmãos; habitem na terra de Gósen." (Gn 47:6).

Já o cristão, um estrangeiro neste mundo, deve se fazer guiar pelo exemplo de Abraão, o pai da fé e estrangeiro na terra, que não quis aceitar nem uma correia da sandália do rei de Sodoma. "Mas Abrão lhe respondeu: Levanto a mão ao Senhor, o Deus Altíssimo, o que possui os céus e a terra, e juro que nada tomarei de tudo o que te pertence, nem um fio, nem uma correia de sandália, para que não digas: Eu enriqueci a Abrão" Gn 14:22-23

Temos também para nós o magnífico exemplo dos primeiros cristãos quando saíram pelo mundo dando testemunho de sua fé, e para isso não tomaram nada dos gentios.

"Pois por causa do Nome foi que saíram, nada recebendo dos gentios." 3 Jo 1:7

Leia também:
http://aordemdedeus.blogspot.com/2011/06/o-senhor-da-seara-dirige-os-dons.html
http://aordemdedeus.blogspot.com/2011/06/nao-e-correto-contratarmos-um-servo-de.html
http://aordemdedeus.blogspot.com/2011/06/como-os-servos-do-senhor-devem-ser.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana