As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Judas participou da ceia do Senhor?



https://youtu.be/HjncRQN4-v0

Eu acredito que Judas tenha saído antes de Jesus ter partido o pão e dado o cálice com vinho para os discípulos. A passagem que mostra Jesus dando a Judas um pão molhado tem o sentido de pão com molho (de carne ou de ervas usado na ceia da Páscoa dos judeus, que comiam um cordeiro assado no fogo) e não molhado no vinho.

Mesmo assim devemos nos lembrar de que aquela não era a ceia que celebramos, pois ela foi antes da morte do Senhor (ele estava vivo ali). Eles estavam celebrando a Páscoa judaica, que também era uma ceia ou refeição que incluía carne, pão e ervas, além do vinho que era a bebida convencional em cada refeição judaica. Entendo que foi depois de terem celebrado a Páscoa, segundo o mandamento da Lei de Moisés, que o Senhor instituiu a ceia em memória de si.

A ceia que celebramos é mostrada em 1 Coríntios 11, a qual o Senhor revelou a Paulo depois de ter morrido e ressuscitado. Portanto é nessa condição que hoje celebramos a ceia. Paulo não ouviu sobre a ceia de outros discípulos, mas foi o Senhor quem lhe revelou.

1Co 11:23 Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão...

Pelo relato de Lucas pode parecer que Judas tenha participado da ceia, mas quando comparamos com os outros evangelhos vemos que ele saiu antes que o Senhor instituísse a ceia. Uma das particularidades do evangelho de Lucas é que ele reúne os eventos numa sequência moral e não cronológica. Já Mateus agrupa os eventos de uma forma dispensacional. João, apesar de não descrever a ceia, dá a entender que Judas deixou o local antes:

Joã 13:21 Tendo Jesus dito isto, turbou-se em espírito, e afirmou, dizendo: Na verdade, na verdade vos digo que um de vós me há de trair.
Joã 13:22 Então os discípulos olhavam uns para os outros, duvidando de quem ele falava.
Joã 13:23 Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus.
Joã 13:24 Então Simão Pedro fez sinal a este, para que perguntasse quem era aquele de quem ele falava.
Joã 13:25 E, inclinando-se ele sobre o peito de Jesus, disse-lhe: Senhor, quem é?
Joã 13:26 Jesus respondeu: É aquele a quem eu der o bocado molhado. E, molhando o bocado, o deu a Judas Iscariotes, filho de Simão.
Joã 13:27 E, após o bocado, entrou nele Satanás. Disse, pois, Jesus: O que fazes, faze-o depressa.
Joã 13:28 E nenhum dos que estavam assentados à mesa compreendeu a que propósito lhe dissera isto.
Joã 13:29 Porque, como Judas tinha a bolsa, pensavam alguns que Jesus lhe tinha dito: Compra o que nos é necessário para a festa; ou que desse alguma coisa aos pobres.
Joã 13:30 E, tendo Judas tomado o bocado, saiu logo. E era já noite.


No versículo 2 deste capítulo, embora algumas traduções tragam "E, ACABADA A CEIA, tendo o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse..." (Almeida Corrigida), uma tradução mais correta seria a que você encontra em outras versões (Almeida Atualizada, Darby, Ave Maria, Soc. Bíblica Britânica, CNBB, NVI etc.), como "ENQUANTO CEAVAM, tendo já o Diabo posto no coração de Judas, filho de Simão Iscariotes, que o traísse...". Ali está falando da ceia pascal, não da ceia do Senhor que foi instituída DEPOIS da ceia pascal.

Portanto, foi durante a ceia da Páscoa que o diabo colocou no coração de Judas o desejo de trair Jesus. No versículo 27, quando o Senhor dá a ele um pedaço de pão com molho, Satanás entra em Judas para este dar continuidade ao seu plano.

Entre Satanás insinuar a Judas (vers. 2) e entrar nele (vers. 27) houve um tempo para que Judas repelisse tal insinuação, e para nós isso também é um alerta: o pecado só se consuma depois de ter sido insinuado em nosso coração. Sempre existe um período em que temos a oportunidade de repelir a tentação.

1Ts 5:22 Abstende-vos de toda a aparência (ou forma) do mal.

Tgo 1:12-15  Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam. Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.

Joã 13:30 E, tendo Judas tomado o bocado, saiu logo. E era já noite.

Foi só depois de terminarem a refeição ou ceia da Páscoa que o Senhor instituiu a ceia do Senhor (Mt 26:26; Mc 14:22; Lc 22:21). O fato de em Mc 14:23 dizer "todos" não apresenta qualquer dificuldade se entendermos que Jesus estava falando dos que ficaram no aposento.

Eles estavam à mesa em meio à ceia da Páscoa quando o Senhor pegou um pedaço de pão, molhou provavelmente em uma tigela com molho de carne ou ervas e o deu a Judas. O pão não foi necessariamente molhado em vinho, como alguns dizem, mas Jesus fez o que todos nós estamos acostumados a fazer numa refeição em que há algum molho ou tempero. Porém, mesmo que tivesse sido molhado em vinho isto não configuraria a participação na ceia do Senhor, a qual é celebrada com a separação distinta entre pão e vinho: primeiro o pão é partido e comido, e depois o vinho é bebido do cálice e não de um pão molhado.

De qualquer modo, os discípulos que participaram daquela ceia não o fizeram na condição de Igreja, de membros do corpo de Cristo, mas de um remanescente formado por judeus. A igreja seria formada só em Atos 2 e o seu significado seria revelado mais tarde primeiramente a Paulo.

Mais sobre a ceia do Senhor:

http://www.stories.org.br/doze5.html
http://www.stories.org.br/doze6.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2011/10/onde-queres-que-preparemos-lc-227-20.html
http://www.respondi.com.br/2009/07/o-que-significa-adorar-em-espirito-e-em.html
http://www.respondi.com.br/2005/07/com-que-autoridade-bblica-perguntas.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/qual-o-verdadeiro-lugar-de-adorao.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/o-que-significa-mesa-do-senhor.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/como-celebrar-ceia-do-senhor.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/onde-celebrar-ceia-do-senhor.html

por Mario Persona

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana