fonte

Cristo levou embora nossas enfermidades?



https://youtu.be/Ltx2zJ-lxzY

O versículo ao qual você se refere não diz que todas as nossas doenças tenham sido carregadas com Ele na cruz e que, por isso, o cristão não precisa mais adoecer. Vamos ver o que diz o versículo.

(IS 53:4) "Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputavamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido."

Este versículo não se refere às nossas enfermidades agora, nem tampouco está se referindo à nossa salvação. Muitos usam este versículo para dizer que Ele levou embora nossas enfermidades sobre Si de modo que hoje não precisamos mais ficar doentes.

Na verdade este versículo se cumpriu quando o Senhor estava aqui na Terra levando embora as enfermidades daqueles que curava. Se não enxergarmos isso iremos fazer com o versículo o que bem desejarmos. Veja o cumprimento disso:

(MT 8:16) "E, chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados, e ele com a sua palavra expulsou deles os espíritos, e curou todos os que estavam enfermos;"
(MT 8:17) "Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças."

Se eu apontasse a profecia de Isaías e peguntasse a você quando foi que ela se cumpriu, qual passagem do Novo Testamento você me mostraria para dar a resposta? Mateus 8:17. Se eu tivesse que resumir as palavras acima, diria que Mateus está dizendo que trouxeram-lhe enfermos e que Ele curou a todos para que se cumprisse a profecia que dizia haver Ele levado sobre Si as nossas enfermidades e nossas doenças.

Portanto o cumprimento da profecia de Isaías 53:4 foi a cura que Ele efetuou nas pessoas naquela oportunidade em que andou aqui.

Porém há muita gente ensinando que foi na cruz que o Senhor levou nossas doenças e que agora o crente não adoece mais. Isto seria o mesmo que ensinar que estamos vivendo em um corpo já ressuscitado, o que não é verdade. Paulo tinha uma enfermidade (provavelmente nos olhos), Timóteo sofria do estômago e outros irmãos também adoeciam.

Obviamente na cruz Cristo levou todas as consequências do pecado e nos livrou delas. Porém ainda estamos em um corpo que aguarda a ressurreição, ainda sujeito às consequências do pecado. Não existe na Palavra de Deus nenhuma indicação de que o cristão esteja imune a doenças, ou que Deus cure todas elas de forma milagrosa. Se assim fosse, não morreríamos mais e encontraríamos alguns discípulos do Senhor, que não tivessem sido mortos, andando pelas ruas.

Mesmo assim, devemos orar pelos enfermos e crer que, se for da vontade de Deus, Ele possa curá-los. Mas sempre tendo em mente que Deus não é nosso servo, que não damos ordens a Ele. Se ele curar um enfermo, terá uma razão para fazê-lo. Se não curar, terá também uma razão para isso e devemos nos sujeitar à Sua vontade.

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça