As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Um salvo ira' pecar como antes?



https://youtu.be/JLJYuNkVAaA

Sua dúvida está em como conciliar o fato de alguém já estar salvo eternamente e eventualmente cometer algum pecado, já que 1 Co 6:9-10 dá uma lista de pecados ou injustiças nas quais até um cristão pode cair. Perderia ele a salvação se caísse? Precisaria ser salvo novamente caso arrependesse? O processo teria de ser repetido "n" vezes, como uma roleta russa, vivendo tal pessoa em constante ansiedade para não ter o azar de morrer antes de se re-arrepender e ser re-salvo?

Imagine uma lei que proíba carros com motor 1.0 de trafegarem e avisa que todos serão guinchados e sucateados. Então você corre e troca o motor de seu carro para 1.6. Aí o fiscal do DETRAN para você porque seu modelo é 1.0, mas você abre o capô e mostra que o motor não é o original. O fiscal libera seu veículo. Um motor 1.6 pode ter momentos em que vai se comportar como se fosse 1.0, por falha mecânica ou combustível ruim, mas é momentâneo. Ele nunca mais vai ser considerado como se fosse 1.0 pelas autoridades.

Assim é o cristão. Circunstancialmente ele pode até vir a falhar e praticar injustiças, mas posicionalmente ele já está em outra categoria. Uma melhor tradução de 1 Coríntios seria:

"Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus. Tais FOSTES alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus." (1 Co 6:9-11)

Às vezes eu me pego fazendo algo que é contrário à vontade de Deus e digo para mim mesmo: "Mario, você não é assim!" Exatamente, eu era assim, mas agora não sou mais porque em Cristo sou "nova criação" (esta é a melhor tradução do versículo a seguir). O que antes me caracterizava era um "motor" condenado, mas agora tenho em mim um "motor" aprovado, embora a lataria continue a mesma. Para entender isso é preciso entender que recebemos uma nova natureza quando somos salvos, mas conservamos em nós a velha natureza.

"Se alguém está em Cristo, é uma nova criação; passou o que era velho, eis que se fez novo... criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas." (2 Co 5:17; Ef 2:10)

Para entender melhor leia o artigo neste link http://manjarcelestial.blogspot.com.br/2009/06/as-2-naturezas-no-crente-parte-i-gordon.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana