As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Os incredulos verao a ressurreicao e o arrebatamento?



https://youtu.be/6Uu6Xo9O8PY

Não creio, pois deve ser um evento secreto, como foi a ressurreição do Senhor (e depois sua subida ao céu), ou seja, restrito aos salvos. Paulo fala apenas de crentes que viram o Senhor ressuscitado:

1 Co 15:3 "Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras, e que foi visto por Cefas e depois pelos doze. Depois, foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também. Depois, foi visto por Tiago, depois, por todos os apóstolos e, por derradeiro de todos, me apareceu também a mim, como a um abortivo".

Obviamente os incrédulos perceberão depois que muita gente está faltando, e o que vão pensar do arrebatamento eu não sei. Há, porém, idéias curiosas a respeito, vindas justamente do pessoal espiritualista, nova era etc. Quando eu era recém convertido, saído de filosofias orientais e espiritualistas, conheci um pessoal que dizia que um planeta "inferior" iria passar um dia muito próximo da Terra e atrairia todas as pessoas "inferiores" da Terra, aquelas que não estivessem preparadas para uma "nova era". Já ouvi também de observadores de UFOs e seguidores de ETs que quem vai fazer isso são os discos voadores, ou seja, os ETs virão para levar embora os "menos evoluídos" deste mundo.

Fui pesquisar e encontrei esta "pérola" do pensamento espiritualista referindo-se a esse evento: "Este astro, devido ao seu grande e expandido magnetismo, se aproximará da Terra e com isso causará os primeiros efeitos purificadores. O magnetismo desse astro... atrai para si apenas corpos e energias negativas, com isso o conteúdo deletério existente na Terra será atraído para este astro instruso. Portanto, este planeta tem uma importante função na purificação da Terra, pois retirará, ou "sugará" como um aspirador de pó, todas as energias negativas, primitivas e grosseiras do nosso planeta, o que tornará iminente a sutilização da Terra com o avanço dimensional".

Pelo jeito Satanás já está preparando uma explicação para o arrebatamento que, segundo os espiritualistas, é uma passada de aspirador de pó para tirar da Terra todos os "corpos e energias negativas". Eu alegremente me incluo entre esses "corpos e energias negativas" que serão tirados do planeta.

Quanto aos que serão arrebatados, não haverá tempo para avisar aqueles que ainda não creram, pois será tudo muito rápido. Para os que já tiverem escutado o evangelho e não creram, o arrebatamento terá o mesmo efeito de uma morte súbita: virá sem sinal e selará seus destinos. Depois do arrebatamento aqueles que antes tinham ouvido o evangelho e não creram não terão nova chance. Ao contrário, serão obrigados por Deus a crer na mentira do Anticristo. Quando a Bíblia fala em "abrir e fechar de olhos" ou "fechar e abrir de olhos" ou "piscar de olhos" em 1 Co 15 a idéia é essa mesmo: algo tão repentino que leva o tempo de uma piscadela, ou seja, uma fração de tempo.

1 Ts 4:15-17 "Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor".

O que sabemos do arrebatamento é o que está nesta passagem de 1 Tessalonicenses, além de 1 Coríntios 15. O que é dito em Mateus 24 (um será levado, outro será deixado) não é o arrebatamento, mas a morte que ceifará alguns ímpios pouco antes da vinda de Cristo para reinar. Podemos aprender também sobre o arrebatamento de outros trechos que podem apresentar figuras ou símbolos disso, mas a descrição do fato é esta principalmente nas passagens de Tessalonicenses e Coríntios.

O que passar disso pode ser especulação, portanto não há como afirmar exatamente como será, pois nenhum ser humano passou por isso para poder contar o que ocorreu. Vemos alguns exemplos de arrebatamento na Bíblia, como o de Enoque e de Elias, mas eles têm seu próprio caráter e nunca foram um evento coletivo de TODOS os salvos, envolvendo a ressurreição dos mortos e o arrebatamento dos vivos como acontecerá aqui.

O "não precederemos os que dormem" e "depois, nós, os que ficarmos vivos" é apenas uma questão de ordem, não necessariamente de tempo, já que tudo acontecerá num átomo de tempo. 1 Coríntios diz:

1 Co 15:51-52 "Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados".

Uma vez ouvi alguém dizer que no original seria algo como "num fechar e abrir de olhos", porque num momento não vemos o Senhor e no instante seguinte vemos. Então o foco todo não está em como acontece o arrebatamento, mas em QUEM veremos ao abrirmos os olhos. É muito fácil se deixar levar pela curiosidade nas coisas da Bíblia, mas temos que ter sempre em mente que "o testemunho de Jesus é o espírito da profecia", ou seja, a Palavra de Deus tem o objetivo de dirigir nosso foco para Jesus, não para os eventos deste mundo. Deus só fala deles na medida do necessário para ajustarmos nosso foco em Cristo.

É por isso que a Bíblia não dá detalhes sobre uma porção de coisas, simplesmente porque elas não interessam para nossa compreensão de seu tema principal que é Cristo. Quando a gente lê uma notícia no jornal sobre, por exemplo, o discurso de um presidente, a notícia não traz detalhes do microfone, da mesa, do carpete etc. Assim é a Palavra de Deus, evita detalhes em alguns casos em que esses mesmos detalhes poderiam nos distrair do tema central.

Deus, que governa as circunstâncias, poderá (digo "poderá", porque agora estou especulando) organizar as coisas de um jeito tal que o arrebatamento aconteça de modo inesperado para nós e invisível para os incrédulos. Na minha opinião pode ser algo do tipo alguém que costuma pegar carona com um crente faltar à carona naquele dia, o pneu do carro do crente furar e ele parar no acostamento, o piloto crente pegar uma gripe e ficar em casa ao invés de voar naquele dia etc. Se o autor de "Deixados para trás" foi capaz de inventar tanta coisa sobre o arrebatamento, acho que também posso colocar minha criatividade para inventar a respeito (aproveite para ler o que escrevi aqui sobre a série de livros e filmes "Deixados para trás")

Tudo isso é especulação minha, mas eu acredito que Deus pode dar um jeito de organizar os eventos para que a ressurreição e o arrebatamento sejam como foram a ressurreição e a ascensão do Senhor: nenhum incrédulo viu o evento acontecer, só souberam depois. As teorias de caos, de aviões caindo, carros batendo e coisas do tipo, que costumamos ver em alguns livros e vídeos evangélicos, são especulações que, ao meu ver, não têm respaldo Bíblico. Muito menos um vídeo que circula na Internet que mostra o desaparecimento de muitos durante um culto religioso e os que ficaram caindo de joelhos arrependidos. Quem não for no arrebatamento não vai se arrepender, quanto a isto a Bíblia é clara (2 Ts 2).

Você sabe que a ressurreição do Senhor Jesus ocorreu sem que ninguém visse. Os panos de sua mortalha foram encontrados caídos ali, mas ninguém os viu cair ou como o Senhor saiu de dentro deles, já que o costume era enrolar o morto como fizeram com Lázaro. No caso de Lázaro, porém, ele não ressuscitou com um corpo glorificado, como foi o caso do Senhor e será o nosso caso, mas com seu corpo material revivido para morrer de novo mais tarde. Embora Lázaro tivesse saído do túmulo pelo poder de Deus (já que provavelmente teria sido impossível ele caminhar todo enrolado em tecido), foi preciso que outros o ajudassem a livrar-se dos panos.

Jo 20:5-7 "E, abaixando-se, viu no chão os lençóis; todavia, não entrou. Chegou, pois, Simão Pedro, que o seguia, e entrou no sepulcro, e viu no chão os lençóis e que o lenço que tinha estado sobre a sua cabeça não estava com os lençóis, mas enrolado, num lugar à parte". (repare que o fato de o pano que cobria o rosto ser separado do que cobria o corpo elimina a idéia de um "santo sudário" inteiriço).

Jo 11:43-44 "E, tendo dito isso, clamou com grande voz: Lázaro, vem para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto, envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o e deixai-o ir". (olha outra vez o lenço separado que envolvia o rosto, o que deve ter sido um costumo da época, ao contrário de uma mortalha inteiriça).

Mais respostas sobre o assunto aqui:
Mateus 24:41 fala do arrebatamento?
Depois do arrebatamento não haverá segunda chance?
O que acontecerá com as crianças no arrebatamento?
Quem não irá no arrebatamento?
O arrebatamento e a volta de Jesus não são a mesma coisa?
Quem participa da primeira ressurreição?
O primeiro a falar do arrebatamento foi John Nelson Darby?

Mais acessadas da semana