fonte

Os cristãos são intolerantes?



https://youtu.be/6zMeu4UypOA

Li atentamente o texto que você indicou de autor espírita criticando a "intolerância religiosa" dos que se dizem salvos. Selecionei algumas afirmações do autor (em azul) para comentar:

Será correto pensar que há apenas um caminho para o homem chegar a Ele?

"Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim". Jo 14:6 Em quem devo acreditar, no texto que me indicou ou em Jesus?

Reduzem Deus, desse modo, a uma figura quase humana. Uma figura totalmente parcial, que escolhe antecipadamente aqueles que deverão ser salvos por toda a eternidade

"Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade... Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens" 1 Tm 2:3,4; Tt 2:11 Deus quer, mas alguns não.

Esquecem que muitos bilhões de pessoas... sequer tiveram... possibilidade alguma de contato com a dita única religião pela qual o homem poderia supostamente chegar à salvação

"Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei; Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os; No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho". Rm 2:14-16

A fé singela descansa na certeza de que, no frigir dos ovos, Deus será tido por justo. Todavia, para os que ouviram, e não creram... "Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade" 2 Ts 2:11,12

Vejam que não é mencionada nesse contexto a existência da reencarnação, que resolve toda essa questão, já que muitas religiões... não concordam com isso.

"E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso. Lc 23:43 Com um Salvador assim, quem precisa de reencarnação?!

Outro ponto que colabora muito com a intolerância é o fato do homem, muitas vezes, analisar uma religião alheia, talvez até de uma cultura totalmente diversa da sua, através dos olhos de sua própria religião.

"Com efeito, seria impossível atribuir a mesma antiguidade de criação aos selvagens que mal se distinguem dos macacos" (Allan Kardec) Pois, pois... Kardec considerava os povos não caucasianos como inferiores física, intelectual e espiritualmente. Qualquer religião evolucionista é racista em sua essência por considerar algumas raças ou etnias mais evoluídas do que outras. A Bíblia coloca TODOS os homens igualmente na condição de pecadores.

“acredito na verdade fundamental de todas as grandes religiões do mundo. Acredito que todas elas foram inspiradas por Deus" (Gandhi)

"Mas, quando não conhecíeis a Deus, servíeis aos que por natureza não são deuses... [Jesus...] E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.". Gl 4:8 At 4:12 Gandhi pode ter acertado em muitas coisas, menos nesta. Devo crer em Gandhi?

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça