fonte

Seria possivel Jesus pecar?



https://youtu.be/IWEWZ7GIqtA

Alguns pregadores usam de linguagem dúbia e deixam uma brecha para a possibilidade de Jesus pecar. Isso é um erro crasso. Sem deixar claro o que quer dizer, acaba incorrendo naquilo que o Senhor nos exorta a não fazermos: "Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna" Mat 5:37. 

Aqueles que falam da possibilidade de Jesus pecar geralmente concordam que ele nunca pecou, mas que tinha um corpo, um cérebro e a capacidade natural de discernir uma tentação e escolher cair nela ou não. Argumentam que se ele não tivesse um cérebro e uma vontade não seria humano. Numa tentativa de amenizar suas afirmações, dizem que Jesus não tinha a capacidade moral de pecar porque não seria mau o suficiente para isso e por não existir maldade nele. Ou seja, acham que Jesus podia pecar mas que não iria pecar.

A confusão toda está em não entender que Jesus nunca deixou de ser Deus, mesmo ao assumir a humanidade. E se perguntarmos se "Seria possível Deus pecar?", a resposta será um sonoro "NÃO!". Seria possível Deus mentir? Não! Seria possível Deus roubar, matar, adulterar, cobiçar... NÃO! 

Então nada disso seria possível para Jesus também, pois ele é e sempre foi Deus, e não deixou de ser Deus ao se tornar também homem. Se existisse a possibilidade de Jesus pecar enquanto andou aqui, também existiria a possibilidade de ele pecar agora que está no céu, pois continua sendo o mesmo Homem ali, agora em um corpo glorificado. Dá para imaginar Jesus pecando no céu?!

Heb 4:15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

Este versículo diz literalmente "em tudo foi tentado, pecado à parte" ou "isento do pecado como a raiz de onde procedem os pecados". Ou seja, mesmo sendo homem Jesus não podia pecar, era impossível que pecasse, pois não tinha em si o pecado, a natureza pecaminosa ou princípio ativo gerador de pecados.

Talvez você argumente que Adão também não tinha uma natureza pecaminosa antes de cometer o primeiro pecado, mas Adão podia pecar por ser apenas humano e não ser Deus. Os anjos podiam pecar, porque eram apenas anjos e não Deus Criador. Mas Jesus não podia pecar por ser Deus eterno, Criador e mantenedor de todas as coisas. Dizer que Jesus poderia pecar e ao mesmo tempo afirmar sua divindade é colocá-lo no mesmo nível dos deuses gregos e romanos, que tinham paixões, concupiscências e pecados idênticos aos dos homens.

Há quem argumente que seu lado humano é que estaria aparelhado para pecar. Mas como alguém poderia sequer conceber um Jesus dividido em dois, em que sua humanidade pudesse cometer pecado e sua divindade não?! "Porque nEle habita corporalmente toda a plenitude da divindade." Cl 2:9. Ele é o Verbo eterno (Jo 1:1). Ele é o Filho unigênito que está no seio do Pai (Jo 1:18). Como alguém poderia pensar que o pecado tivesse qualquer possibilidade de existir ou ser concebido naquele que é Deus eterno?

Existem duas posições quanto a este assunto, e apesar de ambas concordarem que Jesus nunca pecou, uma afirma que ele poderia ter pecado, caso contrário não seria humano. Quando ouvir pregadores que acreditam que Jesus poderia pecar, refute completamente tal ideia. Independente do quanto eles tenham feito para levar as pessoas a Cristo, isso não lhes dá a desculpa de cometerem um erro tão grosseiro quando o assunto é a divindade de nosso bendito e impecável Senhor e Salvador Jesus, Deus e Homem.

Sugiro a leitura destes dois textos bem esclarecedores sobre o assunto:


por Mario Persona

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça