fonte

O que pratiquei é incesto?



https://youtu.be/s06qkMt6-gY

Você diz que sofre muito por motivos de consciência quando se lembra de ter brincado de casinha com seu irmão quando crianças, quando se despiam para tentar imitar o que acreditavam que um casal fazia na cama. Mesmo não tendo praticado um ato sexual, a simples lembrança disso a atormenta até hoje, quando já é adulta e casada.

A experiência que você e seu irmão tiveram não é tão rara assim e muitas crianças passam por isso sem entender exatamente o que estão fazendo, pois a infância e a pré-adolescência são fases de descobertas.

Não que seja correta uma relação sexual fora dos padrões determinados por Deus, mas geralmente quando coisas assim ocorrem entre crianças elas nem mesmo têm a malícia de considerar aquilo com algo mais do que uma brincadeira ou uma imitação do que vêem os adultos fazerem na TV. A idade em que terão consciência disso pode variar de criança para criança.

Não se martirize por causa disso e tire da cabeça esse seu desejo de morrer por sentir-se culpada. Você não cometeu incesto ou uma relação sexual com seu irmão. Deus sabe que isso foi feito dentro de uma mentalidade infantil sem qualquer intenção ou consciência de mal. Se você fizesse a mesma coisa hoje, aí sim estaria cometendo um pecado grave, e você mesma tem consciência disso.

De qualquer modo, mesmo que tivesse cometido conscientemente um pecado na época, o perdão e a graça de Deus estão disponíveis, pois foi para isso que Cristo morreu, para nos salvar de nossos pecados. Sobre a necessidade de confessar algum pecado a alguém, leia o que escrevi em "Devo confessar o meu pecado?"

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça