As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Como educar meus filhos?



https://youtu.be/o21s-4ONvf4

Um livro que me ajudou muito com os filhos foi "Ouse disciplinar" de James Dobson. Mas veja se encontra alguma edição antiga em um sebo, porque temo que as edições novas tenham sido censuradas e alteradas para ficarem politicamente corretas. Na antiga ele falava na necessidade da disciplina física conforme é ensinado na Bíblia.

Apesar de até mesmo as modernas formas de ensino não aconselharem a correção física e a legislação transformá-la em crime, continua valendo a sabedoria de Deus em sua Palavra. Como disse uma irmã em Cristo a respeito das leis que proíbem a disciplina física, "prefiro eu ir para a cadeia por disciplinar meu filho do que ele ir parar lá por falta de disciplina".

Prv_13:24 O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga.

Prv_23:13 Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá.

Prv_29:15 A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe.

Heb 12:6-9 Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos. Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos?

É importante desde cedo deixar claro para os filhos que a responsabilidade e obediência deles não é por causa de vocês, mas por causa do Senhor. Quando meus filhos eram pequenos, ao serem advertidos de alguma desobediência deixávamos claro que o Senhor não gostava que agissem assim. Se eles tiverem apenas os pais como referência ("O papai e a mamãe não gostam que você faça assim") um dia, se os pais falharem em sua vida de responsabilidade e obediência a Deus, os filhos podem ficar sem um norte.

No mais, é importante você e sua esposa separarem um tempo (se possível diariamente) para a leitura da Palavra com eles, deixando que eles também leiam alguns versículos e orem junto. Enquanto meus filhos cresciam esse momento ia mudando conforme as necessidades da vida diária. Houve uma época quando era cedo, à mesa do café da manhã, quando líamos um trecho da Bíblia (um ou dois versículos cada um) e orávamos. Noutra época fazíamos à noite.

Procure também contar histórias da Bíblia para eles, sempre vendo se eles conseguem identificar Cristo na história, como Davi, sendo uma figura de Cristo nos salvando do inimigo, a arca sendo uma figura de Cristo nos livrando do juízo etc. É comum os livros de histórias bíblicas para crianças colocarem o foco na valentia humana quando mostram essas histórias, mas não é isso que a Bíblia quer mostrar.

Aliás, eu acho mais complicado escolher um livro ou um vídeo cristão para crianças do que escolher alguma coisa secular. Na literatura e mídia secular as coisas são as que são, com bichinhos e ficção, mas nas histórias e vídeos bíblicos existem tantos erros que às vezes se aproveita muito pouco. Isso quando a história não perverte totalmente o sentido da Bíblia.

Veja aqui sobre filmes bíblicos:
http://www.respondi.com.br/2005/07/o-que-acha-de-filmes-sobre-temas.html

Veja aqui sobre como educar a criança (no final de cada texto há um link para a continuação):
http://manjarcelestial.blogspot.com/2010/04/como-educar-crianca-prefacio-h-e-hayhoe.html

por Mario Persona

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana