As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

O que voce acha do livro “O Segredo - A Lei da Atracao” (The Secret)?



https://youtu.be/0ebjK3jWSRE

O que acho do livro "O Segredo" ou da "Lei da Atração"? Nada de novo, muito pelo contrário. No site diz que a autora, Rhonda Byrne, descobriu “o segredo” no final de 2004:



“Rhonda achava que quase ninguém conhecia as coisas que ela havia descoberto, muito embora os conceitos pudessem ser encontrados em quase todas as religiões e áreas da atuação humana ao longo da história... Em apenas dois meses ela já havia estudado os grandes líderes do passado, lido centenas de livros e acumulado um número incontável de horas de pesquisa”.

Uau! Quantas centenas de livros você consegue ler em dois meses? Leitura dinâmica deve fazer parte do “segredo”. É importante lembrar que o projeto não começou exatamente com um livro, mas com um filme cujo projeto coincidiu com um momento na vida de Rhonda quando ela queria dar uma guinada em sua empresa, a produtora de TV Prime Time Productions. Da Austrália para os EUA foi um pulo, obviamente dado com as mais avançadas técnicas de produção cinematográfica. O livro apareceu depois nas livrarias do mundo.

“O Segredo” nada mais é do que a velha história do pensamento positivo, da mentalização de coisas boas para atrair coisas boas e todas as idéias que já surgiram por aí dando uma roupa nova àquilo que teve sua origem no Jardim do Éden, quando a serpente (Satanás) disse a Eva: “Sereis como Deus”.

Não li, mas um amigo enviou um vídeo que assisti apenas um pedaço, o suficiente para entender tratar-se de coisa velha em roupa nova. É mais uma tentativa de dizer ao ser humano que ele é capaz de fazer tudo aquilo que desejar, algo como ser capaz de interferir no mundo real manipulando o mundo mental ou espiritual. Em suma, você vai acabar acreditando ser Deus.

Antes de minha conversão eu também acreditava nisso e até freqüentei, durante 3 anos, uma organização chamada Seicho-no-iê que ensinava isso. A mãe de um amigo também freqüentava e teve câncer. O mestre lá dizia para ela mentalizar que doença não existe, etc e tal, para tornar o pensamento em realidade e ela morreu. Segundo ele, não mentalizou direito. Dois anos depois ele também morria de câncer.

Esse tipo de filosofia costuma prometer que TUDO o que você quiser se realizará, que se tiver a atitude adequada, você acabará atraindo para o mundo real aquilo que mentalizar em seu imaginário. Por exemplo, se eu quiser que hoje faça sol e alguém mais quiser que chova, teremos aí um problema de conflito de interesses. Se eu quiser ganhar muito dinheiro, obviamente alguém terá de abrir mão de muito dinheiro, pois a moeda é circulante, não aparece por um passe de mágica.

Dia desses estava numa livraria em um shopping e um autor brasileiro fazia uma palestra-relâmpago em uma seção da livraria. Aparentemente ele tinha escrito um livro revelando o segredo do segredo. De passagem, peguei um pouco do que dizia sobre evitar pensar negativamente e até evitar falar palavras negativas, como "negativa" e "não". O exemplo que deu foi uma pérola:

- Se você percebe que seu filho pequeno está querendo colocar o dedo na tomada, não use a palavra "não" para proibí-lo. Não diga a ele "Filhinho, NÃO ponha o dedo na tomada". Diga "Filhinho, venha brincar com este brinquedo" e dê algo para ele de forma positiva, e não proibindo de forma negativa.

Segundo ele, só de pensar em "não alguma coisa" já causa um bloqueio cósmico. Não quis interromper a palestra, mas tive uma vontade imensa de perguntar como ele teria explicado isso, ou seja, como teria ensinado o público a não pensar e falar palavras negativas sem usar a palavra "não", que usava em quase todas as sentenças de seu discurso. "Não faça isso...", "Não pense aquilo aquilo...", "Não mentalize coisas negativas..." Seria interessante fazer uma busca e contagem de "nãos" no texto de seu livro.

Eu sei que tudo o que estou dizendo faz ferver o sangue dos adeptos dessas filosofias, porque fazia ferver o meu quando eu fazia parte da turma do "me engana que eu gosto". Devorava livros de auto-ajuda, espiritismo, pensamento positivo e qualquer coisa que me ajudasse a acreditar em mim mesmo, pensar que eu sou o máximo e fazer de Deus apenas um adereço. Se livros de auto-ajuda do tipo realmente funcionassem, não seria preciso escrever mais nenhum. A quantidade de títulos despejada anualmente no mercado só confirma que apenas conseguem criar uma ilusão de poder, fazendo seus leitores acharem que podem se tornar semi-deuses ou, por que não, deuses completos.

Não era esse o desejo do homem desde sua criação? Eliminar Deus de sua vida e tomar as rédeas de seu destino? O único Homem perfeito e Deus perfeito que já pisou este mundo - Jesus - deixou claro que não veio aqui fazer Sua própria vontade, mas a vontade do Pai que Lhe havia enviado. E lembre-se de que Sua vontade era perfeita.

Quem sou eu para querer realizar minha vontade e TODOS os meus desejos, como promete "O Segredo", se não tenhoa mínima capacidade de saber as consequências disso? Será bom ficar milionário da noite para o dia? Será bom me livrar de algum problema que hoje me aflige? Hoje, na idade em que estou, olho para trás e fico muito contente que muitos de meus desejos não tenham sido realizados. Eu era simplesmente incapaz, na época, de entender todos os desdobramentos caso eles se realizassem.

Já encontrou alguém vivo por aí com mais de 150 anos? Então esse sim descobriu o segredo de mentalizar que a morte não existe e tornou isso realidade, mas não creio que seja a autora de “O Segredo”. Sua mentalização positiva obviamente funcionou até agora apenas para sua empresa. Milhões de livros e DVDs já foram vendidos, mas não é por algo ter milhões de apreciadores que isso torna algo bom. Milhões de moscas saem todos os dias em busca de estrume fresco. Nem por isso devemos segui-las.

Como sempre acontece com as novidades, muitos que se dizem cristãos acabarão entrando na onda e tentarão encontrar paralelos entre essa filosofia e a Bíblia (parece que a autora tenta fazer isso). Mas aqueles que realmente conhecem o Salvador não perderão seu tempo tentando encontrar algum poder em si mesmos para conseguir ou mudar alguma coisa.

O cristão depende do Senhor, não de sua mente. Meu filho, que sofre de paralisia cerebral e, portanto, é incapaz de mentalizar o que quer que seja, não teria chance alguma de ser beneficiado pelo “O Segredo”. Mas ele já foi muito beneficiado pela obra de Cristo na cruz, que lhe garantiu o Céu, e é muito beneficiado todos os dias pelo Senhor, que provê o que ele necessita.

Diante da presença e do conhecimento de Cristo qualquer pretensão humana desaparece e ouvimos o conselho de Maria dado aos que serviam na festa de Caná: “Fazei tudo o que ELE vos disser”, aceitando seu amoroso convite que diz: "Vinde a Mim". E para aqueles que acham que trazem em si mesmos o poder para fazer o que quiserem e ter o que desejarem, é bom pensar no que Jesus disse:

"Quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer". João 15:5

A autora de "O Segredo" diz que "dentro de você há um poder magnético que é mais poderoso do que qualquer coisa no mundo", que permite que você atraia e torne realidade tudo o que quiser. O Salvador diz que sem Ele, você nada pode. Em quem acreditar?

Evidentemente, para quem não tem qualquer esperança de vida eterna; quem não quer que Deus administre sua vida e escolha o que é melhor para si, tudo o que lhe resta é continuar vivendo por enquanto neste pobre mundo com suas promessas e desilusões. Tudo o que lhe resta é ler "O Segredo" e acreditar que, se conseguir tudo aquilo que deseja, poderá ser feliz.

---
P.S. Respostas a comentários enviados a este post:

Você disse que o livro é "Quase uma teoria científica" soa estranho. Eu quase fui presidente dos Estados Unidos. Brincadeiras à parte, você acertou em cheio quando disse: "Simplesmente porque o "milagre" nesse caso não parte de algo sobrenatural ou divino, mas sim de ações totalmente humanas e mortais."

Sim, este é o ponto. Nós não apenas não temos o poder de fazer acontecer tudo aquilo que desejamos, como não temos principalmente o poder de distinguir o certo do errado em nossos desejos. Como você sabe se ter muito dinheiro hoje é o melhor para sua vida? Muita desgraça acompanhou riquezas repentinas. O desejo de fazer as coisas independente de Deus é antigo, mas quem sabe as consequências disso?

Em suma, ao ler e praticar o que ensina o livro O Segredo, a pessoa está mesmo querendo que "seja feita sua própria vontade aqui na terra", de preferência sem a interferência de Deus. Isso tem um nome na Bíblia, chama-se "apostasia" que é o abandono da verdade, virar as costas para Deus.

Quanto ao que escreveu sobre santos e canonização, isso é algo estranho à Bíblia e foi inventado pela religião católica, da qual não faço parte, que acaba tendo o mesmo efeito do livro "O Segredo", ou seja, pessoas especiais (chamadas de "santos") teriam o poder de fazer acontecer aquilo que desejam. Então, ao invés das pessoas correrem atrás de um livro e de seu segredo para obterem o que desejam, correm atrás de um morto para o mesmo objetivo. Isso é também virar as costas Àquele que disse: "Vinde a Mim". Sim, Jesus convidou e deixou a porta aberta. Por que irmos a um livro, a um segredo ou a um morto se podemos ter acesso direto ao Senhor, o Salvador, para Quem e por meio de Quem todas as coisas foram criadas.

---

Segundo a Bíblia perdemos o livre arbítrio no sentido de que, apesar de termos condições de discernir entre o bem e o mal, não temos poder de fazer o bem ou evitar o mal (falando de forma geral).

É por isso que a idéia de uma evolução humana é uma falácia muito grande. Basta abrirmos o jornal para perceber que não evoluímos nada. Continuamos as mesmas pessoas que há 2 mil anos entregaram o Filho de Deus para morrer na cruz. Se Ele viesse hoje nas mesmas condições que veio, faríamos o mesmo.

Temos a inteligência dada por Deus, mas corrompida pelo pecado. Se reparar bem, todas as grandes inovações tecnológicas são resultado das guerras, inclusive o computador onde digito isto e a Internet que permite publicar meu blog.

Todavia, vida, inteligência, aprimoramentos tecnológicos etc, são coisas perfeitamente naturais e humanas. O suposto poder de um semi-deus capaz de interferir nos acontecimentos, como é apresentado no livro "O Segredo", é apenas uma nova roupagem da pretensão do homem querer ser Deus. Não difere muito do que disse a serpente no Éden: "Sereis como Deus..."

---
O leitor tem razão ao afirmar que o debate só ajuda a divulgar o livro, seja ele bom ou ruim. Minha preocupação foi por ver muitos cristãos entrando na onda seguindo pastores que acharam que o livro é tudo de bom. Mas não é.

Como disse, não li o livro mas li o suficiente no site da autora para saber do que se trata. Não preciso beber uma garrafa de vinagre para saber o que tem dentro. Basta cheirar e ler algumas informações no rótulo e é suficiente, principalmente se no passado mergulhei de cabeça no vinagre (para entender, leia www.stories.org.br/angels.html ).

Dia desses estava numa livraria dessas tipo megastore quando começou uma palestra sobre o livro. O palestrante explicava que jamais devemos projetar coisas negativas, pois elas se realizarão. Então, segundo ele, ao invés de você dizer ao seu filho "NÃO o dedo na tomada", você deve dizer para ele ir brincar de algo sem fazer referência à tomada pois, se fizer, irá aplicar a "lei da atração" e o dedo na tomada se tornará uma realidade.

Depois que o palestrante explicou mais algumas coisas que NÃO devemos fazer, achei melhor sair da livraria pois estava louco para perguntar a ele como poderia dar aquela mesma palestra sem mencionar nenhuma vez o que NÃO devemos fazer para a suposta "lei da atração" funcionar... :)

Mais acessadas da semana