As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

Devo protestar contra a Parada Gay?



https://youtu.be/SJ7H3hB9mzg

"VÁ CUIDAR DA SUA VIDA!" Talvez seja esta a resposta mais curta e cheia de significado para sua pergunta, e não pense que estou brincando. Você tem uma vida que não é deste mundo, então vá cuidar dela, ocupar-se com as coisas que são do céu e para essa nova vida, ou ainda convidar pessoas a terem também essa vida pela fé em Jesus. O que os mortos fazem deixou de ser da sua conta a partir do dia em que você "passou da morte para a vida" (Jo 5:24). Nesse dia você pôde dizer como Paulo: "O mundo está crucificado para mim e eu para o mundo." (Gl 6:14).

O cristão tem uma vida que não é daqui e que não irá desfrutar aqui. Ele também é um intruso neste mundo que pertence aos que são do mundo, e o cristão não é do mundo como Jesus não era do mundo:

"Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. Não são do mundo, como eu do mundo não sou." (Jo 17:14-16).

"Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória." (Cl 3:1-4).

Se você não é do mundo, que direito tem de meter o nariz onde não é chamado? Deixe para lá a "Parada Gay", "Marcha da Maconha", "Marcha das Vadias", Carnaval ou qualquer manifestação que achar que promova práticas contrárias à Palavra de Deus. E nem queira participar do contra-ataque a tudo isso que é a "Marcha para Jesus", como se Jesus quisesse alguém marchando por ele. Você acha mesmo que quando ele esteve no mundo iria promover alguma marcha? Acha que ele iria querer fincar bandeira aqui, conquistar o mundo por meio de multidões marchando? Ora, na sua derradeira hora nem seus discípulos estavam dispostos a marchar por ele. O cristão está no mundo não para conquistar o mundo ou marcar presença aqui pela força, como agiam os ignorantes Cruzados. O cristão está no mundo para resgatar almas pelo evangelho, para que sejam tiradas do mundo e da escravidão de Satanás.

Quem é do mundo tem todo direito de viver do jeito que achar melhor e fazer quantas marchas quiser, e não será a mim ou a você que irá prestar contas, mas a Deus. Quem é do mundo também tem todo direito de defender o que quer que defenda, e o cristão tem mais é que sair da frente e deixar a banda passar. Se quiser mesmo interferir neste mundo sugiro que comece promovendo uma "Parada Anti Islã" no Iêmen.

Sempre que chega a época de alguma dessas manifestações alguns cristãos entram para o time da oposição por não entenderem sua cidadania celestial. João Batista tinha todo o direito de berrar contra o pecado de Herodes e Herodias e até perder a cabeça por isso, pois vivia uma outra realidade. A terra de Israel pertencia aos judeus e aquela era uma nação teocrática, portanto seus governantes deviam também viver de acordo com as leis dadas por intermédio de Moisés. João Batista podia interferir, denunciar, protestar, mas o cristão não tem nada a ver com que fazem os habitantes deste mundo, com quem eles dormem ou o que eles fumam. Se você viajar à França acaso irá se intrometer nos assuntos de lá? Não, você é estrangeiro.

Lembre-se de que para os que são do mundo esta é a única vida que conhecem. Se não aproveitarem a vida aqui, não terão segunda chance. Sem Cristo o destino deles é de morte, lançados nas trevas exteriores onde ficarão sozinhos eternamente, sem qualquer companhia e sofrendo as agruras do lago de fogo do juízo eterno. Quão diferente seria se tivessem um breve vislumbre do destino que lhes espera, ou talvez da real imagem que Deus tem deles! E nunca se ache melhor que eles porque eu e você também estávamos igualmente perdidos. Foi só a graça de Deus que nos colocou em uma nova posição:

"Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus. TAIS FOSTES ALGUNS DE VÓS; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus." (1 Co 6:9-11).

"E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais TODOS NÓS TAMBÉM ANTES ANDÁVAMOS nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus." (Ef 2:1-7).

Quanto a nós (e falo isso a pessoa nascidas de novo e salvas por Cristo), que importa o que as pessoas fazem ou não fazem com suas vidas? Elas vivem no mundo que é delas porque está sob o domínio de seu príncipe, Satanás. Jesus disse aos discípulos: "Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim" (Jo 14:30). Para nós, cristãos, esta vida não é a única vida que temos. Se fosse, faríamos bem em nos esquivar dos problemas, mergulharmos nos prazeres e, como diz Paulo citando a filosofia grega hedonista dos epicureus, ‘comamos e bebamos, porque amanhã morreremos’ (1 Co 15:32).

Quando Ló escolheu viver em Sodoma (de onde vem o termo "sodomia") ele fez isso por estar interessado em ser alguém neste mundo e ter influência nele. "Habitou Abrão na terra de Canaã e Ló habitou nas cidades da campina, e armou as suas tendas até Sodoma. Ora, eram maus os homens de Sodoma, e grandes pecadores contra o Senhor." (Gn 13:12-14). Humanamente falando, pode-se dizer que Ló foi bem sucedido em Sodoma, pois os anjos iriam depois encontrá-lo sentado à porta da cidade, que era onde os juízes ficavam julgando as causas do povo. "E vieram os dois anjos a Sodoma à tarde, e estava Ló assentado à porta de Sodoma" (Gn 19:1). Os habitantes de Sodoma iriam jogar isso na cara de Ló mais tarde: "Como estrangeiro este indivíduo veio aqui habitar, e quereria ser juiz em tudo?" (Gn 19:9).

Portanto, qualquer participante da Parada disso ou daquilo tem todo o direito para dizer a você, caso queira se intrometer: "Como estrangeiro este indivíduo veio aqui habitar, e quereria ser juiz em tudo?". Ao invés de protestar contra esses movimentos, continue apresentando Cristo às pessoas, porque é nesta parada que você deve estar. "O mundo jaz no maligno", escreveu João, e Jesus aconselhou um que queria segui-lo mas ainda tinha anzóis que o prendiam à vida aqui: "Segue-me, e deixa os mortos sepultar os seus mortos." (Mt 8:22). Tendo isto e mente, quando passar na porta de sua casa alguma parada de pessoas promovendo algo que é contrário à Palavra de Deus, não proteste, não grite, não atire pedras. Simplesmente tire o chapéu e baixe a cabeça em sinal de tristeza e luto, como quando passa um féretro indo ao cemitério. Deixe os mortos sepultar seus mortos.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana