fonte

O que pensar de moribundos que dizem ver familiares que já morreram?



https://youtu.be/CmYs1K7bec8

Minha resposta para a questão é que não sei a razão de alguns moribundos dizerem estarem vendo familiares falecidos ao lado do leito de morte. Sei que há relatos sobre isso, mas será que são tão importantes? Deus não disse nada sobre isso em Sua Palavra e certamente Ele teria abordado o assunto se fosse de importância vital para nós.

Na Bíblia há ocasiões de visões de pessoas que faleceram, como no caso da mulher adivinha que se surpreende quando Samuel aparece a ela para dizer qual o destino de Saul. Os discípulos também vêem Moisés (que havia morrido) e Elias (que não havia morrido) se apresentarem ao lado do Senhor no monte da transfiguração. Em ambos os casos acredito que Deus tenha concedido uma permissão especial para que isso acontecesse, mas no segundo caso fica muito claro o que pode acontecer conosco quando algo assim ocorre: erramos completamente na interpretação.

"SEIS dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte, E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele. E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés, e um para Elias". Mateus 17:1-8

A reação dos discípulos foi de sugerir que fizessem três abrigos, um para Moisés, outro para o Senhor e outro para Elias. Imediatamente desaparecem Moisés e Elias e fica só Jesus diante deles e Deus deixa claro que eles estão errando a colocá-los todos no mesmo nível. É só o Senhor que deve estar diante dos olhos deles.

"E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o. E os discípulos, ouvindo isto, caíram sobre os seus rostos, e tiveram grande medo. E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo. E, erguendo eles os olhos, ninguém viram senão unicamente a Jesus".

Assim, se eu estivesse para morrer e meus pais aparecessem diante de mim eu deveria, inicialmente, considerar que aquilo pode ser uma alucinação. Quando o cérebro está fraco demais para processar imagens inéditas, ele se vale de imagens da memória para substituí-las, numa tentativa de economizar seus recursos. Isso acontece com as pessoas que vêem alguns tipos de miragens (não aquelas que são puramente efeitos óticos) e alucinações, que são coisas que gostariam de ver, mas que não são reais.

Mesmo que a visão de meus pais falecidos fosse real, ainda assim eu deveria considerar que a visão "maior" que devo buscar é a do Senhor, pois diante dEle até mesmo a imagem de grandes servos de Deus como Moisés e Elias simplesmente se desvanece.

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça