As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Voce acredita em "atos profeticos"



https://youtu.be/8flqoMRQvmg

Desculpe eu não ter entendido da primeira vez que você escreveu perguntando sobre os tais "atos proféticos". É que recebo muitas perguntas que são tão específicas dos sistemas religiosos que, por não fazer parte deles, fico completamente por fora. Talvez a ficha tivesse caído se você perguntasse simplesmente se existem "atos proféticos" na Bíblia. Aí a resposta seria "não", porque busquei a frase e não encontrei.

Mas eu sei que você não se contentaria com uma resposta curta, do tipo que costumo dar quando alguém pergunta como fazer o "culto do bebê" e eu digo que não faço ideia, porque na Bíblia o único culto que devemos prestar é a Deus. Na minha ignorância religiosa acabo sendo mal educado, como da vez que alguém perguntou como a igreja devia fazer o "chá do bebê" e eu brinquei: "Pode ferver ou bebê ou apenas fazer uma infusão, deixando ele no bule por alguns minutos".

Os sistemas religiosos inventaram tantas coisas que não estão na Bíblia que se fôssemos nos ocupar com elas (que não passam de mentiras) teríamos pouco tempo para nos ocupar com a verdade, isto é, com as coisas que efetivamente encontramos na Palavra de Deus.

Sua insistência me obrigou a dar uma olhadinha para descobrir o que é isso que alguns chamam de "atos proféticos". Acho que o site cujo link você enviou da primeira vez só fez eu sentir vontade de vomitar, porque a picaretagem anunciada ali era tão... picareta! Um irmão costumava dizer que tendo o pentecostalismo como amigo, o cristianismo não precisa de inimigos.

Enquanto as religiões protestantes tradicionais inventam quadras esportivas e shows de música e teatro para entreter seus membros e atrair novos adeptos, as igrejas pentecostais saem imitando Aparecida do Norte e criam toda uma sorte de recursos audiovisuais para entreter os crédulos seguidores dos pregadores de rádio e TV que prometem às suas vítimas a prosperidade que eles mesmos desfrutam às custas delas. Nada disso é ocupar-se com Cristo, mas com as coisas que são da terra.

Col 3:1-2 "Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra".

Mas vamos lá: segundo você me explicou, e li em algum outro site, "atos proféticos" seria usar objetos ou gestos que aparecem na Bíblia como forma de representar uma verdade espiritual. Como uma peneira, o argumento tem furos de todos os lados. Primeiro, Deus deixou bem claro que não devemos fazer isso quando fez com que fosse destruída a imagem de bronze da serpente, que Moisés usou no deserto para curar os picados por serpentes. Veja Nm 21:8 e 2 Rs 18:4.

Núm 21:8  E disse o SENHOR a Moisés: Faze-te uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo o que, tendo sido picado, olhar para ela.

2Rs 18:3-4  [Ezequias] fez o que era reto aos olhos do SENHOR, conforme tudo o que fizera Davi, seu pai.... e fez em pedaços a serpente de metal que Moisés fizera; porquanto até àquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso, e lhe chamaram Neustã. 

Isto já estabelece um princípio que devemos adotar: o uso de objetos ou gestos, ainda que aplicados por Deus em alguma ocasião e por alguma razão, fatalmente se transformará em idolatria se aplicado fora daquele contexto e sem ser ordenado por Deus. Ele teve o cuidado de não deixar que permanecessem os objetos que aparecem no AT, como a vara de Aarão, as tábuas da Lei ou a própria arca, porque certamente seriam usados para idolatria.

Como se não bastassem absurdos e apelações para objetos visíveis no movimento pentecostal, tem até gente que, não contente em vender miniaturas de objetos de Israel, azeite de oliva e água do Rio Jordão, quer construir o Templo de Jerusalém em São Paulo! Veja você, um Templo que o próprio Senhor declarou que não ficaria pedra sobre pedra! Ao querer ir na contra-mão do que Deus determinou, será que esse pessoal nunca ouviu falar de Jericó e do que aconteceu a quem reconstruiu o que Deus determinou que fosse destruído?

Jos_6:26  E naquele tempo Josué os esconjurou, dizendo: Maldito diante do SENHOR seja o homem que se levantar e reedificar esta cidade de Jericó; sobre seu primogênito a fundará, e sobre o seu filho mais novo lhe porá as portas.

1Rs 16:34  Em seus dias Hiel, o betelita, edificou Jericó. Quando lançou os seus alicerces, morreu-lhe Abirão, seu primogênito; e quando colocou as suas portas, morreu-lhe Segube, seu filho mais moço; conforme a palavra do Senhor, que ele falara por intermédio de Josué, filho de Num.

Mat 24:1-2  E, quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada.

A Bíblia mostra que o Templo de Jerusalém voltará a ser construído em seu lugar original, porém não será para Deus, e sim para o Diabo. O anticristo usará o templo para se declarar Deus.

2Ts 2:4  O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.
Mat 24:15  Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;


Basta você ver a quantidade de "relíquias" do catolicismo para perceber que o protestantismo caminha na mesma direção, ao menos sua ala pentecostal. É claro que isso é interessante para os pregadores da TV que vendem badulaques sem os quais "a bênção" não acontece. Algumas livrarias evangélicas já começam a ficar parecidas com aquelas lojas de Aparecida do Norte.

Nem a ceia do Senhor, que é uma ordenança divina e que devemos praticar, escapou dessa tendência idólatra do homem natural. Ela se transformou em uma celebração idólatra em algumas religiões e tem até uma variante praticada na maçonaria.

É importante entender que nada mais temos a ver com o Antigo Testamento no sentido do modo de Deus tratar o seu povo Israel. Isso fica muito claro na carta aos Hebreus, onde as palavras "melhor" ou "melhores" aparecem repetidas vezes.

Heb_7:19 (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma MELHOR ESPERANÇA, pela qual chegamos a Deus.

Heb_7:22 De tanto MELHOR ALIANÇA Jesus foi feito fiador.

Heb_8:6 Mas agora alcançou ele ministério tanto MAIS EXCELENTE, quanto é mediador de uma melhor aliança que está confirmada em melhores promessas.

Heb_10:34 ...sabendo que em vós mesmos tendes nos céus uma POSSESSÃO MELHOR e permanente.

Heb_11:40 Provendo Deus alguma COISA MELHOR a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados.

Ou seja, se fosse possível (o que obviamente não é), o certo seria os do Antigo Testamento imitarem o cristianismo, e não o cristianismo imitar o judaísmo. Por isso vem a exortação àqueles cristãos judeus que queriam voltar às antigas práticas: Heb_13:13 Saiamos, pois, a ele fora do arraial.

Outra coisa importante de entender é que as coisas do Antigo Testamento nos servem de figuras ou sombras, e podemos sim aproveitar muito quando as temos em seu devido lugar. Por exemplo, o Tabernáculo no deserto é uma figura de Cristo, a arca também etc. Sugiro a leitura da excelente coleção do Pentateuco comentada por C. H. Mackintosh.

Rom_15:4 Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança.

1Co_10:11 Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos.

Col 2:17 Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.

Todas aquelas coisas serviam para mostrar o que Deus iria fazer e agora já fez. Um judeu que visse a "sombra" das coisas futuras naqueles objetos e gestos da antiga adoração judaica podia ser consolado. Mas hoje que temos a realidade que aquela sombra representava, não precisamos nos ocupar com a sombra, mas com a Pessoa que já chegou.

Um exemplo: quando você vê a sombra de uma pessoa querida aparecendo no portal de sua casa, você se levanta da poltrona e se alegra. Mas assim que aquela pessoa passa pela porta você corre para o abraço. Mas o que você abraça, a sombra?! Só se estiver louco! Você deixa a sombra pra lá e abraça a pessoa.

O cristão não precisa de "recursos audiovisuais" para adorar em espírito e em verdade. Os judeus precisavam desses adereços e aditivos, como um templo visível, vestes, instrumentos musicais etc. O Senhor deixa isso bem claro em sua conversa com a mulher samaritana:

Joã 4:20-24 Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

O cristão anda por fé e não por vista, e esta é mais uma razão para fechar seus olhos a todos esses objetos e gestos que os pregadores da TV tentam vender mediante uma "singela" contribuição. 2Co_5:7 Porque andamos por fé, e não por vista. Heb_11:1 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.

Você menciona que o gesto do Senhor de fazer lama para curar o cego seria um "ato profético", mas se tomarmos essas coisas literalmente e tentarmos repeti-las hoje teríamos de incluir também algo assim:

Luc_5:14 E ordenou-lhe que a ninguém o dissesse. Mas vai, disse, mostra-te ao sacerdote, e oferece, pela tua purificação, o que Moisés determinou, para que lhes sirva de testemunho.

Oras, qual é o cristão que hoje se daria ao trabalho de procurar um sacerdote de Israel (que não existe) no templo de Jerusalém (que foi destruído) para oferecer "duas aves e limpas, e pau de cedro, e carmesim e hissopo", que era a oferta pela purificação? Lv 14:4

Obviamente tudo isso que estou dizendo entraria por um ouvido e sairia pelo outro de pessoas que não estão nem um pouco interessadas na verdade, mas simplesmente adotaram uma religião cristã em busca de algumas vantagens nesta vida, como cura do corpo, sorte no amor e prosperidade material. Os pregadores da prosperidade continuarão vendendo seus penduricalhos e criando mais e mais "recursos audiovisuais" para seus supersticiosos seguidores.

É claro que esses pregadores estão constantemente inovando para manter sua fonte de receita, porque outros amuletos e gestos precisam ser inventados todos os dias para manter o interesse dos crédulos. Alguns gestos que eles mandavam você fazer há poucos anos já não podem ser repetidos. Por exemplo, se hoje você conseguir fazer um copo de água parar em cima de uma dessas TVs fininhas, aí sim pode considerar que ocorreu um milagre.

2Tm 3:6-8 Porque deste número [os avarentos amantes de dinheiro do vers. 2] são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias [sem entendimento] carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências [desejo de possuir]; Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. E, como Janes e Jambres [magos que imitavam milagres de Deus] resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé. 


Para entender que o cristianismo de nossos dias quase nada tem a ver com a Bíblia, sugiro que leia "A ordem de Deus" em www.aordemdedeus.blogspot.com Também sugiro a leitura de
Com que o crente deve se ocupar. Parte 2

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana