As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Voce nao deve desculpas aos pentecostais que ofendeu?



https://youtu.be/0L_z7B8-6QA

Minha intenção não é julgar ou criticar pessoas, mas sim doutrinas e práticas. Voltei ao meu texto "Por que não consigo falar a língua dos anjos" e onde poderia parecer que eu estava falando de pessoas troquei "pentecostais" por "pentecostalismo" para não deixar a conotação do juízo de pessoas.

O que estou analisando e julgando ali são as doutrinas e práticas, não as pessoas que as professam e praticam. A Palavra de Deus não nos permite julgar PESSOAS, suas razões e motivos (Mt 7:1; 1 Sm 2:3; 1 Co 4:4-5), mas nos exorta sim a julgarmos as DOUTRINAS de uma pessoa (1 Co 10:15; 14:29), suas AÇÕES (1 Co 5:12-13), e seus FRUTOS (Mt 7:15-20).

Seria o mesmo que eu escrever algo sobre os católicos que usam imagens em seus cultos. Eu não estaria julgando seus motivos ou a sinceridade de quem faz isso, mas a doutrina (culto a imagens), suas ações de ajoelhar diante de um ídolo e seus frutos ou consequências disso, que é obviamente a idolatria. A Palavra de Deus é nossa régua em todas as situações.

Obviamente há no texto expressões mais carregadas, como "...nessas manifestações de histeria coletiva que vemos em algumas igrejas pentecostais", mas obviamente somente deveriam sentir-se ofendidos aqueles que estejam em igrejas onde ocorrem manifestações de histeria coletiva. Se não for o seu caso, então a expressão não é para você.

O pentecostalismo tem muitos erros, e talvez essa questão das línguas seja o menor deles. O mais grave é pregar uma salvação que começa pela fé e termina pelas obras, ao ensinar que o crente perderá sua salvação se não perseverar até o final.Era esse o evangelho de obras de conduta que predominava entre os Gálatas.

Gál 3:3 Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?

Outro erro está em diferenciar crentes com e sem o Espírito Santo, já que alguém sem o Espírito nem mesmo é um salvo, pois não tem o penhor de sua herança.

Se você fala em línguas estrangeiras (que é o que significa o "estranhas"), obviamente este é um exercício seu que não posso proibir ou condenar. Porém se você, que é mulher, faz isso na reunião da igreja, então está desobedecendo a ordem do Espírito Santo em 1 Coríntios 14:34 "As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar".

Portanto, espero que compreenda que o que escrevi ali não é para ofender pessoas, mas para esclarecer doutrinas. Se nos deixarmos levar pela ideia de que não podemos mostrar o que a Bíblia ensina sob o risco de alguém sentir-se ofendido, então restará muito pouco a dizer, já que sempre existirá alguém que pense diferente. Eu mesmo poderia me sentir ofendido com sua maneira de pensar, não é mesmo?

O que é preciso saber é: você conferiu com a Palavra de Deus o que eu escrevi ali? Se conferiu e encontrou algo que não tem fundamento na Palavra, então aí sim eu estaria pronto a considerar e mudar minha maneira de pensar. Mas se é apenas uma diferença de opinião e você se sente confortável e confiante da maneira como adora a Deus, então o texto não foi escrito para você.

O texto "Por que não consigo falar a língua dos anjos?" foi escrito para responder a uma pessoa que está aflita com sua incapacidade de falar uma língua diferente, enquanto as pessoas ao seu redor vivem fazendo isso. O texto será muito útil e esclarecedor para pessoas como as que enviaram os emails cujos trechos seguem abaixo:

"...onde congrego parece haver algumas coisas que estão em discordância, como por exemplo, orar naquelas línguas ininteligíveis a qualquer um e também tem pastoras".

"O bispo... diz que quando somos batizados no Espirito Santo temos que ter evidencias disso e as evidencias são o fruto do Espirito SOMADO às línguas estranhas ou línguas dos anjos que é um selo, uma confirmação, a garantia da salvação... [o bispo diz que] se, para buscar o batismo, você insiste em continuar usando a sua língua de origem, poderá orar até o Dia do Juízo que não falará em outra. Por isso, comece a louvar ao Senhor durante alguns minutos, até sentir o movimento do Espírito Santo em você. Pare então de falar na sua própria língua e comece, pela fé, a fazê-lo na língua desconhecida".

"Em 2006 me converti verdadeiramente meu coração minhas intenções mudaram e venho servindo a Deus mas sem o Espirito Santo realmente não dá! Desde que me converti minha luta tem sido esta, não consigo recebe-lo, não estou em pecado, reconheço que sou pecadora, tenho minhas falhas, como é receber? Nunca falei nas línguas dos anjos embora em algumas buscas já senti paz, alegria, algo diferente... Eu estou confusa quero receber o Espirito Santo, não aguento mais".

"Me sinto vazio, seco, desprovido do Espirito do Senhor... ...quero sentir a unção que sentia antes mas não sinto... Parece que o Espirito de Deus se afastou de mim e não consigo me reconciliar verdadeiramente com ele... Não queria ter perdido o Espirito... Quero ser salvo, mas a salvação é estar com Deus e fazer a vontade de Deus. Sem o Espirito dele eu não consigo fazer nada... Será que existe reconciliação pra mim? Ou será que pequei contra o Espirito do Senhor..."

Lamentavelmente esse é o estado em que se encontra a cristandade hoje, e o pentecostalismo é um dos grandes responsáveis por isso, por pregar um evangelho com foco nas emoções, ensinar que é preciso passar por um "batismo do Espírito" para ser salvo e insistir na manutenção da salvação por obras, afirmando se possível um crente genuíno perder sua salvação caso venha a se desviar.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana