As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

A que vinda de Cristo se refere Mateus 24:27?



https://youtu.be/JOW2Q53BPAM

Trata-se de sua manifestação publica quando todo olho O verá. Não é o encontro com a noiva, que acontece em caráter privativo como deve ser o encontro com uma noiva. Quando o Senhor subiu, entre nuvens, apenas Seus discípulos O viram. Os anjos disseram que eles O veriam descer do mesmo modo, e creio que Ele virá primeiro para um encontro secreto com os Seus nos ares. A ressurreição do Senhor foi oculta. Somente os panos foram encontrados. Assim creio que nossas roupas serão encontradas, nada mais. Ele apareceu ressurreto apenas aos Seus e creio que nossa ressurreição não será um espetáculo visível ao mundo.

Nossa vinda com Ele em glória, esta sim será um espetáculo visível. Mas para virmos em glória, é preciso antes termos um tempo com Ele, pois há coisas que devem ser acertadas como em qualquer encontro. Ficamos muito tempo longe, temos muito para conversar. A questão de nossas obras, muitas delas más, precisam ser resolvidas e tudo isso não será feito na frente de incrédulos. (Refiro-me ao Tribunal de Cristo, quando as obras do crente passarão sob um escrutínio. Veja mais aqui )

Tal encontro com o Senhor no céu, que acontecerá entre o arrebatamento e sua vinda para julgar as nações, será um encontro reservado e íntimo (Veja mais aqui e aqui  ). E digo mais, o encontro do Senhor com o Seu povo terrenal, Israel, também terá um caráter secreto. Embora Ele venha manifestado publicamente, Ele terá um encontro secreto com Seu povo terreno. Isto pode ser visto em tipo em José e seus irmãos. Antes de se manifestar a eles, ele clama: "Fazei sair daqui a todo o varão; e ninguém ficou com ele, quando José se deu a conhecer a seus irmãos" (Gn 45.1).

Não vou entrar em detalhes aqui para não alongar esta mensagem, mas Ele Se encontrará primeiro com Judá e Benjamim, que são hoje os reconhecidos judeus. As outras tribos terão um encontro posterior. Serão elas que perguntarão: "Que feridas são essas nas Tuas mãos?" E Ele responderá: "São as feridas com que fui ferido em casa de meus amigos" (Zc 13.6) Os judeus são os responsáveis diretos pela crucificação. Os outros não estavam lá naquele dia.

Mais acessadas da semana