fonte

O que voce acha deste texto?



https://youtu.be/XOo7Khq4LfY

Você enviou um texto sobre o dízimo e gostaria que eu analisasse antes de enviar a outros irmãos. Recebo um número imenso de links, vídeos, textos e livros de leitores de meus blogs, e obviamente não teria tempo de ler todos ou analisar se estão corretos ou não. Como existe hoje muita coisa publicada na Internet, e uma vida não seria suficiente para ler tudo, antes de ler um texto cristão eu faço algumas perguntas.

1. Qual é o assunto? Se o texto for do tipo devocional ou falar de evangelismo, vida cristã, assuntos da vida prática etc., então a probabilidade de conter erros é menor, pois são assuntos gerais que muitos cristãos dominam, independente de pertencerem ou não a um sistema religioso. Exclua desse "muitos cristãos dominam" os autores pentecostais, pois estes certamente acabarão ensinando que a salvação é por fé, mas a manutenção da salvação é por obras e perseverança, além dos erros associados ao Espírito Santo que normalmente vêm embutidos nesses textos. Se o assunto for igreja e as coisas ligadas à igreja, eu faço uma segunda pergunta.

2. Quem escreveu? Se for um irmão sem ligação com o sistema denominacional, as chances de ele acertar são maiores do que se o texto for escrito por um autor denominacional ou alguém pertencente ao clero de uma denominação ("pastor", "profeta", teólogo, "padre" etc.). Mas mesmo assim eu preciso fazer mais uma pergunta:

3. Com quem ele está associado? O fato de alguém não estar ligado ao sistema denominacional não implica necessariamente que ele esteja trazendo sã doutrina. Há hoje muitos grupos sem denominação e você encontra em alguns deles aberrações doutrinárias muito piores do que as encontradas nos sistemas eclesiásticos. Já vi grupos sem denominação que pregam a salvação pelo batismo e dizem que o homem não nasce pecador, só fica pecador depois de pecar. Também existe a possibilidade de ser um dissidente, que esteve congregado ao nome do Senhor e, por pecado ou rebelião, foi colocado fora de comunhão. Aí é preciso cuidado, pois em meio à verdade pode estar a mentira. É importante sabermos que a má doutrina em um texto nunca vem sublinhada para a detectarmos imediatamente.

4. Qual foi o objetivo de quem escreveu? Embora esta pergunta seja a mais difícil, por não podermos detectar as intenções do autor, é possível ter algumas pistas. Por exemplo, há quem escreva para ganhar dinheiro, para atrair membros para sua religião, para ganhar notoriedade etc. Outras informações sobre o autor podem ajudar neste caso.

Agora vamos analisar o texto que você me enviou (ainda sem ler):

1. Qual o assunto? O dízimo, portanto um assunto relacionado à igreja.

2. Quem escreveu? Não sei quem é o autor, se é denominacional ou não.

3. Com quem ele está associado? Pareceu-me ser alguém de um desses grupos sem denominação existentes hoje, como "igrejas nas casas", "comunidades" etc. Embora a maior parte da bibliografia que ele colocou no final seja de livros de referências, como dicionários, ou autores normalmente lidos nos seminários teológicos, o autor do texto introduz na bibliografia Frank Viola, que é um dos autores do movimento de igrejas em casas, o que me faz pensar que ele esteja de algum modo associado a esse movimento ou seja simpatizante. Não sei se foi essa a intenção, mas o fato de incluir vários autores clássicos do mundo da teologia denominacional pode ser uma forma de baixar a guarda dos leitores denominacionais por parecer que o texto tem o aval desses autores. Escrevi sobre o assunto Frank Viola aqui:
http://www.respondi.com.br/2009/12/voce-segue-os-ensinos-de-frank-viola-e.html
http://www.respondi.com.br/2011/07/o-que-voce-acha-deste-livro-de-frank.html

4. Qual foi o objetivo de quem escreveu? O texto indica que é uma monografia de um curso de teologia que o autor fez visando obter o título de "Bacharel de Teologia". Eu pergunto: para quê serve um título de "Bacharel de Teologia"? O que alguém que aparentemente não concorda com o sistema religioso está fazendo numa incubadora de líderes religiosos, como é uma faculdade de teologia? Ao meu ver ele não entendeu o que é "qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade" (2 Tm 2:19). Sugiro a leitura do livro que estou traduzindo que fala bem sobre este assunto: www.umcorpo.blogspot.com

Minha conclusão é que o autor, ou pertence a uma denominação e busca obter um título para atuar com mais autoridade em uma, ou ele não pertence, mas deseja ser influente no meio denominacional e para isso acredita que um título eclesiástico ajude, ou então esteja em algum grupo não denominacional que tem por objetivo mudar o sistema denominacional e livrá-lo de alguns de seus muitos erros. Nenhuma das opções encontra respaldo bíblico.

Concluindo, não é um texto que eu leria, porque fala da igreja, um assunto que dificilmente alguém com um pé no sistema religioso saberá tratar com isenção de interesses. Quando falamos de apartar-se do arraial, isto inclui TUDO o que está associado ao arraial religioso, inclusive suas faculdades de teologia, títulos honoríficos e até mesmo a intenção de melhorar o arraial, fazendo uma faxina doutrinária nas denominações. Apartar-se significa não olhar para trás e nem buscar beber mais dessa fonte.

Estes links podem ajudar:
http://www.respondi.com.br/2008/02/devo-fazer-um-curso-de-teologia.html
http://www.respondi.com.br/2011/06/devo-ser-discipulo-de-um-apostolo.html
http://www.respondi.com.br/2007/01/devo-dar-o-dzimo.html
http://www.respondi.com.br/2010/04/o-cristao-deve-dar-dizimo-ou-ofertas.html
http://www.respondi.com.br/2006/12/voc-dizimista.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/em-que-templo-devo-adorar.html
http://www.respondi.com.br/2011/07/devo-continuar-colaborando-com.html
http://www.respondi.com.br/2010/05/o-que-acha-do-discipulado-e-igrejas-em.html
http://www.respondi.com.br/2012/02/sera-que-nao-estou-congregado-ao-nome.html
http://www.respondi.com.br/2008/06/devo-construir-uma-quadra-de-esportes.html
por Mario Persona

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça