As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Cristo levou embora nossas enfermidades?



https://youtu.be/Ltx2zJ-lxzY

O versículo ao qual você se refere não diz que todas as nossas doenças tenham sido carregadas com Ele na cruz e que, por isso, o cristão não precisa mais adoecer. Vamos ver o que diz o versículo.

(IS 53:4) "Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputavamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido."

Este versículo não se refere às nossas enfermidades agora, nem tampouco está se referindo à nossa salvação. Muitos usam este versículo para dizer que Ele levou embora nossas enfermidades sobre Si de modo que hoje não precisamos mais ficar doentes.

Na verdade este versículo se cumpriu quando o Senhor estava aqui na Terra levando embora as enfermidades daqueles que curava. Se não enxergarmos isso iremos fazer com o versículo o que bem desejarmos. Veja o cumprimento disso:

(MT 8:16) "E, chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados, e ele com a sua palavra expulsou deles os espíritos, e curou todos os que estavam enfermos;"
(MT 8:17) "Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças."

Se eu apontasse a profecia de Isaías e peguntasse a você quando foi que ela se cumpriu, qual passagem do Novo Testamento você me mostraria para dar a resposta? Mateus 8:17. Se eu tivesse que resumir as palavras acima, diria que Mateus está dizendo que trouxeram-lhe enfermos e que Ele curou a todos para que se cumprisse a profecia que dizia haver Ele levado sobre Si as nossas enfermidades e nossas doenças.

Portanto o cumprimento da profecia de Isaías 53:4 foi a cura que Ele efetuou nas pessoas naquela oportunidade em que andou aqui.

Porém há muita gente ensinando que foi na cruz que o Senhor levou nossas doenças e que agora o crente não adoece mais. Isto seria o mesmo que ensinar que estamos vivendo em um corpo já ressuscitado, o que não é verdade. Paulo tinha uma enfermidade (provavelmente nos olhos), Timóteo sofria do estômago e outros irmãos também adoeciam.

Obviamente na cruz Cristo levou todas as consequências do pecado e nos livrou delas. Porém ainda estamos em um corpo que aguarda a ressurreição, ainda sujeito às consequências do pecado. Não existe na Palavra de Deus nenhuma indicação de que o cristão esteja imune a doenças, ou que Deus cure todas elas de forma milagrosa. Se assim fosse, não morreríamos mais e encontraríamos alguns discípulos do Senhor, que não tivessem sido mortos, andando pelas ruas.

Mesmo assim, devemos orar pelos enfermos e crer que, se for da vontade de Deus, Ele possa curá-los. Mas sempre tendo em mente que Deus não é nosso servo, que não damos ordens a Ele. Se ele curar um enfermo, terá uma razão para fazê-lo. Se não curar, terá também uma razão para isso e devemos nos sujeitar à Sua vontade.

Mais acessadas da semana