As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Voce diz que a salvacao esta garantida sem perseverar?



https://youtu.be/Eaa-IBpKZxA

Quando você pensar no ladrão na cruz verá que ele foi salvo exclusivamente pela fé em Cristo, já que suas mãos e pés estavam presos e incapazes de fazer qualquer coisa para Deus. Se Deus exigisse qualquer outra coisa do homem além de crer, aquele ladrão estaria perdido.

Crer que precisamos fazer alguma coisa para sermos salvos é duvidar da eficácia da obra que Cristo consumou lá na cruz. É distorcer o significado da palavra "graça", incluindo nela algum tipo de barganha com Deus. Apesar de todas as tentativas dos homens em fazer isso, "graça" continuará significando algo que recebemos sem merecer ou pagar por isso. Veja a passagem:

Efs 2:8-10 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.

Para mim isso explica todas as outras passagens que falam de obediência, obras etc. Você é salvo por pura graça e, depois de salvo, Deus preparou algumas tarefas para você executar, não para receber a salvação, mas porque você foi salvo. Pense num filho: ele não se torna filho quando obedece seu pai, mas ele tem a obrigação de obedecer por ser filho. E se não obedecer? Seu pai irá discipliná-lo, tirar dele algumas regalias, suspender a mesada ou deixar de falar com ele até deixar de ser rebelde. Mas ele nunca perde sua condição de filho.

Joã 1:12-13 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

Este raciocínio cabe muito bem para explicar o versículo que você apontou como supostamente contrário a uma salvação por graça, como se estivesse dizendo que a salvação é pela obediência:

Heb 5:8-9 Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem;

Percebe que o contexto está falando da relação de Jesus com o Pai e de como ele obedeceu ao Pai, não para se tornar Filho, mas porque sempre foi Filho? Então nada mais cabível aqui do que fazer um paralelo com a filiação que Deus dá aos que creem em Cristo. Você identifica um filho por sua obediência ao pai. Se você tiver filhos, eles não têm qualquer obrigação de me obedecerem, porque não são meus filhos, mas meus filhos são reconhecidos como tais pelo fato de me obedecerem.

Uma vez salvos por graça e pela fé somente, devemos obedecer porque este é o comportamento que se exige de alguém que se tornou filho de Deus. A outra passagem que citou é a de Tiago 2:26, que diz que a fé sem obras é morta. Já tratei da passagem em detalhes aqui:
http://www.respondi.com.br/2008/01/e-pecado-considerar-se-salvo.html
http://www.respondi.com.br/2007/12/quem-sao-os-justos-na-biblia.html

Você começou bem a interpretar o versículo, mas foi por um caminho que não tem nada a ver com o assunto. Você disse sobre Tiago:

"...é claro que não podem ser obras de mérito, porque evidentemente ninguém pode merecer a salvação, mas são obras frutos da obediência, pois se cremos que Jesus é o Senhor, mas não obedecemos à sua palavra, cremos em vão"

Você cita 1 Coríntios 15:2, mas se prestar atenção verá que a passagem só confirma que obras não são incluídas na salvação. "Crer em vão" ali é não crer no evangelho tal qual Paulo havia lhes pregado, e que evangelho foi esse? Veja você mesmo, porém todo o contexto:

1Co 15:1-4 Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão. Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.

Veja que este é o puro evangelho, tudo o que alguém precisa saber para ser salvo: Cristo morreu por nossos pecados, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia. Você continua alegando que se pregarmos a salvação pela fé em Cristo e sua obra muitos deixarão de obedecer. Veja o que escreveu:

"Muitos hoje, por causa da doutrina da salvação garantida, alegam crer em Jesus, mas não procuram obedecer a sua Palavra, não se arrependem de seus pecados e não buscam ficar nos limites da Palavra que Jesus nos revelou e que é a que vai nos julgar no último dia".

Começando pelo final do que disse, a Bíblia é clara em dizer que o crente não será julgado no último dia. Se ler Apocalipse 20:11-15 verá que ninguém sai salvo dali. É um julgamento para os incrédulos, para dar a sentença aos perdidos, não para colocar na balança as obras e ver quem está salvo.

João 5:24 Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e NÃO ENTRA EM JUÍZO, mas já passou da morte para a vida.

Em seguida você cita outro versículo tentando provar que é preciso você fazer algo mais além do que Cristo fez por você:

1Co 6:9 Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

Certamente no céu não entrará pecado ou pecadores em seus pecados, mas apenas pecadores lavados no sangue do Cordeiro. Se tivesse lido a passagem inteira veria que Paulo conclui dizendo que tudo isso fazia parte da vida deles quando ainda não tinham sido salvos por Cristo. A palavra "mas" faz toda a diferença:

1Co 6:11 E tais fostes alguns de vós; MAS fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.

O capítulo 10 de 1 Coríntios que você cita para justificar sua ideia de que um crente poderia perder a salvação está fora do contexto. Ali Paulo está explicando o quando é sério desviar-se dos caminhos do Senhor na vida prática, pois os que fizeram isso no passado sofreram dano (ele fala dos israelitas no deserto que foram infiéis). E conclui que isso aconteceu como exemplo para nós não tratarmos com leviandade as coisas de Deus. Mas em nenhum momento ele escreve que os salvos que agirem assim perderão sua salvação.

Mais um versículo que você coloca:

Heb 3:14 Porque nos tornamos participantes de Cristo, se retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim.

Obviamente você sugere que quem não retiver firmemente o princípio de sua confiança até o fim perderá a salvação, mas o fato é que o que agir assim nunca foi salvo. Tente fazer isso (reter firmemente o princípio de sua confiança até o fim) e você estará confiando na própria carne. Os que foram verdadeiramente salvos certamente reterão sua confiança até o fim, mas não por seus próprios esforços, mas porque Deus faz isso neles. Veja você:

1Co 1:7-9 De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo, O qual vos confirmará também até ao fim, para serdes irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor.

Trocando em miúdos, Jesus Cristo confirmará você até o fim, para que seja irrepreensível diante de Deus. "Fiel é Deus", não você ou eu, em guardar o que pertence a Ele. O tipo de "salvação" ou de relacionamento com Deus que você está insinuando é como se um pai virasse para o filho e dissesse: "Ok, se quiser ser meu filho, vai ter que se virar e andar direito até o fim". Isto seria um absurdo! Ou ele é filho ou não é, e se for filho o pai é quem fará tudo o que puder para que ele se comporte como tal. Lembre-se de que o Pai do qual estamos falando pode sim fazer tudo.

Você termina sua mensagem mostrando o quanto confia na carne e desconfia de Deus:

"Precisamos perseverar, não adianta somente crer no coração e continuar da mesma forma de quando não conhecia a Cristo, a pessoa precisa se arrepender, se converter de seu mau caminho e permanecer firme até o fim, confiando e anunciando as virtudes daquele quem vos chamou das trevas para sua maravilhosa luz".

"Não adianta somente crer no coração"?! Então Paulo mentiu?

Rom 10:8-11 Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido.

Você nem imagina o quanto essa sua forma de pensar desonra a Deus. Imagine você perseverando até o fim e encontrando-se com o Senhor no final, olhando para suas mãos e seu lado marcados, e dizendo: "Senhor, eu cheguei até aqui porque perseverei até o fim!" Pode imaginar o Senhor dizer a você algo do tipo, "Ufa! Ainda bem que você se esforçou, porque eu não teria como salvá-lo se você não se esforçasse"?

Entenda de uma vez por todas que a salvação não está numa aceitação intelectual ou adesão a uma igreja evangélica. Sua salvação começa muito antes, na eternidade, antes da fundação do mundo, quando você foi escolhido por Deus para ser salvo.

A visão de uma salvação baseada em comportamento, seja para entrar nessa condição quanto para permanecer nela, é uma visão míope e em nada difere de TODAS as religiões, incluindo aí o espiritismo, islamismo, mormonismo etc. Todas dizem a mesma coisa, só variando a doutrina em que você deve crer junto com as atitudes que deve adotar. Sugiro que procure conhecer em maior profundidade quem é este Senhor que morreu na cruz e levou sobre seu corpo TODOS os pecados daqueles que creem nele.

Efs 1:3-7 Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade, Para louvor e glória da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado, Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça,


(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana