As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Quantos apostolos existem?



https://youtu.be/K08sM0bEQCU

Com tanta gente hoje adotando o título "apóstolo" antes do nome, como se fosse "doutor", não é de admirar que muitos fiquem sem saber se devem ou não acreditar nesses "apóstolos". Já escrevi sobre as credenciais de um apóstolo neste link: Como saber se um apóstolo é genuíno?

Sua dúvida é sobre Andrônico, Júnias e Barnabé, que também seriam chamados de apóstolos. Quanto aos dois primeiros, a passagem diz: "Saudai a Andrônico e a Júnias, meus parentes e meus companheiros na prisão, os quais se distinguiram entre os apóstolos e que foram antes de mim em Cristo." Rm 16:7

Júnias pode ser uma forma reduzida de Junianus. Se for o caso, trata-se de nome de homem. Mas, como é mais provável, se for Júnia como nome feminino do jeito que aparece em algumas versões, pode ser esposa ou irmã de Andrônico. Quanto à opinião de alguns de que eram apóstolos, vamos analisar mais de perto.


"Os quais [Júnias e Andrônico] se distinguiram entre os apóstolos". Creio que o sentido seja o mesmo de "os quais ganharam a admiração dos apóstolos". Como provavelmente tenham se convertido antes de Paulo, "que foram antes de mim em Cristo", devem ter sido frutos da obra de Pedro e dos outros nos primeiros dias da igreja, atraindo sobre si mesmos uma estima especial dos apóstolos.

Como a Bíblia não se interpreta com versículos isolados, basta darmos uma olhada nas prerrogativas para ser um apóstolo e qual a posição ocupada pela mulher na igreja para ficar claro que não se tratava de "uma apóstola" como alguns querem crer.

A mesma conclusão acima pode ser aplicada a Andrônico. Quanto aos outros apóstolos que aparecem na Bíblia, segundo as notas de Scofield, a palavra 'apóstolo', com o significado de 'enviado', é usada sempre para os doze que foram chamados para aquele ofício pelo Senhor durante Seu ministério terreno, exceto em Hb 3:1, onde é usada para o próprio Senhor.

"Pelo que, santos irmãos, participantes da vocação celestial, considerai o Apóstolo e Sumo Sacerdote da nossa confissão, Jesus".

Em outros sentidos ela é usada para Paulo, chamado para o apostolado pelo próprio Senhor ressuscitado e ascendido ao céu; para Barnabé (Atos 14:14) especialmente designado pelo Espírito Santo (At 13:2); para Matias, escolhido por sorte pelos onze para tomar o lugar de Judas Iscariotes (At 1:16-26), do qual é dito que "foi ele contado com os onze apóstolos". At 1:26

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana