As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Se amaldicoar e' pecado por que Eliseu amaldicoou?

Sua dúvida tem a ver com a passagem em que Eliseu amaldiçoa um grupo de meninos que zombavam dele e eles acabam mortos por animais selvagens: "Então subiu [Eliseu] dali a Betel; e, subindo ele pelo caminho, uns meninos saíram da cidade, e zombavam dele, e diziam-lhe: Sobe, calvo; sobe, calvo! E, virando-se ele para trás, os viu, e os amaldiçoou no nome do SENHOR; então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles meninos" (2 Rs 2:23-24).

Eliseu era um profeta de Deus, portanto autorizado a falar da parte de Deus e com uma autoridade que apenas os que tinham sido escolhidos para aquela tarefa tinham. Ele podia amaldiçoar alguém e a continuação da história mostra isso. O fato de ursas selvagens terem matado os meninos mostra que o próprio Deus estava por trás do que Eliseu disse, pois Eliseu não teria de si mesmo poder sobre animais selvagens, mas Deus sim.

Pedro era apóstolo, portanto detentor de um poder e autoridade que outros cristãos não têm. Ele fez algo semelhante ao proferir a sentença contra Ananias e Safira, que mentiram ao Espírito Santo e foram castigados com a morte física (pecado para a morte).

"Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti. E logo caiu aos seus pés, e expirou. E, entrando os moços, acharam-na morta, e a sepultaram junto de seu marido" (At 5:9-10).

Em 1 Coríntios 5 Paulo fala de "entregar a Satanás" um homem que estava em grave pecado naquela assembleia, e isso teria incluído a morte física daquele homem caso ele não tivesse se arrependido (o que felizmente ele fez, conforme encontramos em 2 Coríntios).

Outros assuntos envolvendo "maldições":

http://www.respondi.com.br/2009/05/como-lidar-com-as-maldicoes-macumbarias.html
http://www.respondi.com.br/2011/11/estou-sob-maldicao-por-nao-ter-pregado.html
http://www.respondi.com.br/2010/04/tendencia-suicida-e-maldicao-familiar.html
http://www.respondi.com.br/2012/12/filhos-devem-pagar-pelos-pecados-dos.html
http://www.respondi.com.br/2011/01/perda-de-meu-filho-foi-maldicao.html
http://www.respondi.com.br/2011/12/quando-foi-que-balaao-ensinou-balaque.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana